Bobó de camarão básico

0

Prato típico baiano, o bobó é um creme consistente e perfumado, elaborado com mandioca, azeite de dendê e leite de coco. Esta é uma receita típica brasileira que tradicionalmente não leva ingredientes lácteos nem glúten. Esta versão adaptada é elaborada com batata baroa, que tem cozimento mais rápido que a mandioca e é bem mais simples de bater no liquidificador.

INGREDIENTES

  • 400 g de camarão médio ou grande, sem casca
  • 400 g de batata baroa (mandioquinha)
  • 2 cebolas roxas pequenas (pode ser usada a cebola branca)
  • 1 dente de alho
  • 3 tomates sem pele
  • 2 colheres de sopa de coentro picado
  • 1 colher de chá de curcuma
  • 1 colher de chá de cominho em pó (opcional)
  • suco de 1 limão
  • 1/2 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • 200 ml de leite de coco
  • sal e pimenta à gosto
  • 4 pimentas de cheiro para decorar (opcional)

PREPARO

1. Tempere o camarão com sal, limão e cominho.

2. Cozinhe a batata baroa por cerca de 25 minutos ou até ficar bem macia. Bata no liquidificador com 1/2 xícara da água do cozimento, leite de coco, sal e curcuma. Reserve.

3. Em uma panela com azeite de oliva, refogue a cebola e alho picados. Salteie os camarões rapidamente (apenas alguns minutos para ficarem macios). Adicione os tomates picados e em seguida a mistura de batata baroa. Ajuste o sal, adicione a pimenta e, para finalizar, enfeite com coentro e pimenta de cheiro.

4. Sirva com arroz.

Dicas
  • A receita tradicional é feita com dendê, um azeite de difícil digestão. Para aqueles que não abrem mão do dendê nesta receita, adicione 1 colher de sopa de dendê ao final da preparação.
  • Muito cuidado para não deixar o camarão cozinhar demais. Se você não tiver muita prática, salteie o camarão e retire da panela. Acrescente o tomate, o purê de batata baroa e por último retorne o camarão para a panela. Assim você garante que ele não ficará cozido demais.
Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

Deixe um comentário