Anúncio

Sem lactose x sem proteínas do leite: qual a diferença?

67

woman_supermarket.jpgProdutos isentos de lactose podem conter proteínas do leite? Um produto isento de lactose pode ou não ser consumido por pessoas com alergia às proteínas do leite? Essas e outras perguntas a gente responde aqui, neste post que foi motivado pela pergunta de uma leitora do Semlactose, Maria Aparecida de Aguiar.

Sempre que escrevemos uma nova matéria sobre produtos, procuramos mencionar se o produto é isento de lactose, de proteínas do leite e até mesmo de outros alimentos alérgenos, como a soja e o glúten. No entanto, percebemos que as pessoas ainda encontram dificuldade em diferenciar produtos adequados aos intolerantes à lactose e aos alérgicos às proteínas do leite.  É possível um produto ser isento de lactose e conter proteínas do leite? Com algumas informações importantes sobre o processo de fabricação, vocês entenderão como tudo funciona e poderão saber escolher melhor os produtos na hora das compras.

Composição do leite

composicao do leite Antes de mais nada, é importante entender um pouco mais sobre a composição do leite. O leite de diversos animais, inclusive o leite humano, possui uma composição semelhante. Mais de 80% do leite animal é composto por água. As demais substâncias estão divididas em menores quantidades. No caso do leite de vaca, 100 ml de leite contém 4,6% de lactose, 2,7% de caseína (uma das principais proteínas do leite), 0,6% de proteína do soro, além de outras substâncias como vitaminas, enzimas e minerais.

Quando um produto não contém lactose em sua composição, não significa que outras substâncias do leite não estejam presentes neste alimento. Veja alguns exemplos.

Fabricação de produtos sem leite

É comum encontrarmos produtos nas gôndolas de supermercados que não contêm leite ou derivados de leite em sua composição. Mas será que eles são totalmente isentos de leite? Vamos pegar o caso de uma margarina, por exemplo. De forma geral, muitas marcas de margarina pertencem a um único fabricante, sendo que algumas não contém leite entre seus ingredientes. No entanto, essa margarina é provavelmente fabricada no mesmo maquinário de outras margarinas elaboradas com leite. O que possivelmente ocorrerá é o que chamamos de contaminação cruzada: pequenas quantidades de leite (mais específicamente, proteínas do leite) podem estar presentes na margarina simplesmente pelo fato de o produto ter passado pelo mesmo maquinário. Assim, o produto pode ser considerado isento de lactose, mas pode conter traços de leite. Somente fabricantes que não trabalham com leite como matéria prima ou fabricantes que esterilizam seu maquinário antes de produzir um produto sem leite podem afirmar que o produto em questão é totalmente isento de leite.

Empresas que trabalham exclusivamente com soja

A soja é utilizada por algumas empresas como matéria prima para a elaboração de diversos alimentos. Empresas que utilizam exclusivamente a soja como base de seus produtos em substituição ao leite animal, devem possivelmente oferecer produtos isentos de lactose e de proteínas do leite, tornando o produto adequado tanto para pessoas com IL quanto para pessoas com ALPV.

Lácteos sem lactose, mas com proteínas

É possível um produto elaborado com leite não conter lactose? Esse é o caso de produtos como alguns queijos e manteigas. Seu processo de fabricação acaba reduzindo ou por vezes até eliminando totalmente a lactose do alimento. No entanto, as proteínas do leite continuam presentes no produto.

Produtos vegetais com proteínas do leite

Esse é o caso do chantily vegetal. Um produto elaborado apenas com óleos vegetais, mas contém caseinato de sódio, um derivado da caseína, uma proteína do leite.

Por tanto, se você possui dúvidas sobre a composição do produto, é importante entender a diferença entre produtos isentos de lactose e isentos de proteínas do leite e sempre tirar suas duvidas com o SAC dos fabricantes.

Referência e fonte do gráfico: http://www.delaval.com.br/Dairy_Knowledge/EfficientCooling/Leite.htm

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

67 Comentários

  1. Ola Luciane, tudo bom?
    Descobri que sou intolerante a lactose, vi em alguns videos que há possibilidades de consumir queijos ou produtos com 0% de proteínas, pois não haverá o leite e no caso sem lactose. Se eu consumir produtos que contenham proteínas, um valor baixo que seja, mesmo não informando se há ou não lactose, corro o risco de passar mal?

    Agradeço desde já, adorei seu blog esta me ajudando muito!

    • Oi Janaina. Primeiro é importante entender a diferença entre proteína do leite e lactose. Se vc é intolerante à lactose, não há que se preocupar com a proteína do leite pois ela não lhe afetará em nada. A lactose é uma outra substância. Ela é o carboidrato do leite. Sim, há diversos queijos que contém quantidades muito baixas de lactose e que vc pode consumir se risco de sintomas. Abs

    • Ana, você não deve trocar o leite de soja pelo leite de vaca zero lactose!! É importante entender que neste leite apenas a lactose não está presente, mas a proteína do leite está intacta e se você consumir este produto poderá ter reações alérgicas! Se você quiser substituir o leite de soja busque outras opções de origem vegetal como o leite de arroz, de aveia, de castanhas ou vc ainda pode preparar o seu leite caseiro de castanhas. Veja no nosso site uma receita sobre leite de castanhas caseiro. É uma delícia. Abs

  2. Meu filho e alergico a proteína do leite,pra lactose não deu pouco pra caseína mas pra proteína eu alta que proteína é esta??????

  3. Ola. Eu tenho intolerância a lactose, então isso significa que eu posso tomar ou comer algo que contem a proteína do leite?

    • renato Medeiros on

      Também é uma duvida que tenho em relação a caseína ou seja a proteína do leite pode ser ou não consumidos por intolerantes a lactose?

      • Luciane Baldo on

        Renato, a caseína pode ser consumida por intolerantes à lactose. Mas alérgicos à proteína do leite não podem consumir caseína.

  4. Boa noite, minha filha de 1 ano e 7 meses tem alergia a proteínas do leite e ainda estamos em processo de adaptação e tentativas. O médico disse para tentar leite de cabra e de arroz antes de optar pelas fórmulas em pó que são carissimas, andei lendo coisas e queria saber se o leite de arroz mais indicado é o industrializado ou se posso fazer em casa, pois encontrei algumas receitas na internet, o resultado sera o mesmo? Agradeço.

  5. minha filha esta com 11meses e não pesa nem8 kg estou muito preocupada ela tem refluxo mas acho que tem alguma alergia ,ela e muito alegre ,queria saber se existe outro tipo de leite que possa ajudar ela ganhar peso,dou leite de soja ,e o materno ,mas ela esta muito magra,.obrigada se alguem poder me responder.

    • juliana_nutri on

      Olá Edilaine,

      Converse com o médico dela a respeito, para que ele possa avaliar o caso, pois infelizmente não podemos sugerir nenhum produto, sem conhecer o caso em detalhes.
      É mais seguro que o médico pesquise todas as possiveis causas do baixo peso, antes de modificar a alimentação dela.

      Gde abraço,

      Juliana

  6. Vocês sabem se o Shake herbalife tem lactose, eu consumo sem adicionar leite, mas dizem que dentro dele, no pó tem leite, por favor preciso saber..

    • juliana_nutri on

      Olá Agnes,

      Não conheço a composição de nenhum produto da Herbalife. Se vc já faz uso do produto, verifique os ingredientes, descritos na própria embalagem ou entre em contato com o SAC da empresa, para que possam te esclarecer a esse respeito.

      Gde abraço,

      Juliana

  7. Olá
    Minha filha tem 6 meses, e tem ficado assadinha com frequência, fiz vários exames somente o de fezes deu um pouco de acidez, o médico sugeriu de fazermos um "choque" na alimentação, trocando o leite nestogeno para aptamil sem lactose por 1 mês para vermos como vão ficar as assaduras, mas ele falou se caso ela rejeitasse o aptamil sem lactose , era para usar o nan soy. Qual a diferença entre eles?

    • Olá Taiana,

      As diferenças são muitas!
      O Aptamil sem lactose é uma fórmula a base de leite de vaca, porém isenta de lactose (o açúcar do leite). O Nan soy é uma fórmula a base de soja, isenta de lactose e de proteínas do leite.

      Gde abraço,

      Juliana

  8. Boa Tarde!
    Meu filho tem aplv severa. Tenho receio de dar para ele alimentos que contenham lactose, será que não fica nenhum pouquinho de proteínas na lactose?

    • Olá Samara,

      A maioria dos alimentos contendo lactose, contém ao menos traços de proteínas lácteas…melhor não arriscar!
      Como seu filho tem APLV severa, o cuidado precisa ser redobrado!

      Gde abraço,

      Juliana

  9. Este site é o melhor! Pessoal, com suas experiências, qual seria a melhor recomendação à substituição das fontes de proteínas e cálcio do leite animal e de soja – intolerância a caseína e soja – , muitos dizem leite de arroz, há outros?

  10. Alyne Severiano on

    Olá

    Minha filha fez varios exames e foi comprovada a Intolerância a lactose moderada porém nao teve resultado posivito para proteína do leite de vaca

    A medica sugeriu que introduzisse na alimentação dela os derivados do leite de vaca porém sem

    Lactose

    Estou na duvida de quais seriam esses alimentos

    • Alyne,
      Hoje vc encontra alimentos como o leite sem lactose, iogurte, ricota e outros alimentos que são produzidos isentos de lactose, e outros alimentos cujo teor de lactose é reduzido ou totalmente retirado devido ao seu processo padrão de fabricação. É o caso de muitos queijos maturados, manteigas, alguns iogurtes e leites fermentados. No site temos muitas matérias sobre o assunto. Leia e informe-se para saber mais a respeito. Abs

  11. Mario Pontalti on

    Quero entender como fazem para o leite de vaca ficar sem lactose. Obrigado. Gostaria da resposta, pois tenho intolerancia a lactose.

  12. Olá Juliana, adorei seus esclarecimentos. Ajuda-nos muito.
    Tenho um bebê de 1 ano e 5 meses e estou grávida de 15 semanas. Ele mama no peito ainda e apresentou quadro de alergia à proteína de vaca. Não importo de amamentá-lo, mesmo trabalhando e acordando a noite para dar mamar. Fico com medo de deixar deficiente a alimentação dele se não o fizer. Mas notei que ele não está gostando muito mais do leite do peito, é mais afetiva do que nutricional a necessidade. Como esse negócio era confuso de IL e APLV, tentei dar de leite de cabra, de soja e leite com 90% menos lactose, é obvio que não deu certo. Ele come torta que vai leite e de vez em quando uma bolacha de maizena, adora coalhada, mas a boca fica toda empipocada só da colher chegar perto. Ele come super bem, frutas e legumes, peixe etc. Tentei leite de aveia com fruta, 150 ml por dia, durante 2 dias. O instestino soltou e o preço é salgado. Já fiz em casa, não ficou igual o da caixinha. Bom, o que eu queria saber é: existe alguma alternativa, para contrabalancear esse efeito do intestino? O leite de arroz, dificílimo de achar, também "solta"?

    • Olá Helena,

      Peloq vc descreve, realmente está mais para alergia às proteínas do leite do que IL, então os leites com baixa lactose não vão funcionar! Também é importante não dar a ela NADA q possa conter leite ou derivados, pelos riscos dela apresentar uma crise de alergia mais forte. Realmente nessa idade, o leite materno já não é essencial, e desde que a criança tenha uma alimentação variada e equilibrada, nem o leite materno e nem o de vaca, são essenciais. Vc pode tentar outros leites vegetais, como o leite de arroz, os leites de castanhas, de amendoas, etc, mas eles também não são essenciais. Como a aveia é rica em fibras, pode ter sido essa a causa da diarréia.

      Gde abraço,

      juliana

  13. Olá! Tenho dois filhos um de 3 anos e um de 1 ano que apresentavam sintomas de alergia respiratória frequentes (coriza constante, resfriados recorrentes), sendo que o mais novo, na época com 10 meses, já era considerado "bebê chiador". Ao parar o leite de vaca e derivados posso dizer que os sintomas desapereceram e pude comprovar a alergia alimentar. Minha dúvida é se estou dando os nutrientes necessários ao crescimento e melhor desenvolvimento dos dois. O mais velho usa o Soymilk e o mais novo Nansoy. O de 3 anos está numa boa fase alimentar, mas o de 1 ano está se tornando extremamente seletivo e me vi diante de um dilema: qual suplemento devo utilizar, visto que praticamente todos que tenho pesquisado, contém proteínas do leite ou são inviáveis financeiramente. Você pode me ajudar?
    Obrigada, Renata.

    • Olá Renata,

      Muito mais importante que utilizar complementos alimentares, é que a criança tenha uma alimentação saudável e variada, que priorize frutas, legumes, verduras, arroz, feijão, carnes magras, ovos e pouca quantidade de alimentos industrializados e processados!
      Sugiro que vc os leve a um nutricionista, para uma avaliação mais detalhada da alimentação de cada um.

      Gde agraço,

      Juliana

  14. Olá! Tenho uma filha de 1 ano e 5 meses que desde os tres meses só bebe leite de soja (Isomil) pois foi detectada intolerancia ao leite comum pois ela chorava muito, tinha muita cólica e gases quando ingeria leite comum. No entanto, desde os 5 meses ela toma iogurte e danoninho e fica super bem. Mas é só tentar dar leite que ela passa mal de cólica. Já tentamos até o leite sem lactose e não dá certo. O que pode estar acontecendo? Pq ela aceita os derivados e não o leite sem lactose?

    • Quilla,
      Em principio a criança que sofre com intolerância à lactose não apresentaria sintomas ao tomar um leite baixa lactose e não apresentaria sintomas ao ingerir iogurte e danoninho. É importante que vc volte a conversar com o médico que acompanha a sua filha e relate esses sintomas para que ele possa analisá-la e se necessário realizar novos exames. abs

    • juliana_nutri on

      Olá Regina,

      A quantidade de lactose na coalhada é bem menor que no leite, por causa da fermentação, o que permite que este alimento seja melhor tolerado pela maioria dos IL.

      Gde abraço,

      Juliana

  15. Olá! gostaria de saber a respeito do leite de ovelha. Alguns não tem lactose nenhuma.Para quem é alérgico acho que tb não pode ingerir, certo?

    • juliana_nutri on

      Olá Gláucia,

      O leite de ovelha, assim como todo e qualquer leite, contém lactose! Alguns produtos produzidos e comercializados pela Casa da Ovelha, é que não contém lactose, mas essa ausência de lactose se deve ao processamento dos mesmos e não pela ausencia de lactose no leite.
      Pra quem tem IL, os efeitos de sua ingestão, serão os mesmos causados pela ingestão de leite de vaca. porém, no caso de alergia às proteínas do leite de vaca (ALV), pode ser que o leite de ovelha não cause nenhuma reação alérgica, por ser de uma espécie animal diferente. Porém, é sempre importante lembrar que no caso de ALV, a ingestão de leite de cabra, de ovelha ou de outra espécie, pode causar uma reação cruzada de alergia, já que algumas proteínas são parecidas.

      Gde abraço,

      Juliana

  16. Olá Luciane,
    Tudo bem?
    Sou portadora de esclerose multipla e estou fazendo um tratamento (com acompanhamento médico) com altas doses de vitamina D, e com isto estou proibida de tomar, leite, queijos, creme de leite entre outros alimentos que contenham Lactose, pois se não posso ter problemas como excesso de calcio no organismo e problemas renais…O que gostaria de saber é se posso fazer uma suplementação com When Protein ou outra Proteína, pois faço musculação, corro 5km por dia, e acredito que teria que aumentar o consumo de proteinas para o ganho de massa muscular…Estou consumindo leite de soja (sem calcio na composição) e mais atum e ovos… mas acredito que ainda assim não seja suficiente…
    Pode me ajudar?
    Jane

    • juliana_nutri on

      Olá Jane,

      Só a precaução com relação a possíveis problemas renais já é motivo de sobra para vc não tentar nenhuma suplementação sem uma avaliação prévia de um Nutricionista, já que todo excesso protéico pode sobrecarregar os rins!
      Para saber se de fato há necessidade de algum tipo de suplementação (e qual a dose ideal para você), só mesmo consultando um Nutricionista, de preferencia que entenda de Nutrição Esportiva, para que este profissional faça uma avaliação do que vc está ingerindo atualmente, calcules suas necessidades nutricionais e faça as adequações na sua alimentação, ok?

      Gde abraço,

      Juliana

  17. ana carolina on

    minha filha tem 1 ano e dois meses e nâo toma leite de soja e de vaca por ser alergica. ja fiz alguns testes de a de alergia nela deram negativo ,mas quando eu comia algum alimento que continha leite minha filha apresentava problemas alergicos. dei a ela dois tipos de leite por ordem médica aminomed e isomil mas, ela apresentou alergia do mesmo jeito.gostaria de saber se existe outro tipo de leite ou algum alimento que substitua pois a alimentação da minha bebê é muito restrita pois, ela só esta tomando leite materno.

    • juliana_nutri on

      Olá Ana Carolina,

      Existem outros "leites" vegetais, como de arroz, aveia, quinoa, etc.
      De qualquer forma, o leite de vaca, apesar de importante, não é um alimento indispensável, e se sua filha tiver uma alimentação bem variada, que priorize alimentos "in natura", como frutas, legumes, verduras, cereais, feijões, carnes magras, etc, e com baixa ingestão de alimentos industrializados (biscoitos, balas, etc), o leite não fará nenhuma falta!
      Sugerimos que vc procure um Nutricionista para uma avaliação mais detalhada da alimentação dela e para que vc receba orientações mais específicas, ok?

      Gde abraço,

      Juliana

  18. Simone Goncalves on

    Boa noite! meu filho tem 10 meses e a medica de pediu para dar o APTAMIL SEM LACTOSE. Gostaria de saber qual a diferenca do APTAMIL SEM LACTOSE e LEITE DE SOJA EM PO SOYMILKE, ja que ambos nao contem lactose. Obrigada.

    • Juliana Crucinsky on

      Olá Simone,

      As diferenças são muito grandes!
      O Aptamil sem lactose é uma fórmula infantil elaborada a partir do leite de vaca, mas sem lactose, ejustamente para suprir todas as necessidades nutricionais de bebês com IL. O soymilk é um leite de soja…não contém lactose porque somente os leites “de verdade” (produzidos pelos mamíferos) possuem este açúcar. Não contém proteínas do leite e não é indicado para crianças menores de 1 ano de idade, segundo informações do próprio fabricante. Além disso, a soja (assim como outros alimentos) pode causar alergia em algumas crianças. Também há uma grande diferença no sabor, já que os leites sem lactose (como este Aptamil) tem gosto de leite e os leites de soja, não, e muitas crianças acabam não se adaptando ao gosto da soja.
      Sugerimos que vc dê a seu filho a fórmula que a médica indicou, pois mesmo apesar da diferença no custo, é o produto mais indicado a seu filho. caso ele não se adapte a este produto, converse com a médica, para que ela indique outro produto.

      Gde abraço,

      Juliana

    • Meu filho tem alergia a proteina do leite leve 0,12. E caseina deu 0,11. Ele pode tomar leite de soja. Me de alguma dica de leite Ele tem 1ano

  19. Olá, meu filho de 5 meses tem APLV e alergia a ovo e eu amamento. Estou em dieta de exclusão há mais de 2 meses. Hoje li na bula do anticoncepcional (Cerazette) que ele possui lactose. Fiquei em dúvida!!! O anticoncepcional pode ter proteínas do leite de vaca? Obrigada.

    • Paula,
      A lactose utilizada como excipiente nos medicamentos é purificada e por isso não contém proteínas do leite, somente lactose.

      abçs,

  20. Olá Aline,

    Sua filha tem sido acompanhada por alguns especialista? Já foi esclarecido o por que dela não poder tomar leite, nem de vaca e nem de soja? É importante vc conversar com médico dela a esse respeito, para que não haja nenhuma dúvida quanto ao diagnóstico e para que o tratamento seja feito da maneira correta!

    Durante esse período todo em q ele não tem tomado leite, o q está sendo usado como substituto? O leite, apesar de não ser um alimento tão indispoensável assim, como muitos acreditam, é um alimento relativamente barato, de fácil acesso e cpaz de concentrar diversos nutrientes em apenas uma porção.

    Assim, para que não haja deficiencia de nenhum destes nutrientes (cálcio, proteínas de boa qualidade, vitaminas, etc), é necessário substituí-lo por diversos outros alimentos, como frutas, legumes, verduras, carnes magras, arroz, feijão, frutas oleaginosas (castanhas), etc.

    Sugerimos que vc leve sua filha a um nutricionista, para uma avaliação mais completa e para que este profissional te ajude a encontrar meios de substituir o leite, sem prejuízo para a saúde dela.

    Gde abraço,

    Juliana

  21. Obrigada juliana por responder a minha pergunta. Vou levá-la sim a um nutricionista, até por que foi detectado que ela também tem alergia ao leite de soja. Era o que ela estava comendo. Agora que ficou mais complicado, mas pra tudo tem um jeito certo. Te agradeço desde já. Um abraço.

  22. Olá, gostaria de saber o que minha filha de 1 ano e 8 meses pode comer no lugar do leite, pois desde os 8 meses de vida que ela não pode ingerir nada que contenha leite, pois ela vomita e sente muitas dores abdominais ao longo da noite e nem a soja ela pode ingerir em forma de leite.

  23. Olá Leila,

    Essa é uma resposta, que infelizmente não podemos te dar! Cada caso é um caso, e é impossível prever quando e se a alergia vai desaparecer. Existem casos em que a alergia desaparace depois de um tempo, mas existem outros, em que ela persiste durante toda a vida e nesses casos, o único tratamento realmente eficaz é a dieta! Por precaução, jamais tente dar a ela qq alimento contendo leite e derivados, sem a devida supervisão médica, pois os prejuízos certamente serão sempre maiores que a falta do leite em si.

    Diarréia com sangue leva a anemia, que em crianças, tem inúmeras consequencias, inclusive prejuízo no aprendizado! Além disso, a constante "agressão" causada no intestino pela presença dos alimentos responsáveis pela alergia,pode trazer vários prejuízos ao bom funcionamento do mesmo, como a má absorção, que leva a inúmeras deficiencias nutricionais, que podem, a longo prazo, prejucicarem todo o desenvolvimento da sua filha, assim como a saúde dela no geral. Outro aspecto importante, é que se o intestino continuar fragilizado, outras alergias alimentares podem surgir!

    Assim, procure não criar nenhuma expectativa com relação ao término da alergia e da ingestão de leite, até para que suas expectativas não gerem ansiedade na sua filha! É importante que vcs tenham sempre em mente, que se o alimento em questão provoca alergia, é muito melhor ficar sem ele, do que insistir em seu consumo e ter de conviver com os sintomas (muitas vezes graves) da mesma.

    Além disso, hoje em dia temos inúmeras opções e o leite de vaca já não é considerado um alimento tão indispensável assim. O importante é manter o acompanhamento médico, os exames periódicos e se possível, buscar um nutricionista, que certamente te ajudará a variar a alimentação da sua filha, sem o risco dela desenvolver deficiencias nutricionais pela falta do leite.

    Gde abraço,

    Juliana

  24. Olá, gostaria de saber qual a idade para uma criança deixar de ter alergia as proteinas do leite, pois tenho uma filha de 3 anos e toda vez que ela vai fazer o exame dá positivo. A alergia nao acaba? Ela fica muito mal se ingerir alimentos com leite. Os sintomas dela são diarreia com sangue. Morro de medo quando acontece.

  25. Olá Lirane,

    A retolite ulcerativa é uma doença e a Doença de Crohn, é outra, apesar de ambas serem doenças inflamatórias intestinais. A diferença principal entre ambas é a localização das lesões inflamatórias: na Doença de Crohn, qualquer parte do tubo digestivo pode ser afetado, mas na retolite, somente o intestino grosso e o reto é que são acometidos. No geral, recomenda-se evitar alimentos contendo lactose, principalmente na Doença de Crohn, pois com a inflamação da mucosa intestinal, a produção da enzima lactase fica prejudicada. Na retocolite, so é recomendado evitar alimentos com lactose em casos de diarréia persistente, já que a parte afetada do intestino, fica localizada após a região onde a lactase é encontrada.

    De qualquer forma, sugerimos que a dieta seja sempre orientada por um Nutricionista.

    Gde abraço,

    Juliana

  26. Gostaria de saber, por gentileza, se pessoas com Doença intestinal inflamátória como retocolite ulcerativa, mais conhecida como Doença de Chron, podem consumir produtos com lactose, sendo soro de leite, traços de leite e derivados do leite.

    Grata,
    Lirane

  27. Olá Loide,

    O leite com baixo teor de lactose pode ser consumido por qualquer pessoa, independente de ter ou não intolerância à lactose. Na verdade, como ele é um leite de maior digestibilidade, ele pode até ser uma melhor opção do que o leite comum. O leite comum só vai causar problemas a saúde de pessoas que tenham alergia às proteínas do leite, intolerância à lactose ou outras doenças que impeçam o consumo deste alimento e seus derivados.

    Abçs,

  28. Qual o benefício do leite sem lactose para as pessoas que nao têm intolerância à lactose? O leite comum é prejudicial a saúde?
    Muito Obrigado.
    LOIDE…

  29. Olá Magda,

    Não é que o leite de cabra seja proibido, mas existem grandes chances de quem é alérgico ao leite de vaca, também ser alérgico ao leite de cabra, pois ambos os leites possuem algumas proteínas parecidas (e totalmente diferentes das proteínas presentes no leite materno).

    Na verdade, é um erro muito grande (apesar de muito comum na prática), a utilização de leite de cabra ou de soja em substituição ao leite de vaca, principalmente em bebês, quem tem o aparelho digestivo ainda imaturo e exatamente por causa disso, podem desenvolver alergia a estes dois leites. O melhor, é pedir para o médico fazer o teste de alergia ao leite de cabra, ANTES de oferecê-lo, para evitarmos riscos desnecessários, entende?

    Gde abraço,

    Juliana

  30. Magda,

    Infelizmente as opções para quem é alérgico ao leite de vaca são muito restritas.
    Vc pode tentar (depois de conversar com o médico, é claro) o leite de castanhas, de aveia, de batata, de arroz, etc. Mas realmente, o sabor não é o mesmo do leite.

    Gde abraço,

    Juliana

  31. Juliana,

    Muito obrigada pelos esclarecimentos. Espero que ele não seja alérgico ao leite, pois é muito difícil fazer essa restrição para uma criança nessa idade, pois ele vai à escola e não sei como vou fazer para que ele não coma nada dos coleguinhas. Já comprei diversas opções para substituir o leite da mamadeira e biscoitos, pães, manteiga, mas a maioria deles ele rejeita devido ao sabor. Provei de tudo que comprei e entendo ele quando diz que é ruim, comparado ao que ele consumia antes. Gostaria de saber de algumas opções para a substituição do leite da mamadeira, sem ser o leite de soja e que seja mais saboroso.

    Muito obrigada pela ajuda.

  32. Olá Santiago,

    Para saber se é alergia ou intolerância, só mesmo indo ao médico (procure um gastroenterologista ou um alergologista), para que vc faça os testes necessários.

    Vc está tomando o Lactaid por conta própria? Talvez não esteja tomando da forma correta ou na quantidade adequada. E vc está fazendo a dieta de exclusão? Muitos alimentos contém lactose "escondida" e provavelmente vc deve estar ingerindo lactose sem saber.

    Procure um especialista, para esclarecer seu caso e para que vc receba as orientações adequadas!

    Gde abraço,

    Juliana

  33. Como saber se o que tenho é intolerância a lactose ou alergia, pois pelos comentários acima, em caso de alergia a dieta deve ser mais radical, incluindo todos os derivados de leite.

    Além disso, tenho mantido uma dieta sem lactose e continuo passando mal, porém quando tomo o comprimido de lactaid por alguns dias melhoro bastante. O que pode ser?

    Conto com a ajuda de vocês

    Obrigado

  34. Olá Débora!

    Dependendo do processo de extração das proteínas do soro do leite, se essas proteínas não forem purificadas (isoladas), como em alguns suplementos usados por atletas (Whey Protein Isolado, por exemplo), é possível que o produto contenha um pouco de lactose. Porém, esta lactose só fará mal se a IL for mais intensa. Já nos casos de alergia, não se pode ingerir absolutamente nada que contenha leite ou derivados!!!

    Gde abraço,

    Juliana

  35. Olá, pessoal!

    Descobri o site ha pouco tempo, mas ja sou intolerante há 3 anos.

    Gostaria de saber se eu posso comer coisas com proteína do soro do leite ou até isso faz mal pra quem é IL? se nao me engano, a proteína faz mal pra quem é alérgico! Tem como me responderem?

    Obrigada e parabéns pelo site!

  36. ledabonfantesampaio on

    FICO muito grata por ter vocês para nos ajudar com nossas dúvidas sobre alergia as proteínas do leite. Meu filho de dois anos e alérgico a tudo que tenha leite, até remédios ele apresenta reação. Ainda bem que conto muito com a ajuda de vocês.

      • Olá Rosa,

        A matéria acima foi escrita por nós, assim como as demais matérias que vc encontra no site…não se trata de nenhum livro.
        Para ler mais sobre o assunto, dê uma olhada em nossas matérias anteriores, ok?

        Gde abraço,

        juliana

  37. Maria Christina Russ on

    Lendo os esclarecimentos de vocês ocorreu-me uma dúvida. Sou IL e às vezes consigo comer alguns tipos de queijo que não me fazem mal, como por exemplo, parmesão ou tipo polenghi.Esses quijos possuem teor de lactose bastante reduzido? Quais os queijos que contem menos lactose?

    Aguardo resposta.

    Obrigada

    Christina

Deixe um comentário