Crianças com alergia ao leite ou ovo podem desenvolver alergia ao amendoim

Alergia ao amendoim

Os primeiros resultados de um estudo de mais de 500 crianças com alergia ao leite ou ovo sugerem que elas possuem maior risco de desenvolver alergia ao amendoim mais tarde na vida.

Os resultados aparecem na edição de maio do Journal of Allergy and Clinical Immunology. Estes são os primeiros resultados do corpo clínico do Consórcio de Pesquisa em Alergia alimentar (CoFAR), um dos principais programas de pesquisa em alergia alimentar dos Estados Unidos que reúne centros médicos de diferentes estados americanos.

Este é o primeiro estudo sistemático com o intuito de observar o desenvolvimento natural dessas três alergias alimentares em bebês. O estudo registrou bebês entre 3 e 15 meses de idade previamente diagnosticados com alergia ao ovo ou ao leite. Essas crianças serão acompanhadas até aos 5 anos de idade para verificar se a sua alergia ao leite ou ovos permanece ou não, e para avaliar se eles desenvolverão alergia ao amendoim.

Como parte da avaliação inicial das crianças, os pesquisadores do CoFAR mediram o nível de anticorpos IgE aos amendoins. Eles fizeram duas observações inesperadas: mais crianças apresentaram níveis elevados de anticorpos IgE aos amendoins que o esperado pelos pesquisadores, e algumas destas crianças têm níveis tão altos que eles já podem ser alérgicos ao amendoim sem seus pais estarem cientes disso. É importante lembrar, entretanto, que diferente do Brasil, o consumo de produtos à base de amendoim nos Estados Unidos é alto e o número de alergias em crianças americanas quase triplicou nesta última década.

Os pesquisadores estão incentivando  os pais de crianças com alergia ao ovo ou leite para conversar com seu médico antes de introduzir amendoim ou produtos derivados do amendoim na dieta da criança.

Referência:

SH SICHER et al. Immunologic features of infants with milk or egg allergy enrolled in an observational study (CoFAR) of food allergy. Journal of Allergy and Clinical Immunology. DOI: 10.1016/j.jaci.2010.02.038 (2010).

Imagem: SearchNetMedia

Descobriu a intolerância à lactose há pouco tempo?

Comece por aqui:

Não, obrigado.

Primeiros Passos

Aula gratuita com tudo que você precisa saber sobre intolerância à lactose, alergia ao leite e alimentação saudável sem laticínios.