Como retirar o leite da sua alimentação?

37

Atualizado em:

“Você precisa retirar o leite e todos os derivados da sua alimentação.”, disse o seu médico ou nutricionista de forma enfática!

Você demora um pouco a entender e, de repente, o mundo começa lentamente a virar de cabeça para baixo, bem na sua frente!

Milhares de perguntas começam a pipocar pela sua mente:

Será que entendi bem?

O que vou comer no café da manhã? O que vou colocar no lugar do leite, da manteiga, dos queijos, do requeijão, do creme de leite?? Será que vou me adaptar? Será que vou conseguir? Preciso mesmo fazer essa mudança?

E quando estiver fora de casa? em viagem? 

Essas e muitas outras perguntas já passaram pela minha cabeça e, como acompanho muitos de vocês há mais de 10 anos nessa jornada, acho que posso citar mais uma dezena de perguntas que surgem por aqui no Semlactose todos os dias.

A retirada de um alimento tão básico da nossa dieta (como é o leite) nunca chega de forma simples.

São vários os desafios!

A pergunta que todos fazem é: como chego do outro lado? Como consigo me alimentar, ou preparar a alimentação dos meus filhos sem leite, sem que isso se torne um peso na minha rotina?

Como fazer essa transição de forma mais simples? Como reorganizo minha alimentação dentro e fora de casa? Como vou substituir esses alimentos? Como saber quais alimentos não contém leite?

Não existem respostas simples, mas existe sim, luz no final do túnel.

Participe da nossa série de vídeoaulas gratuitas

Assista gratuitamente a série de vídeos que preparamos para você entender de forma simples e prática como poderá dar os primeiros passos nessa mudança na sua alimentação. Essa série é composta de 5 vídeoaulas em que serão abordados os seguintes temas:

  • Por que a retirada do leite e derivados da nossa alimentação é um desafio tão grande?
  • Quais são os melhores alimentos substitutos aos laticínios tradicionais
  • Quais são seus benefícios nutricionais
  • 3 dicas práticas para você promover mudanças na sua alimentação hoje
  • Como adaptar o seu paladar aos novos sabores
  • Produtos e marcas de alimentos sem proteínas do leite e sem lactose
  • Como fazer as substituições de alimentos lácteos
  • Como seguir uma alimentação sem leite sem gastar uma fortuna

E como você faz para se inscrever? Basta preencher o formulário abaixo e você receberá as aulas por email.

Como retirar o leite da sua alimentação

Série de vídeoaulas

GRÁTIS

com substituições nutritivas

e saborosas

Recebemos sua

inscrição!

Dentro de alguns minutos você vai receber

um email nosso. Caso você não tenha

recebido, verifique sua caixa de spam.

 

Qualquer dúvida, entre

em contato:

info@semlactose.com

Compartilhe.

Sobre o autor

Luciane é fundadora e editora do Semlactose.com há mais de 10 anos e sócia da Anitah Alimentos, empresa de alimentos sem glúten e sem lactose. Luciane descobriu sua intolerância à lactose em 2006 e desde então atua como pesquisadora sobre o tema de intolerâncias e alergias alimentares criando e adaptando receitas, além de aprimorar suas habilidades culinárias através de cursos de gastronomia no Brasil e no exterior.

37 Comentários

  1. Sabrina Gina on

    Boa noite! Meu filho tem 1 ano e 9 meses descobrimos que tem intolerância a lactose, devido a diarreias e ficar muito assado no bumbum e virilha. Fez o exame de sangue e foi como descobrimos a intolerância. O problema é que ele está iniciando a conhecer os alimentos e não pode comer muita coisa com esse problema, pode me ajudar com receitas para ele. Já peguei a do pão de liquidificador por ele amar comer pão.Como está na escola ficamos sem muita opção de lanche por que ele não gosta de todo tipo de biscoito sem lactose, com isso adicionamos a lancheira algumas frutas, mais também são poucas que ele come.

    Fico grata se puder me ajudar.

    • Luciane Baldo on

      Oi Sabrina, aqui no Semlactose há diversas receitas sem lactose que você pode preparar para o seu filho. Como ele ainda é pequeno, procure oferecer diferentes opções para que ele experimente. Mande alguns lanches para ele comer na escola, se você souber que os lanches que são oferecidos não lhe agradam muito. Se a criança não gostar de um determinado alimento preparado de uma forma, tente prepará-lo de outra, mas não desista de introduzir esses alimentos, especialmente se eles forem nutritivos.

  2. Oi Luciene, tenho uma filha de 3 anos que as 5 meses descobri que tinha intolerância lactose, com 1 ano e 2 meses essa intolerância acabou e agora aos 3 anos voltou e sempre com crises de asma juntas, enfim meu maior desafio são lanches como biscoitos por serem caríssimos, iorgutes,queijos,sorvetes, pois como ela conheceu esses alimentos as vezes chora pra comer e nem sempre encontro ou custam 3 vezes mais o valor dos outros. Já tenho feito uso do leite de Coco para suas vitaminas de banana ou abacate até fiz com pêra mas ficou horrível o sabor, sempre preparo um dias antes e retiro aquela capa de gordura do leite de Coco pois até eu mesmo se usá-lo sem retirar passo o tempo todo arrotando e a barriga estufada.

    • Luciane Baldo on

      Oi Fatima, a alimentação das crianças (justamente por serem crianças e não entenderem muito bem porque não podem consumir determinados alimentos) é um pouco mais delicado de se gerenciar. Hoje e amanhã, no nosso encontro ao vivo, vou falar sobre substitutos ao leite e também vou apresentar algumas receitas simples que podem ser legais para a sua filha. Te espero para o nosso encontro!

    • Luciane Baldo on

      Oi Luciana, hoje e amanhã no nosso encontro ao vivo vamos falar sobre diversos alimentos sem leite e vou apresentar algumas receitas que você pode usar na alimentação do seu pequeno.

  3. Ana Carolina Zeni on

    Oi Luciane! Descobri minha intolerância a lactose há dez anos, quando ainda não existiam produtos “zero lactose”. As opções de substituição eram poucas mas consegui eliminar o leite e seus derivados da minha alimentação, e consequentemente comecei a ter uma alimentação saudável.
    Com a chegada dos produtos “zero lactose” acabei me rendendo e agora consumo tudo de novo. Sei que não é o ideal, afinal acabo por ingerir a enzima lactase toda vez, já que está presente nesses produtos.
    A minha dificuldade agora é deixar de consumir os produtos zero e voltar a ter uma alimentação saudável. Pode me ajudar?

  4. NORMA DOS SANTOS LAGE on

    Olá, as vezes um pouco de dor , tipo pintadas no ânus. Os exames deram intolerância à lactose é um.pouco clara de ovo e leite.

  5. NORMA DOS SANTOS LAGE on

    Olá, minha filha é intolerante à lactose, compro leite sem lactose, biscoitos ,manteiga mas a diarréia persiste. Devo tirar o leite de vez?

    • Luciane Baldo on

      Oi Norma, vamos falar sobre essa questão no nosso encontro. Qual a idade da sua filha? Ela apresenta outros sintomas além de diarreia?

  6. Com que frequência que posso tomar lactase ? Qual a melhor marca de lactase brasileira? Como saber o nível da minha intolerância? Realmente preciso tirar o leite da minha alimentacao?
    MUITO Obrigada por nos esclarecer as duvidas.

    • Luciane Baldo on

      Oi Isadele, nesse encontro do dia 15 e 16 eu não vou falar sobre enzima lactase, pois a nossa lista de tópicos já está grande! Mas respondo para você aqui. Pessoalmente, gosto mais das marcas de enzima Sensilatte e da LacLev. Não há como saber o seu nível de intolerância através de exames. O que os médicos geralmente recomendam é o velho método de tentativa e erro. Temos que experimentar alguns alimentos até entendermos a quantidade possível de lactose que conseguimos consumir sem nos causar sintomas. A retirada do leite da alimentação não é uma recomendação geral para pessoas que apresentam sintomas de IL. Mas há um número considerável de pessoas que não se adaptam aos alimentos zero lactose. Para esses, a melhor solução é a retirada completa dos laticinios. abs

      • Isadele Ferreira de Souza Lopes on

        Obrigada pela atenção de sempre. Descobrir a intolerância tem alguns meses e tenho muitas dúvidas.A nutricionista que eu fui não me ajudou muito. Fico muito feliz por esse espaço.

        • Luciane Baldo on

          Legal Isadele!! Vamos ter muito assunto legal no evento que acontece hoje e amanhãs à noite!

  7. Bom dia Luciane , tenho alergia a Leite de vaca, milho e cevada, TB sou intolerante a lactose ,sofri uns 10 anos com diarréias e fortes dores abdominais e até vomito ,suor frio ,até que descobri este ano quando fiz teste na pele pra alergia. Passei muito Nico toda vez que saia de casa e passava mal PK tinha tomado leite e não sabia.. já tirei o leite da minha vida, mas sinto falta do pão de queijo, da mussarela e até mesmo do queijo, ..como preparar as receitas sem leite,sem manteiga? Bju obrigada

    • Luciane Baldo on

      Oi Ana, obrigada por compartilhar. No nosso evento vou falar sobre os lácteos vegetais, seus benefícios e sobre como podemos fazer praticamente todos os lácteos incluindo queijos, iogurtes, cremes e outros. Também vou apresentar para vocês algumas receitinhas simples de preparar para o dia a dia. Abs

  8. Andreza Aparecida Guimarães on

    Bom dia. Luciane
    Meu filho tem 2 anos e alérgico a proteína do leite, por conta disto tem bronquite e faz uso bombinha, na hora do lanche da escola fixo perdida já que temos um cardápio a seguir, pelo sua ajudar.
    Grata.

    • Luciane Baldo on

      Andrezza, a escola tem a obrigação de seguir uma alimentação especial para o seu filho. Especialmente pelo fato de ele ter APLV. Converse com a professora e coordenadora e se necessário, leve um laudo médico do seu pediatra e caso vc perceba que não há orientação para uma alimentação isenta de leite na escola, o ideal é preparar os lanches e entregar a escola. Mas acredito que você não deva ser a única a passar por essa dificuldade na escola. Converse com outros pais e unam-se para solicitar que a escola atenda as necessidades de alimentação das crianças. abs

  9. Aline Alves de Oliveira on

    Despertei interesse sobre o assunto,pois meu noivo tem intolerância a lactose. Inúmeras vezes acompanho seu desconforto e mal estar ao ingerir alguns produtos ditos “zero lactose” ou outros alimentos que não tem uma informação detalhada. até mesmo os cardápios de bares e restaurantes ignoram essa informação e é sempre muito chato fica perguntando ao garçom e gerencia sobre a forma de preparo da refeição. Muitas vezes optamos por compra e preparar algo em casa mesmo, dependendo do nosso ânimo, por conta disso. Gostaria que falasse sobre as opções existentes no mercado de marcas ou produtos que possuam ingredientes saudáveis e com sabor agradável para consumo. Porque a indústria ainda não se adequou completamente a essa realizada e porque os produtos são bem mais caros? Outra duvida é sobre os leites vegetais que são armazenados em caixa longa vida, que não são a melhor opção de acondicionamento (não é muito saudável). Como prepará-los de forma caseiro e quais são as marcas recomendáveis?

    • Luciane Baldo on

      Oi Aline, obrigada por compartilhar. Várias perguntas legais. Os restaurantes ainda estão muito longe de oferecer um atendimento adequado a quem possui alguma restrição alimentar. E realmente é bastante chato fazer essa pré-conversa com o garçom em um momento em que a gente sai pra relaxar e não para se preocupar, não é mesmo? Eu já passei por tantas situações que mesmo explicando o que não podia comer acabei tendo que devolver o prato e se criou aquele clima chato na mesa com amigos em que todos estavam comendo menos eu. Já anotei suas dúvidas. Vamos falar sobre produtos sem leite e como preparar algumas opções caseiras tb! Abs, Lu

  10. Oi Mari, obrigada pelo seu comentário. vou testar o leite de coco em pó. Não sabia! Acabei de descobrir que não posso comer laticínios então ainda não estou muito por dentro do assunto. Vou procurar receitas. Valeu!

  11. Desde que soube da intolerância, meu maior desafio, é quanto a fazer bolos, sobremesas, salgados sem o uso de lite e derivados, sem soja e farinhas integrais (sou alérgica ao níquel).

    • Luciane Baldo on

      Oi Zena, os leites vegetais tem uma quantidade de gordura e proteína diferente do leite tradicional, o que faz com que as substituições não sejam diretas. Mas apredendo as substituições de forma correta você consegue fazer qualquer tipo de doce com sabor e textura excelentes! No nosso encontro vamos falar mais sobre substituições. abs

      • A dificuldade, é que sou alérgica à níquel e orientada a não usar produtos de soja, castanhas ou cereais, o que me leva a não consumir o leite vegetal.

        • Luciane Baldo on

          Oi Zena, a alergia ao níquel, na minha opinião, requer um acompanhamento nutricional próximo, pois há diversos alimentos (como você já mencionou) que necessitam ser evitados. Os leites vegetais a base de oleaginosas e cereais estão realmente descartados.

  12. Desenvolvi problemas relacionados ao refluxo. Percebi que uma das coisas que me faziam muito mal eram queijos, café com leite, iogurtes. Fiz o teste de duas semanas sem leite, quando tomei um copo de sorvete e me deu diarreia por uma semana inteira. De lá pra cá. Cortei tudo que tenha leite, sinto muita falta do leite condensado, queijos, iogurtes, sorvetes e outras delícias.

    • Luciane Baldo on

      Oi Ana, obrigada por compartilhar! Refluxo gastroesofágico ocorre por alguns motivos. Entre eles está a baixa acidez estomacal, que muitas vezes é induzida pelos próprios medicamentos recomendados para refluxo (todos os “…prazol”). Com a baixa acidez estomacal, os carboidratos que não são adequadamente digeridos no estômago (e aí temos todos os açúcares e lactose está incluída neste grupo) são fermentados, causando a proliferação de bactérias e novos episódios de refluxo. No nosso encontro vamos falar sobre alternativas aos laticínios tradicionais que você pode usar para preparar queijos, iogurtes, sorvetes e muito mais.

      • Ana Paula Bazílio Malta Ramos on

        Interessante. Achei que o refluxo poderia ser devido a alta acidez, mas nunca imaginei que pudesse ser baixa acidez. Mas, faz sentido, pois muitas vezes sinto uma sensação de estufamento, como se a digestão estivesse muito devagar. Com certeza essa aula irá me ajudar bastante! Obrigada pelo esclarecimento.

  13. Chamo-me Kelen e sou ALÉRGICA a proteína do leite e derivados.
    Sempre sofri com uma bronquite-asmática que nunca melhorava.
    Tomava antibióticos pelo menos sete vezes ao ano.
    Em 2014, em uma das minhas internações descobri a tão temida alergia alimentar.
    A minha restrição alimentar é muito severa. Em maio de 2017 tive uma sepse pulmonar devido ao quadro alérgico. Depois disso, fui diagnosticada com imunidade baixa, plaquetopenia e IGA baixo.
    Hoje em dia levo tudo q vou comer as festas e eventos com familiares e amigos. É um pouco constrangedor, mas necessário.
    Tenho dificuldade de encontrar locais seguros para pessoas com restrição alimentar em Belo Horizonte/MG e, principalmente qdo viajo. Além de alimentos para APLV.
    Vcs podem me ajudar de alguma forma?

    • Luciane Baldo on

      Oi Kelen,
      Obrigada por compartilhar. A alergia alimentar é uma condição que exige mais cuidados, mas vejo que você já parece ter criado a sua rotina de alimentação. Parabéns! Isso é super importante. Entre os temas que vamos abordar, vamos comentar um pouco sobre como os lácteos vegetais podem auxiliar nessa rotina, proporcionando momentos de prazer na alimentação, que é algo bastante significativo para qualquer pessoa que possui alguma restrição alimentar. abs Lu

  14. Patrícia Santos on

    Oi Luciane, meu desafio atual é como preparar um café da manhã sem laticínios. Sinto muita falta do meu café com leite e adoro pão de queijo!!!

    • Patrícia, você pode usar leites vegetais, eu gosto do leite de amêndoas com o café, mas tem muita gente que usa o leite de coco também, inclusive a versão em pó. Sobre o pão de queijo, dá para substituir por receitas feitas sem queijo, só com polvilho, ou pãezinhos feitos sem leite. Aqui no site mesmo deve ter boas receitas. Com o tempo a gente acostuma 🙂

Responder para /span> Cancel Reply

 

Pensando em mudar para

uma alimentação sem leite?

Inscreva-se GRÁTIS nessa série de videoaulas

que vão ajudar você com dicas super práticas!

X Não preciso mudar a minha alimentação.

Recebemos sua inscrição!

Não encontrou nosso email? Se você usa Gmail, Hotmail ou Yahoo, é possível que nossa mensagem tenha caído na sua caixa de spam. Se você não receber a nossa mensagem dentro dos próximos minutos, entre em contato conosco pelo info@semlactose.com

Verifique seu email.