Anúncio

Pasta de sementes de girassol, nozes e funghi

0

As pastas preparadas com sementes, nozes e castanhas são uma opção super saudável e nutritiva para substituir a manteiga, margarina ou requeijão no seu café da manhã e você ainda pode usá-las para rechear sanduíches ou servir como uma entrada com torradinhas ou palitos de legumes.

As sementes de girassol são ricas em magnésio, fósforo e potássio, vitaminas A, E e B6, além de ser fonte de fibras e de gorduras poliinsaturadas ômega 6 e 9. O funghi secchi é um cogumelo desidratado de coloração bem escura. Ao hidratá-lo, ele solta um caldo escuro que você pode coar e usar em diversas preparações, pois ele têm um sabor marcante e diferente do cogumelo fresco.

Para preparar a sua pasta você precisará apenas de um processador de alimentos pequeno. O liquidificador também pode ser usado, mas vai dar mais trabalho pois você precisará parar várias vezes para mexer o conteúdo.

Pasta de sementes de girassol, nozes e funghi

INGREDIENTES

  • 100 g de sementes de girassol crua e sem casca
  • 50 g de nozes
  • 20 g de funghi secchi escuro
  • 5 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • pitada de alho em flocos
  • sal à gosto
  • molho de pimenta à gosto (opcional)

PREPARO

  1. Hidrate as sementes de girassol e as nozes por 8 horas. Se você for preparar a sua pasta pela manhã, deixe as sementes e nozes de molho em água filtrada à noite e descarte a água da demolha pela manhã.
  2. Hidrate o funghi com água morna por cerca de 20 minutos até o funghi ficar macio. Descarte a água ou coe e guarde para preparar outros pratos. (você pode congelar este caldo)
  3. Coloque todos os ingredientes no processador e bata tudo por alguns minutos até formar uma pasta homogênea, de cor castanho médio.
  4. Mantenha sob refrigeração por até 5 dias.
  5. Se você não for consumir toda a pasta durante os próximos 5 dias, congele uma porção.

bake-in-box

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

Deixe um comentário