Sou intolerante à lactose. E agora?

215

Atualizado em:

Se você é uma dessas pessoas que acaba de descobrir a intolerância à lactose e sente-se perdido, leia nossas dicas, aprenda como se alimentar de forma saudável e saiba que há, sim, uma luz no fim do túnel.

Você foi ao médico, fez seus exames e o diagnóstico é Intolerância à Lactose. “Então isso significa que eu não posso mais comer nenhum tipo de alimento que contém leite?”, você se pergunta. Logo em seguida passam todas aquelas imagens pela sua mente: sorvetes, calda de chocolate, pizzas com queijo derretido. Tudo aquilo que você sempre comeu e acha uma delícia! “Como se privar de tudo isso? Como sobreviver a essa tortura? Não há mais nada que eu possa comer!” Bate o desespero e você não sabe mais o que fazer.

Acalme-se! A intolerância à lactose não é esse bicho de sete cabeças que muitos pensam. Ao contrário, você poderá descobrir que no fundo sua alimentação não era das mais saudáveis. Com novos hábitos alimentares, você terá a oportunidade de experimentar novos sabores e ainda curtir muitos dos pratos que você sempre amou!

Veja algumas dicas valiosas para quem ainda entende pouco sobre o assunto:

Informe-se bem sobre o que é a Intolerância à lactose

Quanto melhor você entender seu problema e melhor entender sobre os alimentos, mais tranquilo e confiante você se sentirá. Leia mais informações em nossa página sobre a Intolerância à Lactose.

A tolerância aos alimentos com lactose é variável

Algumas pessoas com IL podem comer pequenas quantidades de alimentos com lactose sem sentir os sintomas tradicionais da IL, enquanto outras não conseguem ingerir nada que contenha lactose. Essa variação deve-se principalmente à quantidade de enzima lactase que o seu corpo produz. É absolutamente normal que pessoas em idade adulta tenham uma redução desta produção enzimática. Até o momento não há exames que possam detectar com precisão o seu nível de intolerância à lactose, por tanto, a maioria das vezes conseguimos descobrir nossa tolerância usando o método de tentativa e erro.

Quais alimentos você pode consumir?

Essa é uma das primeiras perguntas que todos fazem. Antes de mais nada, é importante entender em quais alimentos a lactose está presente. A lactose é um carboidrato presente APENAS em leites de origem animal. Todos os leites, sejam eles de vaca, búfala, ovelha ou cabra, possuem teores similares de lactose. Todos os alimentos que contêm algum tipo de leite de origem animal deverão ter lactose. Mas veja bem. dependendo do tipo de produto, este teor poderá variar e muito! O leite condensado e o leite em pó são os alimentos com maior concentração de lactose. Já as manteigas e queijos maturados são os alimentos com menor teor de lactose. Mas como saber quais são os teores de lactose exatos de cada produto? Infelizmente ainda não temos esta informação nos rótulos, mas você pode conferir algumas informações que organizamos sobre este tema que irão ajudá-lo bastante.

Margarinas, cremes vegetais e manteigas. Afinal, podemos consumí-los?

Todo tipo de queijo contém lactose?

Pães contêm lactose? Como saber?

Alimentos deslactosados

Chamamos assim todos os alimentos de origem láctea que passaram por um processo de hidrólise da lactose. Para que a lactose seja hidrolisada, aplica-se a enzima lactase (a mesma que o seu organismo deixou de produzir) para que este processo faça a “quebra” da lactose em duas moléculas menores: a glicose e a galactose. É por isso que na tabela nutricional dos alimentos rotulados como Zero Lactose você vai encontrar as quantidades de galactose e glicose, que nada mais são do que a lactose hidrolisada. Resumindo, a indústria desenvolveu uma forma similar de fazer o mesmo processo que o seu organismo costumava fazer.

Mas atenção! Grande parte das pessoas com intolerância à lactose se adaptam bem aos laticínios zero lactose, mas algumas pessoas sentem os mesmos sintomas de inchaço abdominal, gases, má digestão e outros, mesmo consumindo esses alimentos deslactosados. Esses sintomas podem ser decorrentes de outros fatores, como a dificuldade de digerir proteína e gordura láctea (presente em maior ou menor teor em todos os alimentos lácteos, sendo eles zero lactose ou não). Outra possibilidade é você ter, além da intolerância à lactose, alergia ao leite. Neste caso, os alimentos zero lactose devem ser evitados.

Leia os rótulos

Se você ainda não está acostumado com os nomes dos ingredientes que podem significar a presença de lactose em algum alimento, veja a nossa matéria que explica todos os detalhes que você precisa saber para ler os rótulos e fazer as escolhas certas na hora das compras. Ingredientes como leite em pó, soro de leite em pó, creme de leite, queijo, nata, iogurte ou qualquer outro ingrediente derivado do leite é sinal de que o produto deve conter lactose. Conhecer a composição dos seus alimentos favoritos ajudará nas suas escolhas na hora de ir ao mercado.

Visite lojas de alimentos especiais

Com uma onda de produtos saudáveis sendo lançados, cresceu muito o número de lojas que comercializam produtos sem glúten, sem leite, sem açúcar, entre outros. Passe em uma dessas lojas e descubra o que há de novo. Há também diversas lojas que vendem alimentos sem glúten e sem lactose pela internet. Para quem mora em cidades menores, esta pode ser uma ótima opção.

Prepare o seu próprio alimento

Muita gente reclama dos preços dos produtos sem leite, e com razão, afinal, um leite comum custa, em média, R$ 3,00. Um leite de vaca zero lactose custa R$ 5,00 e 1 litro de leite de amêndoas custa R$ 18,00!! Para quem quer economizar, preparar alimentos sem lactose em casa pode ser uma ótima alternativa. E se você está começando agora, nada melhor do que ter todas as informações passo a passo para você começar com o pé direito, certo?

Por isso, a minha sugestão é você aprender a fazer lácteos vegetais em casa fazendo o curso Viva Bem sem Leite. Você vai aprender a fazer leites, manteigas, pastas, cremes, molhos, iogurtes e queijos, todos zero lactose e zero proteína do leite. E o melhor: o seu leite de amêndoas vai custar apenas R$ 6,00 (ao invés dos R$ 18,00 que você deve pagar em um supermercado).

Aqui no Semlactose.com você também encontra diversos tipos de receitas para preparar bolos, tortas, biscoitos, iogurtes, molhos e muito mais! Todas as receitas contêm ícones que indicam se a receita é isenta de glúten, lactose, proteínas do leite, ovos, soja ou se é vegana.

E como você pode substituir os laticínios em pudins, bolos, tortas, cremes, etc?

Existem duas opções: você pode experimentar os leites, cremes de leite e leite condensado zero lactose para preparar suas sobremesas favoritas, ou caso você não possa consumir produtos lácteos, você poderá experimentar os lácteos vegetais como os leites de soja, de amêndoas, de arroz e ainda usar o leite de coco como substituto em diversas sobremesas.

O leite de coco é uma bela opção pois é fácil de encontrar em qualquer lugar e você pode usar em bolos, purês, suflês, cremes doces e salgados. Há também o creme de soja, o creme de aveia ou de arroz, o leite condensado de soja, de coco que podem ser usados como substitutos do creme de leite e leite condensado tradicionais.

Tenha sempre cápsulas de lactase à mão

Essas cápsulas auxiliam pessoas com intolerância à lactose a consumirem alimentos lácteos sem sentir os sintomas da IL. A enzima deve ser consumida no momento em que você começa a ingerir um alimento com lactose para que ela faça o processo de hidrólise durante a fase de digestão. Como elas são caras, o ideal é que você possa usá-las para uso eventual, como uma refeição fora de casa, em festas e viagens, situações em que dificilmente você consegue controlar o que você está comendo ou que muitas vezes não tem como escolher seus alimentos.

Faça algumas substituições

Seu molho favorito era o de quatro queijos? Troque por molho de tomate. No buffet, opte por feijão, arroz, legumes e saladas ao invés de pratos com creme. Seus hábitos alimentares irão mudar e sua saúde irá agradecer!

Leve seu lanche

Previna-se. Prepare lanches rápidos que você possa levar para onde for. Frutas frescas, frutas secas, castanhas, nozes, barrinhas de cerais são práticos e alimentam.

Converse com o garçom

Muitas vezes o prato que você deseja comer pode ser preparado sem derivados do leite. Chame o garçom e explique que você tem intolerância à lactose e que não pode consumir alimentos com leite. Alguns restaurantes já incorporaram opções sem lactose para os clientes em seus cardápios.

Gostou das dicas? Compartilhe! Dúvidas? Conte aqui pra gente te ajudar.

Compartilhe.

Sobre o autor

Luciane é fundadora e editora do Semlactose.com há mais de 10 anos e sócia da Anitah Alimentos, empresa de alimentos sem glúten e sem lactose. Luciane descobriu sua intolerância à lactose em 2006 e desde então atua como pesquisadora sobre o tema de intolerâncias e alergias alimentares criando e adaptando receitas, além de aprimorar suas habilidades culinárias através de cursos de gastronomia no Brasil e no exterior.

215 Comentários

    • Olá Erica,

      Nessa idade somente leite materno está indicado! Ainda é muito cedo para dar qualquer outro alimento a ele, justamente pelo risco de causar alergias alimentares! E se seu filho já apresentou alergia ao leite de vaca, é muito possível que ele venha a apresentar alergia a outros alimentos, ainda mais se forem oferecidos precocemente.
      Na hipótese do aleitamento materno não ser possível, deve-se utilizar fórmulas infantis hidrolisadas. A introdução de papas de frutas so deve começar a partir do sétimo mês de vida e ainda assim, deve ser feita gradativamente e com a orientação do médico ou de um nutricionista.

      Gde abraço,

      Juliana

  1. Olá !!! Também tenho IL e acredito que por ter demorado muito a descobrir a minha IL desenvolvi uma Retocolite ulcerativa que trato a uns dois anos . Não conseguia ganhar peso pois tinha diarréia e todos os outros sintomas citados acima além claro do pior que era uma exaqueca por dias e somente após cortar totalmente o leite ou qualquer coisa que contenha o leite e iniciar o tratamento da Retocolite é que consegui ganhar algum peso . No meu caso acho pior pois além do leite sou alérgica a soja e ovo . Estou pensando em procurar um nutricionista já que estou malhando para ganhar massa muscular .

    • Olá Rose,

      A IL sozinha dificilmente causaria a retocolite, pois ocorrem em partes diferentes do intestino. Mas pode ser que vc também alergia às proteínas do leite, que podem causar inflamação na mucosa de todo o intestino.
      De toda forma, a IL pode aparecer em decorrência de inúmeros problemas, como as doenças inflamatórias intestinais.
      Procure um Nutricionista sim, não só pela questão do ganho de massa magra, mas também para receber orientações gerais sobre a sua alimentação, como um todo!

      Gde abraço,

      Juliana

  2. Há mais de um ano venho sentindo dores abdominais fortes, fiz endoscopia na qual foi diagnosticada esofagite e a phmetria q diagnosticou o refluxo. Usei vaarios medicamentos, omeprazol, pantoprazol,rabeprazol,sempre acompanhada pelo médico e ainda assim as dores persistem, . Recentemente fui a outro médico q pediu uns exames no qual foi diagnosticada intolerância a lactose. Também faço uso de anticoncepcional contínuo. A intoolerância pode causar de fato essas dores??Ou será q eh do refluxo mesmo e já seria o caso de partir pra cirurgia?Estou muito desesperada c essas dores, pois incomodam muito.

    • juliana_nutri on

      Olá Camila,

      A IL até pode contrinuir para o refluco, mas não pode ser considerada a única causa, ainda mais se vc já estiver fazendo a dieta de exclusão. A cirurgia é necessária quando há hérnia de hiato (a verdadeira causa do refluxo e das dores), e assim mesmo, o médico deve avaliar com bastante critéio quais pacientes vão se beneficiar dela. Seria interessante também que seu médico pesquisasse outras possíveis intolerancias e alergias alimentares.
      Converse com seu médico a respeito.

      Gde abraço,

      Juliana

  3. Maria Barbosa on

    Obrigada a Deus pelo seu trabalho. Sou altamente intolerante à lactose; quase a raiar os 60. Tudo o que é verde me faz diarreia, cenoura, abóbora, beterraba em conjunto provocam diarreia. Papaia, é para comer 4/5 pedaços apenas e não mto grandes. Se tomo antibiótico parece que agrava ainda mais o quadro que tenho. Hoje estou com picadas no estomâgo e intestino. Vou à casa de banho 4/5/6 xs p/dia. Estou num beco sem saída. Ajude-me. Já emagreci + de 8 kilos. Que dieta alimentar devo praticar por X tempos até restaurar todas as propriedades dos meus intestinos? Gostaria de saber se no Brasil se realizam os seguintes exames? 1) Polihomoceistina 2) Nutritional Status 3) Mucosal Intestinal Barria Integrity.

    • juliana_nutri on

      Olá Maria,

      Para uma adequação da sua alimentação, é necessário que vc, procure um nutricionista, já que dietas precisam ser individualizadas, de acordo com as necessidades de cada um. Mas se mesmo alimentos isentos de lactose continuam te causando problemas, é importante vc procurar um gastroenterologista para uma pesquisa detalhada dos seus sintomas e verificar se não há mais nada por tras destes sintomas, como outras alergias/intolerancias associadas, doença celíaca, síndrome do intestino irritável, etc.
      Quanto e estes exames, com estes nomes, não sei informar onde podem ser feitos, o primeiro e o terceiro, mas o "status nutricional", pode ser feito durante uma consulta de nutrição, através da avaliação do peso, altura, circunferencias e/ou dobras cutaneas, além de exames laboratoriais.]

      Gde abraço,

      Juliana

    • juliana_nutri on

      Olá Manu!

      Não é q o Centrum não possa ser usado por quem tem IL…apesar de haver lactose nos comprimidos, tudo depende do grau de intolerância de cada um. Alguns intolerantes a lactose conseguem tomar comprimidos sem apresentar qq tipo de reação, causada pela lactose, já outros não.
      De qq forma, não podemos indicar nenhum substituto, pois o Centrum, "apesar" de ser um polivitamínico, está registrado como medicamento, e somente o médico, poderá indicar um substituto. Além disso, a automedicação, mesmo quando se trata "apenas" de vitaminas e minerais, pode ser muito perigosa a saúde, pois o excesso destes nutrientes também é prejudicial a saúde!

      Uma outra sugestão, é procurar um nutricionista, para uma avaliação da sua ingestão alimentar atual e para uma adequação da mesma, seja somente através da alimentação, seja através da suplementação, já que em dosagens menores (e desde que o produto não esteja registrado como medicamento), as vitaminas e minerais podem ser prescritos pelo Nutricionista também.

      Gde abraço,

      Juliana

  4. Ana Paula Paviani on

    Olá muito bom esse site…. Minha mãe descobriu que tem a IL a mais ou menos uns 2 a 3 meses, mas até se descobrir que era isso ela sofreu muito. Coincidência ou não foi que tudo começou após ela retirar a vesícula. Aqui em casa estamos tentando nos adaptar, pois em nossa cidade não há muitas opções de alimentos sem lactose. Mas vou sempre acompanhar esse site…Nossa é muito esclarecedor – divisor de águas – Abraços

    • juliana_nutri on

      Olá Ana Paula,

      Bom saber que o site está ajudando a vcs!
      Com relação a sua mãe, é importante lembrar que após a retirada da vesícula, é necessário seguir uma dieta com pouca gordura, pois qq excesso de gordura na alimentação, causa diarréia e agrava ainda mais os sintomas da IL!

      Gde abraço,

      Juliana

  5. Sonia Meireles on

    Eu quero esclarecer tenho IL bem forte… eu posso tomar medicamento com lactose monoidratada? Alguempode me responder por favor….grata
    Sonia Meireles

    • Sonia,
      Somente o seu médico poderia lhe dar essa resposta. De forma geral, os medicamenteos que contêm lactose no excipiente não devem provocar sintomas em pessoas com IL, mas já ouvimos relatos de pessoas que sentem reações. Se você quer evitar possíveis sintomas, converse com o seu médico e peça que ele lhe receite um medicamento similar sem lactose. abçs,

  6. Acabei de descobrir que faço parte deste grupo. E confesso que ainda estou triste com a notícia. NÃO CONSIGO VIVER SEM CHOCOLATE, nem tenho tempo de cozinhar. E agora?

    • Fernanda,
      Entendo a tristeza, mas vc pode ter certeza que esta impressão "ruim" será temporária. Há uma boa quantidade de produtos sem lactose no mercado, inclusive chocolates! Não há porque deixar de comer chocolates. Apenas você terá que procurar pelos chocolates sem leite ou chocolates à base de soja, que, para a surpresa de muitos, é uma delícia! Faça uma busca no <a href="http://www.guiavivabem.com.br” target=”_blank”>www.guiavivabem.com.br e procure por produtos sem lactose na sua cidade. Abçs,

  7. Descobri ontem que tenho IL (ainda vou procurar um segunda opinião) e até chorei de tristeza. Sei que há alimentação boa e prazerosa sem lactose, mas as coisas que mais gosto de comer, aquelas da rotina que nunca enjoam, quase tudas têm leite, e olha que nem estou falando de chocolate…

    Eu bebo MUITO leite e TODOS OS DIAS. Café com leite (menos café e mais leite) de manhã e de noite, quando não é isso é cereais com leite, ou mingau (farinha láctea + leite), ou beiju com leite, cuscuz, batata e até abóbora, tudo com leite!! Ou seja, no mínimo meu café da manhã e meu jantar já me fornecem alta dose de lactose, se for contar os lanches intermediários e sobremesas, o nível aumenta.

    O que acho estranho é que não sinto nenhum sintoma, ou pelo menos nunca os relacionei à ingestão de lactose. Acontece de sentir dores na barriga (não sei dizer em qual órgão) aparentemente sem motivo, algumas vezes tenho diarreia, algumas vezes tenho gases, mas esses sintomas nunca vêm juntos. E na maior parte dos dias eu me sinto completamente normal. E independente disso, tomando meu leitinho com a mesma frequência…

    É normal a IL se apresentar desse jeito, sem sintomas?

    Obrigada!!

    • Oi Fernanda,
      Somente seu medico, que irá avaliar seu histórico clínico e lhe solicitar os exames necessários é quem poderá fechar o seu diagnóstico corretamente. De qualquer forma posso dizer duas coisas. A primeira é que não há motivo para tristeza. Há diversas marcas de leite baixa lactose no mercado que não impedirá você de tomar o seu leite como você sempre faz. Eles não têm nenhuma alteração de sabor em relação ao leite comum, então não haverá nenhum tipo de readaptação alimentar nesse aspecto. Em relação a "ausência" de sintomas…você relata ter alguns sintomas, que possivelmente levaram seu médico a suspeitar de uma intolerância à lactose. Parece pelo que vc relata que eles não são frequentes. Isso pode ocorrer com pessoas com IL, pois a intolerância à lactose tem como característica ser bastante individualizada. Enquanto algumas pessoas têm sintomas mais severos comendo apenas um brigadeiro outras podem comer uma quantidade maior de alimentos com lactose e ter sintomas brandos. Isso se deve ao fato que cada indivíduo possui uma capacidade diferente de absorver a lactose. Além disso o teor de lactose nos alimentos também contribui para a dificuldade na sua digestão.

  8. olá! descobri que tenho rejeição a lactose a 1 mês + não tenho certeza se é só isso, sinto dor de estomago e enjoo e quando bebo cerveja passo muito mal tem alguma coisa a ver? tambem no exame de endoscopia deu gastrite leve. Não sei + o que fazer passo mal todo dia faz 8 meses já tomei muito remédio…

    • juliana_nutri on

      Olá Taty,

      Vc já fez o teste para saber se é mesmo intolrância a lactose? O médico pediu outros exames?
      Sobre a cerveja, existem algumas possibilidades: 1) As bebidas alcóolicas em geral, causam irirtação da mucosa do estômago e intestino e pode, portanto, agravar os sintomas da sua gastrite; 2) Você pode ter doença celíaca, que é uma intolerancia permanente ao glúten proteína presente no trigo, na aveia, na cevada e o centeio (presente também na cerveja), que provoca IL.

      Não tome nenhum remédio por conta própria, e procure o quanto antes, um gastroenterologista, para uma avalaição do seu caso.

      Gde abraço,

      Juliana

  9. Olá! Recentemente descobri q sou intolerante a lactose através de um exame de sangue de intolerancia a lactose.As vezes quando como algo derivado de leite não sinto qualquer sintoma, já outras vezes sinto algumas dores abdominais e flatulência. Por exemplo,esta semana fui na pizzaria e comi bastante queijo, não tive nenhum sintoma, apenas me senti um tanto estufada. Seria normal isso para quem é intolerante a lactose? Eu deveria repetir o exame de intolerancia a lactose?

    Obrigada.. Cris

  10. Olá! gostaria de tirar algumas dúvidas em relação a intolelância a lactose. A princípio queria esclarecimeto se a intolerância a latose necessariamente é ao açucar do leite ou pode ser a outra substancia do leite. Normalmento quando como queijo amarelo tenho sintomas da intolerância já o queijo branco não sinto nada. por que será?

    • Rosa,
      A intolerância à lactose, como o próprio nome diz, é apenas à lactose. Uma das principais diferenças entre os queijos brancos e maturados é o teor de gorduras (queijos maturados possuem teor de gordura mais elevado). Assim, é possível que os sintomas que vc relata não sejam decorrentes da lactose, mas da dificuldade de digestão de gorduras. Consulte o seu médico e relate essa questão para que ele possa fazer uma avaliação.
      abçs,

  11. Hoje, aos 55 anos, descobri que sou alergica ao leite, isto, sem falar, que passei 8 anos de medico em medico, fazendo exames, testes , tomando todo tipo de antialergico, e um IGE na faixa de 3.750. De um ano pra cá, passei a ter colicas horriveis, enjoos, perdi muito peso, e me sentindo cada vez pior. Mas graças a Deus que o ultimo medico descobriu a alergia ao leite, bastou eu cortar leite e derivados, que estou me sentindo cada vez melhor, nao sinto dores abdominais, nem diarreia. So sinto falta dos sorvetes, doces e mousses que adoro tanto. Mas, nem tudo é perfeito.

  12. Olá, meus exames deram que tenho intolerância a lactose , o resultado foi :glicemia em jejum – 83,0 mg/dl ,apos 30 minutos – 85,0 e após 60 minutos – 87,0, após tomar aquele líquido horrível de lactose antes do exame de sangue , um pouco depois que terminou quando estava indo embora pra casa ,tive somente diarréia por umas 4 ou 5 horas mas não enjoo e outros sintomas, sempre tive e tenho todos os dias muitos gases e barulhos constrangedores na barriga, mas não diarréia,por isso fiz o teste, bem mas meu médico disse que posso comer "manteiga" , requeijão ,com baixo teor de leite e somente "queijos amarelos" ,…..queijo branco e ricota não pode e chocolate só o que tenha pouco teor de leite, achava que esses alimentos seriam os mais prejudiciais ,fiquei sem entender nadaaaaaaaaaaaa……,por favor pode me explicar ?????
    Claudia

    • Oi Claudia,
      A orientação do seu médico está correta, mas talvez ele não tenha deixado claro alguns detalhes. Os alimentos elaborados com leite podem variar no seu teor de LACTOSE, (não de leite). Manteiga: a manteiga possui uma quantidade mínima de lactose sendo em alguns casos não detecada em análises do produto. Por que? Porque a manteiga é basicamente gordura. O requeijão, assim como alguns queijos maturados (geralmente de cor amarelada) contém teores baixos, e por vezes, alguns queijos são totalmente isentos de lactose. Já os queijos frescos ainda mantém a lactose presente. isso se deve ao processo de fermentação. Os queijos maturados sofrem um processo de fermentação por um período mais longo e com ela, a lactose é eliminada do alimento. O mesmo não ocorre com queijos frescos. Nós temos várias matérias que falam sobre cada um desses e outros produtos isentos de lactose ou com baixo teor de lactose. Aproveite um tempinho livre para ler com calma e entender melhor sobre a IL, ok?

      abraços,

  13. Tenho uma duvida, meu médico me disse que tenho intolerancia a lactose, porem fiquei na dúvida, pois não tenho diarréia constante após ingerir leite, tenho tido enjoos dor abdominal e uma leve distensão abdominal, existe outros sintomas pa il realmente sem diarréia?

    • Olá leticia,
      Nem todos que tem IL tem necessariamente diarreia. Muitas pessoas tem apenas distensão abdominal, má digestão, e outros problemas gastrintestinais. Possivelmente, ao iniciar uma dieta sem lactose, você poderá comparar e avaliar em conjunto com o seu médico se houve melhora nos seus sintomas.
      Abçs,

  14. olá, meu filho tem 2 anos. É muito ressecado e não pega peso. A médica pediu que eu suspendese o leite de vaca. Ele demonstrou uma melhora no intestino e pegou um pouco de peso. Não sei se ele é intolerante ao leite de vaca ou alérgico a lactose. Vou voltar a médica para buscar mais esclarecimentos. Mas o fato é que fiquei desesperada, sem saber o que fazer… agora, já estou mais tranquila, pois tenho pesquisado a respeito do assunto e as leitura tem aberto minha mente. Amei este site. Fiz algumas receitas e adaptei outras por conta própria, mas ele tem dificuldade em aceitar alimento com soja. Estou buscando melhorar a dieta dele e a de todos aqui em casa, afinal, acho difícil fazer um tipo de comida para um e outro tipo para outros. Então faço para todos o que ele pode comer, assim ele aceita melhor.

    • Olá maria helena,
      O início de uma readaptação alimentar é sempre difícil, mas acredito que você esteja no caminho certo procurando entender mais sobre o assunto e adaptando receitas. Acho uma ótima ideia fazer um tipo de refeição para todos, pois afinal, há muitas opções saborosas e até muito mais saudáveis que são isentas de leite. Acompanhe sempre nossas publicações para estar sempre por dentro das últimas novidades. abçs,

  15. Olá, toda vez que eu tomo leite ou algum derivado, eu passo mal, sinto uma ardencia na barriga, enjoo e ate vomito as vezes. Pode ser IL?
    Como é o exame?

    • Olá Anne,

      Como saber? Seus sintomas podem estar relacionados á IL, e a muitas outras coisas. Somente indo a um médico e fazendo o teste de tolerância a lactose (e outros exames que o médico julgar conveniente) é que será possível saber com certeza. No teste, coleta-se uma amostra de sangue em jejum, e após é necessário beber uma solução contendo lactose (em média, 50g) e após alguns intervalos de tempo (15, 30, 60, etc min) o sangue é novamente coletado.

      Sugerimos que vc consulte um gastroenterologista para pesquisar as causas dos seus sintomas.

      Gde abraço,

      Juliana

  16. Sou alergia a lactose, mas agora ja me acostumei.

    Sobre o comnetario para Monique,sobre o Naturis da batavo, pode comer que realmente é uma delicia…Tem bem o gostinho de iogurte e nao de soja.

    Para criança tbm tem a versao fruta, somente a polpa, q tbm é uma delicia…

    Chocolate tem um com gosto maravilhoso, a marca é genevy.

    A todos q estao descobrindo este tipo de alergia ou intolerancia, nao se assustem…

    Logo se acostuman, pois existem hoje no mercado, muitos produtos voltados para este tipo de problema.

  17. Acabei de descobrir que sou intolerante a lactose. To um pouco asustada ainda. Parei de fumar fazem dois meses e cada vez que tenho vontade de fumar, comia um chocolate BIS. Não sei o que fazer, chorei muito já, de pensar que não posso mais comer queijo.
    Ainda to sentindo muitas dores abdominais e enjoo, é normail isso? Fazem mais ou menos 24 horas que estou sem ingerir alimentos com lactose.

    • Olá Cristine,

      É normal sentir-se meio perdida ao receber o diagnóstico, mas é importante vc saber que nem sempre a IL é definitiva e em muitos casos, mesmo que não seja possível voltar a ingerir a mesma quantidade de lactose que era ingerida antes do diagnóstico, é possível voltar a ingerir alimentos com menor teor de lactose, como os queijos.

      Só fazem 24h que vc está sem consumir lactose e ainda é muito cedo pros sintomas acabarem e seu intestino se recuperar totalmente. É necessário pelo menos fazer 1 mês da dieta de exclusão, sem ingerir nada que contenha lactose, para que a mucosa do intestino se recupere e quem sabe, volte a produzir a enzima lactase, responsável pela digestão da lactose.

      Ter parado de fumar foi uma ótima decisão sua! E vc verá como sua saúde vai melhorar de um modo geral! A ansiedade que surge nos primeiros meses é normal e muitas pessoas buscam um substituto para o cigarro, que no seu caso foi o Bis. Mas vale a pena vc procurar substitutos mais saudáveis, já que dependendo da quantidade de cigarros que vc fumava por dia, vc acabaria comendo uma quantidade muito grande de Bis, o que so prejudicaria sua saúde, já que este produto (assim como seus similares) são ricos em açúcar, gordura e calorias!

      Procure a ajuda de um Nutricionista, para que este profissional possa te orientar melhor quanto à dieta de exclusão e te ajudar a fazer as substituições necessárias, para prevenir o surgimento de deficiencias nutricionais. E se possível, procure fazer uma atividade física. As endorfinas produzidas pelo corpo durante e após a atividade física aumentam a sensação de bem estar e ajudam a lidar melhor com a ansiedade.

      Gde abraço,

      Juliana

  18. Meu filho tem dois anos e ele tem alergia ao leite e não só intolerancia a lactose,e quando ele vê o irmão comendo danone ,ele pede pra eu comprar pra ele sem leite.Se souberem um site onde eu possa comprar pra ele sem lactose,ficarei muito grata.

    • Monique,
      A Batavo tem uns cremes de soja, que imitam bem o iogurte comum. O produto chama-se Batavo Naturis e você encontra na parte de refrigerados do supermercado, junto com outros iogurtes.

      Abçs,

  19. Elaine Stefanelli on

    Olá,depois de muito sofrimento descobri que minha filha tem intolerância a lactose e a sacarose.
    Gostaria de saber mais sobre a sacarose, pois é muito difícil encontrar produtos sem sacarose, e mais pode ser passageiros.
    Obrigado gostaria de mais informações

    • Olá Elaine,

      Principalmente em crianças é comum a intolerância a sacarose acompanhar a IL já que as enzimas necessárias à digestão destes dois açúcares ficam localizadas muito próximas uma da outra. Em geral, a intolerancia a sacarose costuma ser passageira e tende a melhorar a medida que a diarréia passar e o intestino se recuperar. O tratamento, além de se evitar alimentos contendo lactose, é evitar alimentos ricos em açúcar, como doces, balas, chocolates, sucos adoçados, resfrescos industrializados, refrigerantes, biscoitos recheados,etc, até porque, tais alimentos não fazem bem a nenhuma criança, tendo intolerância ou não. Aliás, é um grande erro, porém muito comum, acharem que os alimentos das crianças necessitam ser adoçados, e isso acaba criando um "vício" nas crianças que passam a não abrir mão das guloseimas, o que é muito prejudicial à saúde, pois isso predispõe ao surgimento de cáries, obesidade infantil, diabetes e doenças cardiovasculares.

      Assim, no caso da sua filha, o importante é manter a dieta de exclusão da lactose, pelo menos até que o médico ou nutricionista julgarem seguro tentar re-introduzir alguns alimentos com menor teor de lactose e em paralelo, procurar oferecer a ela uma alimentação saudável e equilibrada, rica em frutas, legumes, verduras, carnes magras, cereais, etc, evitando portanto, os alimentos ricos em açúcar mencionados anteriormente.

      Gde abraço,

      Juliana

  20. Olá, gostaria de saber se existem opções de queijos sem lactose? Mas que fossem bem parecidos, para usar em pizzas, que derretam…

    Encontrei um site chamado Casa da Ovelha, com vários produtos sem lactose, o leite de ovelha realmente não tem lactose?

    • Olá Cassia,
      Todos os leites animais possuem lactose, inclusive o queijo elaborado com leite de ovelha. É o processo de fabricação de determinados tipos de queijo que faz com que a lactose seja reduzida ou até em alguns casos completamente eliminada do produto devido ao seu processo de fermentação e maturação, que é o caso de alguns queijos. A Casa da Ovelha realizou análises físico-químicas em seus queijos identificando todos aqueles que são isentos de lactose. Há também outras empresas que disponibilizam informações sobre seus laticínios sem lactose como a Tirolez e a Gran Mestri. Entre em contato com essas empresas e solicite uma listagem dos queijos isentos de lactose. Abçs,

  21. valeria demasi on

    oi para todos,
    Tenho il e descobri faz uns 10 anos. Tomo o lactaid ultra e com o tempo percebi que podia ficar sem ele e comer varias coisas com lactose. Quando fui ao medico e descobri il fiz exame para doença celiaca (é o problema com glutem), foi negativo. Tem o quejo mussarela e o prato que não tem lactose, anticoncepcionais somente o injetavel não tem lactose.
    Tem importadoras na cidade de são paulo que trazem o lactaid.
    abraços a todos
    valeria

  22. Olá Carla,

    Todos os queijos possuem menor teor de lactose, quando comparados ao leite e nos queijos maturados, o teor de lactose é menos ainda. O mesmo vale para os iogurtes e leites fermentados. No nosso site vc encontrará muita informação sobre produtos com baixo teor ou isentos de lactose.

    Gde abraço,

    Juliana

  23. Oi sou intolerante à lactose e estou na fase da menopausa, tenho problema com falta de cálcio, qual melhor maneira para substituir o cálcio encontrado no leite comum? E o tão eficaz quanto? Se possivel envie resposta pelo meu e-mail.

    Obrigada.

    • Juliana Crucinsky on

      Olá Elizabete,

      O ideal é que vc seja acompanhada por um Nutricionista, que é o profissional mais capacitado para fazer uma análise detalhada da sua alimentação e verficar se realmente a mesma etá deficiente em cálcio ou não, e partir daí, propor a melhor estratégia de tratamento. Leites de soja com adição de cálcio, folhas verde escuras, leguminosas, peixes, etc, são boas fontes de cálcio, porém também é importante saber que não basta ingerir cálcio em quantidades suficientes!
      Tão ou mais importante que isso, é que este cálcio seja adequadamente absorvido pelo organismo e esta aborção depende da presença de vitamina D, depende da acidez estomacal, e de não haver nenhum fator que impeça ou limite tal absorção, entre outros fatores.

      Gde abraço,

      Juliana

  24. Sou extremamente intolerante a lactose e gostaria se tem queijos ou derivados que não contenham lactose, ou se não existe esse tipo de queijo ?

  25. Olá! Já li bastante a respeito sobre a IL, mas ainda restam algumas dúvidas, pois acho que fiquei intolerante, mas não tenho certeza se meus sintomas não podem ser de outra coisa…
    Faz alguns meses que tenho bastante gases e distensão abdominal, e faz umas três semanas peguei uma virose ou intoxicação alimentar que não conseguia comer nada que me dava nauseas, cólicas estomacais e sempre estava super inchada, com distensão abdominal e tal. Não vomitei nenhuma vez, mas sempre aquele desconforto e uns 5 dias depois desses sintomas, estava já me recuperando mas fui na casa de uma amiga e ela fez massa com molho de váaaarios queijos. Fiquei mega hiper inchada e tive diarréia forte algumas horas depois. Esse foi o único episódio crítico. Fui num gastro e ele pediu para cortar a lactose por duas semanas, mas depois de 24 e 48 horas sem ingerir nada com lactose (que eu saiba) continuei com gases e distensão abdominal fortes.
    Me alimento com bastante fibras, verduras, legumes, frutas, cereais, etc. Os sintomas de IL podem durar tanto tempo? (mais de um dia), e em até quanto tempo eles podem aparecer? (no meu caso é apenas gases e distensão abdominal) porque estou tentando descobrir a causa mas está bem difícil, pois não sei o tempo que a lactose pode ficar fermentando no organismo…
    Vou fazer um exame para ver isso semana que vem, de qualquer forma.
    Muito Obrigada, e o site é super esclarecedor, parabéns!

  26. Olá Sandra,

    No início é meio complicado mesmo, mas tudo é uma questão de adaptação e dependendo do seu tipo de IL, após a melhora dos sintomas, talvez vc consiga tolerar alguns alimentos com menor teor de lactose, como os leites com 90% menos lactose, os iogurtes, leitees fermentados, alguns tipos de queijo, etc.

    Mas para isso, é necessário seguira dieta de exclusão de lactose durante pelo menos 1 mês, até que seu intestino se recupere. Se isso não for feito (a dieta, e consequentemente, a melhora dos sintomas, principalmente a diarréia), há um grande risco de vc desenvolver deficiências nutricionais e doenças relacionadas a estas deficiencias (como anemia, osteoporose por má absorção de cálcio, enfraquecimento do sistema imunológico, etc), além de agravar ainda mais o quadro da IL.

    Os alimentos que contém lactose são basicamente o leite e seus derivados (somente a manteiga e o creme de leite contém quantidades insignificantes de lactose por porção) e a limentos elaborados com eles, como sorvetes, bolos, molho branco, etc. Por isso é necessário ler atentamente os rótulos de todos os produtos industrializados que vc for comprar e procurar se informar sobre a composição dos alimentos que vc for consumir fora de casa. Para se informar mais a respeito destes alimentos, dê uma olhada em nosso site.

    Também seria interessante vc procurar a ajuda de um Nutricionista, para adequar a sua alimentação e prevenir o surgimento de deficiências, pois estas, se não prevenidas (ou tratadas corretamente) aprentam consequencias bem mais graves que a IL em si.

    Gde abraço,

    Juliana

  27. sandra dotta on

    Tenho 42 anos e há 4 descobri que tenho intolerância a lactose. Na minha idade é complicado, pq sempre comi de tudo e agora tive uma mudança horrivel. Às vezes como certas coisas que não sei se tem lactose ou não, mas passo mal quase todo tempo. Não consigo me adaptar a essa intolerancia. Qto as receitas é muito bacana que vcs se importam conosco, agora onde moro é complicado achar certos produtos. Sandra dotta – São José de Ribamar-MA

  28. Sineide Borges on

    Descobri agora que estou com intolerancia a lactose .

    mas lendo os comentários aqui fiquei na duvida…pq nesse meio tempo me saiu uma coceira que nunca tive , mas por outro lado sempre tive muitos gases e barriga estufada …ultimamente tenhoo sofrido muito com isso , mas sou adulta e nunca tinha percebido isso.

    obrigada

  29. Descobri há um mês que tenho IL, que sofrimento!!! Estou muito nervosa, ansiosa e triste. Quais são as marcas dos produtos que posso comer? Pois, tenho procurado nos supermercados e não encontro nada só o horroroso leite de soja, que também não tem sido bem aceito pelo meu organismo. Moro em Maceió e estou perdidinha.

    • Luziane! Em primeiro lugar, fique tranquila. A IL não deve ser encarada como uma doença séria, que ofereça riscos a sua saúde! Acredito que a principal barreira está em nossa dificuldade de mudar nossos hábitos alimentares. Mas há diversas opções de alimentos para nós, com intolerância à lactose. Para mais informações sobre produtos, veja nossa lista em Produtos sem Lactose, e a seção Alimentos e a Lactose. Lá vc vai encontrar boas alternativas. Em relação ao leite: se vc busca leites 0% lactose que não sejam de soja, você pode experimentar os leites de arroz, quinoa e amêndoas. Mas há também os leites com 90% menos lactose, que são muito consumidos por pessoas com IL. O sabor é idêntico ao leite comum, e desta forma vc não terá nenhum problema de adaptação do gosto. Além disso vc encontrará iogurtes, biscoitos, queijos sem lactose, lanches diversos e inúmeras receitas em nossa seção de Receitas. Caso vc não consiga encontrar esses produtos em sua cidade, há várias lojas que vendem pela internet e entregam em sua residência.

      abçs,

  30. Maria Cristina Alves on

    Olá,
    Descobri há pouco tempo q tenho IL, sofri muito até chegar a essa conclusão. Vivia com dores de cabeça e vontade de vomitar e o meu único alimento era o leite de gado, queijo e iogurtes. Agora não faço mais uso de produtos á base de lactose. Mas sofro com isso, o que faço?
    Abraços
    Cristina

  31. Olá Lílian,

    O H. Pylori não tem nada a ver com a IL…esta bactéria vive no estômago e pode estar relacionada à gastrite. A lactase, enzima responsável pela digestão da lactose (açúcar do leite) fica localizada no intestino delgado. É provável que esse quadro de virose que vc relata, indendente do H. Pylori, tenha sido causado por rotavírus ou algum vírus que afete não só o estômago, como os intestinos também. E muitas vezes, o que nós pensamos que é virose, na verdade, trata-se de uma gastroenterite ou toxinfacção alimentar, causada pela ingestão de alimentos contaminados (não necessariamente estragados).

    De qq forma, essa virose/infecção que causou diarréia, pode ter provocado a IL, que pode ser temporária (daqui a um tempo pode desaparecer e vc voltar a tolerar a lactose), como pode se manter pro resto da sua vida, mesmo que com variações na intensidade dos sintomas e períodos de maior e outros de menor tolerancia a lactose.

    Num primeiro momento, já que seu intestino ficou fragilizado com a infecção, é importante vc fazer a dieta da exclusão da lactose, por pelo menos um mês, para que seu intestino tenha condições de se recuperar e posteriormente, vc pode ir testando sua tolerancia aos alimentos contendo lactose, ingerindo pequenas porções e aumentando as quantidades, de acordo com as reações do seu organismo. A minha própria IL começou assim…sempre bebi leite “aos baldes” e um belo dia tive uma gastroenterite que me derrubou e fez ficar sem tomar leite por um bom tempo. Hj em dia, já sei “até onde posso ir”, e já sei exatamente o que me espera se eu abusar. O importante é isso…vc melhorar num primeiro momento e ir testando sua tolerancia aos poucos, até descobrir o quanto seu organismo tolera de lactose.

    E enquato isso, de uma olhada nas dicas aqui do site, nas receitas e produtos com baixo teor de lactose! Vc verá que é possível conviver com a IL sem abrir mão do sabor e da qualidade de vida!

    Gde abraço,

    Juliana

  32. Antes de tudo parabenizo pelo site muito esclarecedor.
    Através de exames de rotina, deduzi que tenho IL, mas, esse exame foi feito alguns dias após o exame de colonoscopia, em que é induzido uma limpeza intestinal. Não tenho sintomas, às vezes sinto alguns poucos mas, não tenho diarreia e pelo contrário, tenho constipação. A diferença da glicemia de jejum para a mais alta foi 18 mg. Isso caracteriza IL?

  33. Lilian Santos de Aze on

    Olá pessoal!!
    Há 1 ano e meio atrás tive uma virose que me causou um grande mal estar e muita diarreia. Depois disso não tive mais sossego…diariamente tinha diarreia e mal estar. Fiz vários exames e descobri que havia desenvolvido IL e também estava com a bactéria Helicobacter Pylori…tratei e eliminei a bactéria, mas a intolerância persiste.
    Pergunto. Será que esta IL vai passar?? Eu nunca tinha tido problemas com leite e derivados antes dessa virose e em virtude de tudo isso tenho uma qualidade de vida muito ruim, tendo que me privar de comer tudo o que sempre comi sem nenhum problema.
    Abracos!!!

  34. Olá Sílvia,

    Como é essa sua rejeição? Algum médico já fechou seu diagnóstico ou vc relacionou a presença de sintomas a ingestão destes alimentos?

    De qq forma, é de suma importância que vc procure, o quanto antes, um Nutricionista, para uma avaliação do seu estado nutricional e para que este profissional consiga adequar sua alimentação às suas intolerâncias, pois infelizmente não temos como como te dizer o que comer, sem uma avaliação presencial, sem resultados de exames, etc, entende?

    Gde abraço,

    Juliana

  35. Olá Telma,

    A IL não tem nenhuma relação com a vesícula, entretanto, após a colecistectomia (cirurgia para retirada da vesícula), é necessário manter uma dieta com baixo teor de gordura, pois a vesícula é o órgão que concentra a bile (substância necessária à digestão das gorduras). Após a cirurgia, o corpo tende a se adaptar a ficar sem a vesícula, mas esse tempo de adaptação varia de pessoa a pessoa, por isso é muito importante já sair do hospital com uma orientação nutricional!

    A bile é produzida no fígado e fica armazenada na vesícula, onde ela se torna mais concetrada (como se fosse um detergente, daqueles bem fortes, sem adição de água). Mas quando ela é retirada, o fígado produz a bile, que é liberada diretamente no intestino, na presença de gordura, mas como essa bile recém produzida é mais diluída (como um detergente no qual nós colocamos água, pra render mais), parte da gordura pode não ser bem digerida, o que causará mal estar, dor abdominal e diarréia.

    Quanto a sua dor de cabeça, ela deve ser investigada por um neurologista, até porque o uso constante de analgésicos, além de mascarar o verdadeiro problema, pode piorar as dores.

    A única relação do leite com dor de cabeça, é devido a este alimento conter uma substância chamada TIRAMINA (presente também em queijos envelhecidos, chocolates, vinhos, etc), que provoca enxaqueca em pessoas pre-dispostas, levando muitas pessoas a acharem que a causa da dor é a IL, quando na verdade não é.

    Assim, não deixe de procurar um neurologista, para pesquisar as causas da sua dor de cabeça e de procurar um gastro e um nutricionista, para um acompanhamento, por causa da sua cirurgia.

    Gde abraço,

    Juliana

  36. silvia leticia dias on

    Tenho rejeição à lactose, glúten, fermento, fibras insolúveis…estou desnutrida…o que devo comer???me ajudem!!!!deus abençõe vcs

  37. Telma Zimovski on

    Gostaria de saber se a intolerância a lactose tem alguma coisa a ver com a retirada da vesícula. Qual médico eu devo procurar para tentar descobrir qual o problema. Todo dia acordo com dor de cabeça, todos os dias mesmo, e estou cansada de tomar analgésicos. Por favor me ajudem. Obrigada.

  38. Chocada com a quantidade de pessas que, como eu, foram surpreendidas pela intolerância à lactose e desconhecem a forma mais simples para lidar com o problema. Todavia, o problema propriamente dito, deriva de interesses econômicos de não se sabe qual setor financeiro de nosso país que não permite a importação para comercialização nem a fabricação do medicamento específico para tanto. Trata-se de simples comprimidos contendo a enzima LACTASE que o organismo dos intolerantes não produz e cuja função é a de quebrar as moléculas da lactose ingerida, permitindo que se coma tudo o que se quer que contenha leite e seus derivados. Basta ingerir um “Lactaid” junto à primeira mordida ou gole que contenha esse alimento, em qualquer de suas formas. Por essa “estranha” proibição no Brasil, quem puder recorrer às importadoras autorizadas, a preço de ouro, poderá importar o medicamento. Nos Estados Unidos, em farmácias e prateleiras de supermercados adquire-se uma caixa de mais de 100 comprimidos de efeito concentrado, isto é, o “Ultra Lactaid” ou “Extra Lactase”, pelo valor média de US$ 13. Sim, caixas com comprimidos de efeito CONCENTRADO, que equivalem a 3 (três) comprimidos da fórmula simples. Para se importar oficialmente aqui no Brasil, paga-se aproximadamente 5 (CINCO) ou 6 (SEIS) vezes o valor de revenda lá, especialmente porque as importadoras só têm licença para importar a fórmula simples de “Lactaid” ou “Lactase”, levando-nos à necessidade de consumir 3 comprimidos a cada vez que se torma um dedal de leite que seja… Achei que está ao alcance desse site um movimento em busca de alguma solução para os que padecem da deficiência de lactase no organismo.
    Cordialmente,
    Delza

    • Delza,
      Acho que alguns esclarecimentos são necessários. Infelizmente a enzima lactase em cápsulas não funciona de forma igual para todas as pessoas. Por isso nem sempre ela é a melhor opção, apesar de ser uma excelente alternativa que nós temos disponível, com certeza. Em relação a proibição de importação com fins comerciais, o que existe é uma diferença de classificação da enzima no Brasil em relação a outros países, como no caso dos Estados Unidos. Lá, a enzima é classificada como um suplemento alimentar. Aqui ela é classificada como medicamento. Se sua classificação fosse diferente, ela poderia ser importada e comercializada da mesma forma que diversos suplementos alimentares como vitaminas e minerais que encontramos em farmácias. Quanto às importadoras, elas não têm restrição quanto à importação de enzimas lactase. Existem várias empresas que importam o Lactaid Fast Act, o comprimido com maior concentração de enzima lactase, não havendo necessidade de consumir mais de um comprimido, como é o caso do Lactaid Original, por exemplo, com concentração menor. Outro detalhe importante de ser lembrado é que no Brasil há diversas farmácias de manipulação que comercializam a enzima lactase em cápsulas na concentração recomendada pelo médico. Não são baratas, mas são mais simples de serem obtidas. De qualquer forma, ainda acho que o preçõ é um fator fundamental e realmente deveria ser muito mais baixo para que mais pessoas pudessem ter acesso a esta enzima!

      abçs,

  39. Olá Thaís,

    Não temos como afirmar se a quantidade de lactose presente nos comprimidos seria suficiente para comprometer o tratamento, porém é necessário analisar alguns fatores e conversar com seu médico sobre eles:

    1) Vc está tendo diarreia? Se tiver, o medicamento pode não estar sendo absorvido como deveria, o que compromete sua eficácia;

    2) A Cândida já pode ter desenvolvido resistência ao medicamento. Microorganismos tornam-se resistentes aos antibióticos quando nós não tomamos o medicamento da maneira exata como deve ser (quando os horários não são respeitados, quando se esquece alguma dose, quando o tratamento é interrompido antes da hora, quando a dose ingerida não está adequada ao problema, ou mesmo quando tomamos antibióticos sem necessidade, por exemplo). Seria o caso do seu médico solicitar uma cultura do fungo e um antibiograma, para saber se a Cândida está de fato resistente ao Fluconazol ou não.

    De qq forma, durante o tratamento, seria conveniente vc excluir completamente a lactose da sua alimentação (ingerindo somente a lactose presente nos comprimidos) e evitar açúcar e doces, já que a Cândida também se alimenta de sacarose (açúcar comum). Mas não deixe de conversar com seu médico a respeito.

    Gde abraço,

    Juliana

  40. Oi, Juliana.

    Adorei o site. Já consegui tirar muitas dúvidas sobre alguns aspectos mas tem uma que permanece. Remédios com lactose fazem efeito em quem tem intolerância? Tenho tido cândida recorrente sem sucesso no tratamento e descobri que os remédios que tenho tomado, como o fluconazol, têm lactose na composição. A ingestão do remédio pode estar atrapalhando o tratamento?

    Aguardo a resposta e obrigada!

    Abraço.

  41. Olá Elisângela,

    Que tipo de alergias vc apresenta? Será que estão mesmo relacionadas com a ingestão de lactose? Ou serão causadas pelas PROTEÍNAS presentes no leite? A lactose (açúcar do leite) não provoca nenhum tipo de sintoma alérgico, ao contrário das proteínas, que podem estar por trás de inúmeras reações alérgicas. Assim, é muito importante vc conversar com seu médico, para que ele solicite os testes diferenciais para alergia e para intolerância, pois o tratamento é diferente!

    A prisão de ventre crônica pode estar relacionada tanto à lactose como às proteínas do leite e somente descobrindo qual é seu problema verdeiro é que é possível tratar seus sintomas adequadamente.

    Na IL, apesar dos sintomas serem bastante desagradáveis, a não ser pela diarréia (que não é seu caso) que provoca má absorção, a ingestão de lactose não causa maiores prejuízos ao organismo, a não ser o mal estar.

    Já na alergia (causada SEMPRE pelas proteínas do leite, NUNCA pela lactose), independente dos sintomas, é de suma importância excluir completamente TUDO que contenha leite, derivados e traços de leite, pois mesmo com sintomas brandos, os estragos são sempre maiores.

    Gde abraço,

    Juliana

  42. Julia,
    Essa informação é ótima. Sempre que nós temos informações de fontes confiáveis sobre os teores de lactose em queijos nós publicamos aqui. Sabe-se que muitos queijos, por seu processo natural de elaboração, tem seu teor de lactose bastante reduzido, sendo que alguns são totalmente isentos de lactose. O que ocorre é que a maioria dos fabricantes de queijos não disponibilizam essa informação na embalagem de seus produtos. Se possível, envie a tabela da Tirolez pra nós e entraremos em contato com a empresa para divulgarmos mais detalhes sobre os queijos desta marca.

    Abçs,

  43. Descobri que tenho IL, diferente da maioria, nao tenho diarreia como sintoma, mas segundo minha médica, várias alergias e prisão de ventre crônicas são decorrentes dessa intolerância. Se não tenho esse sintoma tão evidente como a diarreia, como saber diferenciar quais produtos com ou sem lactose me afetam?

  44. É!!! com o tempo a gente vai acostumando com a nova dieta sem lactose!!!Eu tbm vejo pelo lado da saúde,pois é muito bom evitar todas essas coisas gordas e doces!!!Depois que comecei a nova dieta me animei a praticar exercícios físicos, cuidar da aparência e da saúde. A doença veio para melhorar a minha qualidade de vida!!Vejo assim^^!!!mesmo quando tenho que ficar de fora da festa do brigadeiro,longe dos bolos etc. Mas nada como ficar todos os dias da semana bem, sem sentir um sintoma da IL!!!Sempre que penso em cair na tentação lembro como é desgastande os dias após consumir algo com leite!! e como é bom estar de cara limpa rsrsr, de barriga limpa^^ A sensação de leveza, de bem estar, não tem lactose q compre!!!

  45. Olá! Desde que comecei a ingerir o lactaid percebi que os sintomas diminuiram muito, não tenho as crises de diarréia mas permaneço por 3 dias com dores abdominais e uma insuportável enxaqueca. É uma alternativa, pelo menos os dias de sofrimento são mais curtos com os sintomas amenizados. Uma vez mandei manipular a lactose e não funcionou. Apesar de muitas vezes chorar de vontade de comer uma guloseima ainda pefiro resistir a ficar sofrendo dias! Somente em datas especiais e sem alternativas corro para o lactaid!!!!!!!!!!

    Adoro esse site, percebi que não sou única com este problema e já não me sinto tão diferente dos outros. Obrigada por vcs existirem!!!!!!!!!!!

  46. Olá Ane,

    Tomara mesmo!

    Quanto aos sintomas, costumam aparecer pouco tempo depois da ingestão de alimentos contendo lactose. Nos casos de alergia às proteínas do leite de vaca, os sintomas podem ser tanto imediatos, quanto tardios (podendo aparecer após 2 a 4 dias da ingestão do alimento).

    Gde abraço,

    Juliana

  47. Obg pelo esclarecimento Juliana 🙂 Espero que nao tenha problema com esse suplemento, pois é dificil resistir as tentações.

    A outra dúvida q eu tinha postado é a respeito do tempo do aparecimento dos sintomas da IL, após a ingestão de alimentos com lactose. Esses sintomas podem aparecer até 3 dias depois? Ou geralmente sao imediatos?

  48. Olá Ane,

    A lactase em cápsulas ou líquida são apenas um suplemento e só funcionam se tomadas em horário próximo ao consumo de alimentos contendo lactose, ou seja, estes suplementos amenizam os sintomas, mas não curam a IL! E ainda assim, estes suplementos não funcionam bem para todas as pessoas com IL…muitas pessoas não se adaptam ou ou não toleram bem o suplemento, daí a necessidade de uma dieta com baixo teor de lactose, entende?

    Gde abraço,

    Juliana

Deixe um comentário

 

Baixe grátis nosso ebook e aprenda 

como ter uma alimentação saudável, sem leite e

sem glúten

AO SEGUIR NOSSO PERFIL NO INSTAGRAM VOCÊ RECEBE GRÁTIS O LINK PARA BAIXAR SEU EBOOK

Não, obrigado.