Anúncio

Parmesão ralado vegano

0

Tem gostinho de queijo e funciona super bem como um autêntico parmesão ralado para servir por cima de um macarrão, lasanha ou qualquer outro prato. Essa receita de parmesão vegano é uma boa alternativa especialmente para quem costuma fazer leite de castanhas ou amêndoas e não sabe o que fazer com a polpa que sobra.

Se você não tem o costume de preparar o seu leite vegetal em casa, essa pode ser uma boa oportunidade de começar. Veja a nossa receita de leite caseiro de castanha do pará.

Logo depois de coar o leite, guarde a polpa em um pote no freezer. Ela chega a durar 6 meses.

Sobre o levedo de cerveja e nutritional yeast

Um ingrediente importante desta receita é o nutritional yeast. Hoje esse ingrediente já é mais facilmente encontrado em lojas de produtos naturais, mas ainda por um preço alto (a maioria das marcas comercializadas são importadas). Por isso, deixo aqui a opção de uso do levedo de cerveja, um ingrediente substituto que tem aroma e sabor similar, é fácil de encontrar em lojas e supermercados e você vai poder usá-lo em diversas receitas. O levedo de cerveja tem um sabor um pouco mais intenso do que a levedura nutricional. Por isso recomendo uma diferença na quantidade a ser usada na receita.

INGREDIENTES

  • 100g de polpa de amêndoas sem pele ou polpa de castanha do pará
  • 1/2 colher de sopa de levedo de cerveja ou 1 1/2 colheres de sopa de levedura nutricional (nutritional yeast)
  • 1/2 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1/2 colher de chá de curcuma
  • sal à gosto (teste o sabor antes de adicionar o sal)

PREPARO

Misture bem todos os ingredientes e guarde sob refrigeração por até 5 dias. Use em saladas, lasanhas, macarrão, risotos e qualquer outro prato que você desejar.

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Luciane é fundadora e editora do Semlactose.com há mais de 10 anos e sócia da Bake-in-Box, empresa de alimentos sem glúten e sem lactose. Luciane descobriu sua intolerância à lactose em 2006 e desde então atua como pesquisadora sobre o tema de intolerâncias e alergias alimentares criando e adaptando receitas, além de aprimorar suas habilidades culinárias através de cursos de gastronomia no Brasil e no exterior.

Deixe um comentário