Anúncio

Uso de enzimas digestivas na intolerância à lactose e alergia ao leite de vaca

99

O uso de suplementos à base de enzimas digestivas, como alternativa para os intolerantes à lactose, já é bem conhecido. O que muita gente ainda não sabe é que o uso de enzimas pode amenizar também os sintomas causados pela alergia ao leite de vaca. Descubra, neste texto, as principais diferenças entre a intolerância à lactose e a alergia à proteína do leite e como utilizar os suplementos de enzimas a seu favor.

Intolerância à lactose

Dentre os distúrbios associados ao consumo do leite de vaca pode-se dizer que a intolerância à lactose é um dos mais comuns e amplamente divulgado e discutido. Esta intolerância pode ser definida como uma incapacidade do organismo em digerir a lactose (açúcar presente no leite), resultando em alterações gastrintestinais, como distensão e dores abdominais, gases e diarreia. Esses sintomas são mais evidentes nas primeiras horas que sucedem o consumo de leite e derivados e são, geralmente, locais – sem comprometimentos sistêmicos graves. Essa dificuldade em digerir a lactose ocorre pela deficiência ou ausência da enzima lactase na mucosa intestinal – e pode surgir por um erro genético (o indivíduo não produz a enzima) ou por consequência de distúrbios no intestino (diarreias infecciosas, uso prolongado de antibióticos, Doença de Crohn, Doença Celíaca), fazendo com que o indivíduo diminua ou pare momentaneamente a produção da enzima.

Alergia às proteínas do leite de vaca

Ao contrário da intolerância à lactose, distúrbio que envolve apenas a deficiência de uma enzima, a alergia às proteínas do leite envolve uma resposta exacerbada do sistema imunológico. Tal resposta pode ser imediata (os sintomas aparecem poucas horas após o consumo) ou tardia (os sintomas podem levar de 3 horas a 3 dias para aparecer). A alergia tardia ao leite de vaca é a mais comum e, por seus sintomas aparecerem muito tempo depois do consumo do alimento, tem seu diagnóstico bastante dificultado. Por este motivo é comum muitas pessoas apresentarem alergia tardia ao leite de vaca e nem sequer imaginarem que alguns de seus problemas de saúde podem estar relacionados à ela. A alergia ocorre quando o organismo entra em contato com as proteínas intactas – mal digeridas – do leite, reconhece-as como corpos estranhos e reage contra elas, produzindo substâncias inflamatórias e causando processos inflamatórios crônicos. Os sintomas podem ser desencadeados em diversos órgãos-alvo e estudos já demonstraram a relação da alergia tardia ao leite de vaca com otite, dermatite, rinite, sinusite, bronquite asmática, amigdalite, aumento na formação de muco, gastrite, esofagite, refluxo, obstipação intestinal, enxaqueca, artrite reumatoide, falta de concentração, hiperatividade (ADHD), ansiedade e até mesmo depressão. A causa da alergia tardia pode estar relacionada a fatores genéticos, dificuldade em digerir as proteínas (possivelmente por deficiências enzimáticas) ou ainda por uma hiperpermeabilidade intestinal, o que aumenta as chances de proteínas inteiras passarem do intestino para a corrente sanguínea e assim, ativar a resposta inflamatória.

Uso das enzimas digestivas

No caso da intolerância à lactose, o uso do suplemento da enzima lactase é muito comum e eficaz, já que supre a deficiência desta enzima no organismo e possibilita, assim, a digestão da lactose. A lactase pode ser encontrada sob a forma de pastilhas mastigáveis, em pó, comprimidos ou cápsulas em diversas farmácias convencionais, de manipulação ou ainda em lojas de produtos naturais. A dose administrada vai depender da quantidade de lactose a ser ingerida e da capacidade do seu organismo em produzir mais ou menos lactase. Já no caso da alergia às proteínas do leite de vaca, o uso das enzimas digestivas ainda não é muito comum. Entretanto, alguns estudos já estão sendo realizados a fim de elucidar melhor o real papel de algumas enzimas na melhora dos sintomas causados pelos alimentos alergênicos. Os estudos sugerem que as enzimas, principalmente as proteases – que quebram as proteínas – melhoram a digestão das proteínas do leite, diminuem a permeabilidade da parede do intestino e ainda parecem regular o sistema imunológico. Assim, o risco de proteínas mal digeridas passarem pela barreira do intestino para a corrente sanguínea e de o sistema imune reagir de forma exacerbada contra elas diminui bastante, minimizando, dessa forma, os sintomas causados pela alergia. Atualmente, já existem no mercado suplementos com mix de enzimas digestivas (incluindo as proteases) que melhoram a digestão das proteínas e poderiam, assim, amenizar bastante os sintomas causados pela alergia às proteínas do leite de vaca. Independentemente do distúrbio – intolerância à lactose ou alergia às proteínas do leite – só um profissional capacitado poderá te orientar nas substituições alimentares e no uso das enzimas digestivas como alternativa de tratamento.

Referências

1. BHUI, K.; PRASAD, S.; GEORGE, J. et al. Bromelain inhibits COX-2 expression by blocking the activation of MAPK regulated NF-kappa B against skin tumor-initiation triggering mitochondrial death pathway. Cancer Lett; 282: 167-176, 2009.

2. BORIS, M., MANDEL, F.S. Foods and additives are common causes of the attention deficit hyperactive disorder in children. Ann Allergy; 72:462-468, 1994.

3. BROTOFF, J.; GAMLIN, L. Food allergies and food intolerance. Bloomsbury: Vermont, 2000. 414p.

4. IACONO,G.; CARROCCIO, A.; CAVATAIO, F. et al. Chronic constipation as a symptom of cow milk allergy. The Journal of Pediatrics; 126 (1): 34-39, 1995

5. MONRO, J.; CARINI, C.; BROSTOFF, J. Migraine is a food allergy disease. Lancet; 2:719-721, 1994.

6. NSOULI, T.M.; NSOULI, S.M.; LINDE, R.E. et al. Role of food allergy in serous otitis media. Ann Allergy; 73:215-21, 1994.

7. OGLE, K.A.; BULLOCK, J.D. Children with allergic rhinitis and/or bronchial asthma treated with elimination diet. Ann Allergy; 39:8-11, 1997.

8. ONKEN, J.E.; GREER, P.K.; CALINGAERT, B. et al. Bromelain treatment decreases secretion of pro-inflammatory cytokines and chemokines by colon biopsies in vitro. Clin Immunol; 126: 345-352, 2008.

9. RATNER, D.; ESHEL, E.; VIGDER, K. Juvenile rheumatoid arthritis and milk allergy. J R Soc Med, 78:410-413, 1985.

10. SECOR JR, E.R.; CARSON IV, W.F.; CLOUTIER, M.M. et al. Bromelain exerts anti-inflammatory effects in an ovalmunin-induced murine model of allergic airway disease. Cell Immunol; 237: 68-75, 2005.

11. SICHERER, S.H.; SAMPSON, H.A. Food allergy. J Allergy Clin Immunol; 125(2): S116-S125, 2010. 12. SOLÉ, D; SILVA, L.R.; FILHO, N.O. et al. Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar: 2007. Rev. Bras. Alerg. Imunopatol; 31(2):65-89; 2007.

Dra. Daniele Pagliarini Silva, Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Santa Catarina. Cursando Pós-Graduação latu sensu em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria Nutricional/Divisão Ensino e Pesquisa. Atendimento nutricional em consultório.
Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Colabore com o conteúdo do Semlactose. Envie sugestões de temas para serem abordados, dicas sobre novos produtos, eventos, entre outros. Acesse nossa página de contato e envie sua mensagem.

99 Comentários

  1. Bom dia Luciane, muito bom o artigo!.
    Eu tenho intolerancia a lactose e ja venho administrando ela tranquilamente.. Percebi que a enzima digestiva não é tãoo boa pra mim, assim prefiro evitar o maximo que posso e quando tenho festas (formaturas, casamentos, aniversarios..) tomo o remedinho.
    Na sexta e domingo agora que passaram acabei me rendendo a brigadeiros e bolo de chocolate e tomei o lactaid.. mas as consequencias no domingo foram as piores que eu poderia ter =/
    Gostaria de saber (se possivel) se isso ocorreu comigo pq meu organismo estava sem nada de lactose por um bom tempo e agora eu sobrecarrei-o.
    Me falaram que eu deveria estar sempre ingerindo um pouco de lactose para essas reacoes bruscas nao ocorrem comigo. Isso é verdade?
    Se conseguires me ajudar ficarei muito feliz.
    Obrigada.

  2. BOA TARDE,
    MEU NOME É RENATA E TENHO UM FILHO ALÉRGICO A LEITE DE VACA.POR FAVOR;VOCÊS SABEM O NOME DE ALGUM MÉDICO QUE FAZ O USO DESSAS ENZIMAS NO TRATAMENTO A APLV,POIS AQUI NA MINHA REGIÃO NÃO CONHEÇO NENHUM.
    MUITO OBRIGADA RENATA

  3. jose carlos sartori on

    Como seria bom se todas as industrias do pais colocassem em seus rótulos Contem Lactose ou produtos derivados de leite.

  4. Eu tenho 34anos . Quando criança tive problemas com lactose e o medico indicou leite de cabra e assim foi durante toda a minha infância .Com 12 anos de idade passei a tomar leite de vaca e comer derivados do leite só que agora a alergia voltou e decidi evitar leite e derivados e já esta com mais de um ano mas de vez em quando acabo esquecendo e passo muito mal quando como algum alimento que contém leite ou derivados . Renata oque posso fazer?

  5. Juliana Miranda on

    Muito boa esta reportagem! Tenho alergia ao leita da vaca e minha reação inflamatória ocorre em menos de 30 minutos, sendo preciso ir ao pronto socorro. Gostaria que vocês me indicassem algum profissional especialista neste tipo de alergia, para que eu possa me informar mais e saber qual melhor dieta, reposição de cálcio. Enfim informações mais completas, já que vários profissionais por onde passei não o fizeram de forma completa.

  6. Oi. A intolerância a lactose é considerada distúrbio metabólico? É que eu andei pesquisando um pouco e descobri que talvez seja, mas nada melhor do que perguntar para quem entende.

  7. Boa tarde Juliana, nunca encontrei as enzimas no Brasil. As que eu tenho, compro nos EUA! Quando estão acabando, é uma tristeza!
    Vc poderia me falar onde posso encontrar por aqui?
    Grata desde já!

  8. Juliana Ribeiro on

    Bom dia, meu filho João com 6 anos é super alérgico ao leite de vaca, com reações graves e já foi parar na UTI por conta de uma troca de mamadeira na escola. Gostaria de saber maiores informações a respeito sobre a enzima. Aproveitando gostaria de parabenizá-los sobre as reportagens que sempre são excelentes e nos deixam atualizadas. MUITO OBRIGADA. Um grande abraço. Juliana Ribeiro.

  9. tenho um filho de 2 anos e gostaria de receber mais informaçoes sobre as enzimas, pois alem da intolerancia a ele tem intolerancia a varios outro alimentos.

  10. Eu tenho intolerancia a lactose mas uso produtos de bufalla 100% e nnao sinto sintoma algum.
    O leite de bufalla não tem lactose? Minha intolerancia é só por leite de vaca?
    Grata,
    Simone.

  11. Boa noite!
    sinto sempre dor de cabeça instantaneamente após ingerir leite/derivados.
    Isso indica no caso alergia ao leite de vaca?

    Há alguma faixa de preço das capsulas?

    grata,

  12. Boa noite!
    Tem como eu saber diferenciar os sintomas de intolerância a lactose e alergia ao leite de vaca?
    E é verdade que o homem só produz lactase até os 7 anos?

  13. Vera Cristina on

    Tenho um bebê de 10 meses,q mamou no peito até 9 meses.Precisei tirar e tentei dar leite Nam e ele não aceitou(.E td mais com derivados ele passava mal,iogurte,sorvete,bolo etc..)Deu diarréia,vômito e umas placas vermelhas pelo corpo todo.Levei ao alergista,e ele disse não ser possivel realizar todos os testes por causa da idade,mas pelo caso,ele disse q meu filho tem intolerância a lactose.Sugeriu q dessemos leite de soja e cortássemos todas essas coisas q ele passava mal.E desde então ele não teve mais nenhum problema.Gostaria de saber se realmente é intolerância,se tem cura e o q posso fazer para amenizar isso…Agradeço mt e fico no aguado.

  14. oi!meu filho .é intolerante a lactose e proteína do leite.aff isso é difícil as empresas tem q levar isso a sério .é como se fosse um remédio os alimentos .precisa ser tão caro os produtos.é um absurdo de caro eles tem q ver q não é só um alimento e sim um remédio para o organismo d quem consome .

  15. Oi, acabo de descobrir esse site. E descobrir pq estava pesquisando sobre alimentos ou receitas que nao contenham lactose, pois acabo de descobrir que tenho intolerancia a esse açucar. os sintomas mas comuns em mim, era diarreia constante, mas sem dor. nao tinha dor, so um encomodo que passava depois de ir ao banheiro…como isso ja vinha me ocorrendo ha uns tres anos, mas nao sabia da existencia desse problema, e como tenho fobia de medico, hospital, agulha essas coisas, me acomodei. So que os sintomas se agravaram mais nos ultimos 6 meses, onde percebi que tudo que comia, no maximo 1 hora depois ja tinha que ir ao banheiro. Resolvi procurar um medico, pois alem da diarreia ser uma coisa que tava me incomodando, estava me sentindo muito indisposto, com sensações de fraqueza, o corpo quebrado sem coragem nem pra levantar da cama. O medico disse que estou altamente desnutrido por conta de que meu organismo ha tempos nao vem absorvendo os nutrientes necessários… segundo o mesmo, eu nao tenho ou esta praticamente ausente em meu intestino, aquela vilosidade responsavel pela a absorção dos nutrientes, por isso que estou desnutrido. o motivo seria por conta das toxinas liberadas por bacterias que se proliferam no intestino fazendo a digestão da lactose que ai se acumula. dessa forma essa toxina teria destruido essa vilosidade. so que minha aparencia nao e de que esta desnutrido, tenho 1,73 peso 82 kg, aparentemente uma pessoa saudavel aos olhos dos outros.

    Queria saber de vc, se isso pode ter me acontecido. perder essa vilosidade e por conta disso esta desnutrido? e se essa vilosidade se recompõe? estou perguntando isso, pq o medico fez esse diagnostico so com o meu relato e e um exame de intolerancia a lactose que fiz…

    bom ja escrevi muito, espero obter um comentario de vc´s, agradeço.

  16. Olá Juliana,
    Parabéns por seu trabalho, muito esclarecedor.
    Fiz recentemente o teste com o pessoal de Porto Alegre e tenho Intolerancia a Lactose por genética. Mas também a uns meses atras tomei muito antibiotico e corticoide por sucessivas sinusites que me causaram danos intestinais. E fiquei confusa sobre o que é genético, se é e ponto, ou o fato do problema que eu tive desencadear esta intolerancia. Tenho 41 anos e queria entender também se ao longo da vida ficamos mais sucetíveis a desencadear estas questões, vc pode me esclarecer melhor? Obrigada, grande abraço, Beatriz

  17. juliana , quem tel IL comprovada pode tomar remedios para abrir o apetite , tipo : buclina , cobavital , apevitim , complexo b
    obrigado desde ja

    esses medicamentos possui lactose ?

  18. Juliana é que depois que descobri que tenho IL perdi totalmente o apetite e emagreci muito ,se bem que acabou meus enjoos e e melhorou meu entestino pois passava 3 dias sem ir ao banheiro e agora vou todos os dias , mas tou muito magra e isso ta me deichando deprimida , ja foi na nutricionista fui até em duas e elas disseram que é normal e não me dão nada pra tomar , tenho 160 de altura e 44 kilos , ela me passou uma dieta mais não adiantou , to na academia mas tenho até vergonha os outros ficam me olhando estranho como se estivessem com pena , ja decidi não vou mais gastar dinheiro com médicos . , ja fui em 2 gastro e 2 nutri e um endocri , queria pelo menos um suplemento pra malhar

    obrigado !!

  19. Oi Juliana adoro ler seus comentários , tenho 19 anos e faz 15 dias que descobri que sou LI , meu gastro cortou tudo que tem leite , mas continuei com enjoos , meus sintomas sempre foram só nauseas e dificuldade de evacuar , passava até 4 dias sem ir , e depois que parei com o leite ja faz uma semana que to indo diariamente to feliz por isso , mas os enjoos contimuam , foi no gastro na quarta feira dia 22 e ele disse que pode se gastrite devido a lactose que eu engeri entes de saber que era intolerante , ele me deu omeprazol pra tomar 2 vezes ao dia , demanhã e noite e voltar em 10 dias ., só que uma amiga minha falou que omeprazol tem lactose , será que tem mesmo ? ja to tomando faz 3 dias só volto nele dia 3 de março , será que paro ? as nauseas continuam , sabe Juliana o engraçado e que minhas nauseas é só na parte da manhã a tarde to boa .

    me da uma força amiga , beijosss e muita SAÚDE pra vce

  20. Juliana nem acredito que vc me respondeu tão rápido , fiquei muito feliz , a respeito da gastrite fiz antas do exame da IL e deu uma leve gastrite , tbem fiz o exame do glutem e deu bom . mas a lactose deu ruim

    basal 89
    apos 30 – 79
    apos 60- 75

    vou parar o omeprazol , acho q não esta me adiantando msm

    o problema é os enjoos demanhã , se não fosse as nauseas estaria ótima .

    mas valeu por tudo , adorei , que DEUS abençoe

  21. Boa tarde
    Gostaria de saber sobre um produto que descobri através de comentários numa comunidade de Intolerantes que muitos estão consumindo,acabei comprando e estou tomando,o Digestive Advantage,mas tenho medo de estar tomando continuamente e depois ter algum problema,se vocês poderiam me dar informações sobre o produto,e se eu posso continuar ingerindo,obrigada…

  22. Olá, descobri a intolerancia a uns 3 meses, através de sites descobri a lactase, em frente ao meu trabalho tem uma farmácia de manipulação e me manipularam a medicação, sem saber certo como tomar, tomei durante uma semana direta mas sem consumir lactose…. eis que desde entao nao tive mais diarréia estou comendo produtos com lactose e até tomando leite, mas estou Bastante estufada e com gases e muita prisao de ventre. Será que estou curada? ou estou com a enzima ainda no corpo e aos poucos ela irá diminuindo? Agora não sei o que fazer….se é melhor a diarréia ou agora a prisao de ventre. Aguardo uma resposta

    Obrigado parabéns pelo site

  23. claudia m f silva on

    moro na regiao de maringa parana e nao sei onde encotrar as pastilhas de lactase ainda nao conheço mas pelo que andei lendo e mais pratica pois tenho um filho de 6 anos que faz uso da manipulada e tenho que ficar abrindo a capsula e ele reclama e um imcomodo para ele ela deve ser administrada meia hora antes de ingerir produtos de leite? mesmo fazendo uso ele ainda tem reações posso dar mais .uma dose maior?obrigada

  24. Ola Juliana e nome e Diego tenho refluxogastroesofagico e 70 a 75 de intolerância a lactose. Gostaria de saber se eu posso comer açaí se não é acido

  25. Então Dr. Juliana fiz o exame de sangue para saber se eu tinha ou não intolerância a lactose, e três vezes a enfermeira colheu o sangue a cada 30 minutos e terão estes resultados:

    Glicose Basal 73 mg/dL
    Glicose 30 Min _________ 77 mg/dL
    Glicose 60 Min _________ 72 mg/dL
    Glicose 90 Min _________ 74 mg/dL

    Então por isso que falei que tinha 70 a 75 de IL.

  26. Desiree Silveira on

    Oi! gostaria de saber a sua opinião sobre a lactase vendida em Rivera no Uruguai , o qual chama-se INTOLAC 4500 UNIDADES. Se já ouviu falar sobre ele? obrigada!

  27. Desiree Silveira on

    Obrigada pela resposta da pergunta anterior. Descobri minha IL a pouco tempo,através de exame. Hoje, comprei um leite da marca PIRACANJUBA -laticínios Bela VISTA -Goiás , zero lactose, que contém nos ingredientes a enzima lactase. A minha dúvida é sobre usar um leite que contém a enzima lactase,se prejudicaria o uso da própria enzima,diminuindo sua ação, no caso de ter que ingerir quantidades maiores para obter o mesmo efeito qdo é necessário o seu uso , em festas, qdo é impossível evitar o leite? Ou seria melhor o uso do leite de soja zero lactose , algumas pessoas dizem que o leite de soja é mais ácido? o que vc acha? Outra dúvida seria a respeito do leite contido na composição de massas , bolachas, pães,margarina se devem ser evitados também? E, se o pão francês tem leite na composição?

  28. Boa tarde Juliana,
    Descobri este site e gostei bastante da forma como responde aos comentários.. principalmente pq sou leiga no assunto…
    Bem.. Sofro de enxaqueca e tenho lido vários artigos sobre alimentos que prejudicam e que amenizam.. Entre os que podem desenvolver a dor de cabeça são aqueles que contêm tiramina em sua composição como foi citado acima.. Minha pergunta é: existe algum alimento que possui naturalmente alguma enzima inibidora da tiramina?? Li, por exemplo, que a vitamina C é inibidora dos nitritos e nitratos, é isso mesmo??
    Faço tratamento com homeopatia e acupuntura… Já procurei neurologistas e já fiz inúmeros exames pra conferir que não há nada de anormal… o diagnóstico de todos são: enxaqueca!
    Desde já, obrigada

    Fernanda

  29. Poxa, eu to procurando a um tempão e ainda não encontrei a minha resposta! COMO FAÇO O USO?

    Vou comer um bolo, eu tomo antes, depois, uns minutos antes. Quero saber isso…

  30. Olá, Luciane.
    Após o diagnóstico de IL, feito pelo médico, procurei informações no semlactose.com, por indicação do próprio médico. Quando soube da possibilidade de ingerir lactase, pedi a um amigo que trouxesse dos EUA o Lactaid Fast Act para experimentar. No primeiro uso, foi ótimo!! Comi uma lasanha e não senti nada!!Fiquei feliz!! Após esse fato, fui a um restaurante e comi torta de camarão que havia muito creme de leite, etc… Ao chegar em casa, passei muito mal!! Vomitei e tive diarreia sem parar. Achei que era o camarão! Neste fim de semana, fui comer um brigadeiro de panela e resolvi ingerir a lactase! Resultado: vomitei e tive diarreia novamente! Logo pensei, foi a lactase. Gostaria de saber se existe algum relato semelhante ao meu e se a lactase pode mesmo fazer o efeito contrário do esperado! Obrigada pela atenção, Erika.

  31. Gostaria de saber se há algum tipo de reação adversa caso a pessoa tome a enzima de maneira incorreta. Faz mal? quais os sintomas?

  32. Boa tarde Luciana.
    Antes de mais nada quero relatar que sou fã número um de seu site.Tenho intolerância à lactose há muito tempo mas não sabia o que era.Sempre passava mal quando ingeria grandes quantidades principalmente de queijos e doces com leite.Desde 2010 quando passei muito mal solicitei ao médico um exame de laboratório e obtive o resultado que comprovou a intolerância.
    Faço uso de uma enzima manipulada em laboratório de manipulação farmacêutico em minha cidade, mas tenho percebido que mesmo ingerindo seis cápsulas de 200 mg cada, após consumir dois ou três pedaços de pizzas com queijo, eu tenho os sintomas muito desagradáveis da IL.
    Você sabe me informar como eu posso ter a certeza de que essas cápsulas estão sendo manipuladas de forma adequada?Tem algum teste que demonstre isso?Já procurei médico e nutricionista que não souberam me informar, nem mesmo sei se a quantidade que tomo das cápsulas são insuficientes.Obrigada,

  33. Oi Juliana. Descobri a IL em janeiro, e sem ingerir lactose nao tive mais dores nem indigestao etc. Mas comecei a reparar que meu intestino simplesmente ‘surtou’.. Distenção, sensação de evacuamento incompleto, gases, principalmente a noite.

    A principio o medico me passou o FiberMais 2x ao dia e uma maior ingestão de fibras, como farinha de aveia, linhaça moída etc. Senti uma pequena melhora, mais na questão constipação. Mas ainda com os mesmos incômodos, pedi nova orientação e agora ele me passou Creon 25000.

    Gostaria de saber se vc tem conhecimento sobre esse medicamento. Estou tomando há uns três dias e ainda nao me sinto melhor.

    Ja marquei um exame com proctologista e vou em outro gastro. Estou com medo de ter a tal SII, apesar de nao sentir dor nem diarréias constantes. Realmente lidar com distúrbios gastrointestinais é escravizante.

  34. A verdade é que mesmo qdo um médico consegue chegar a conclusão de tratamento com enzimas, não se acha fácil pra comprar não. Dá pra dizer que só importando mesmo.

  35. Olá. Gostaria de saber se o leite de soja contém lactose. Pois no leite enlata SUPRA SOYA, vi no rótulo com lactose e sem lactose?

  36. Boa noite, ja fiz varios exames, inclusive de intolerancia a lactose, e nao deu em nada, unica coisa que tenho é uma esofagite leve, mas enfim, sofro colica, ma digestao, e vejo qnd consumo proteina piora muito, muito mesmo, o que devo tomar?

  37. Olá….
    vou começar tomar hoje esse remédio para tentar emagrecer, pois dois amigos que começaram tomando já perderam uns 10 quilos cada um, a reação adversaria que eles tiverão foi apenas diarreias.. depois de um mes (final de janeiro volto p falar).
    grata

  38. BOM DIA, JU. TENHO 58 E NOTEI FAZ TEMPO QUE, QUANDO COMO ALGUMA COISA QUE TEM LEITE , MENOS DE 5 MINUTOS PERCEBO(PELOS ARROTOS) QUE AZEDA ,É MUITO RUIM.O QUE PODE SER?

  39. Boa tarde, queria saber quantos ppms de lactose são necessários para que um produto possa ser considerado contaminado por lactose? E quais são os procedimentos de higienização dos utensílios de cozinha que eu deva seguir para evitar a contaminação cruzada de lactose sendo que utilizo dos mesmos utensílios (panelas, copos, geladeira…) para produzir alimentos com e sem lactose.

  40. Olá. Gostei muito da matéria. Gostaria de saber o contato da Dra. Daniele P. Tenho diagnóstico de intolerância à lactose, porém gostaria de investigar melhor o diagnóstico. Obrigada.

  41. Muito bom o artigo!
    Faz um ano e meio que descobri minha IL, o exame de alergia à proteína do leite não detectou nada. Mas incrivelmente depois que parei de consumir produtos lácteos e até os com traços de leite, minha renite da vida toda desapareceu!
    Sempre desconfiei que as duas coisas poderiam estar ligadas. Quem sabe um dia possa ser mesmo comprovado.
    Um abraço

  42. Wilton Melquizedeque Alves on

    Oi boa noite tenho IL e gastrite perdi 20 quilos seria a IL? E tem diferença entre o leite integral e o leite sem ter ido pra o laticínio direto da fabrica vaca por que com o leite integral da menos distúrbio só da vontade de ir ao banheiro já o direto da vontade de ir ao banheiro e muitas cólicas gases e quando eraais novo tomava muito leite em pó não sentia nada mais quando vinha pra minas e tomava o direto da vaca já atrapalhava tudo fiquei até 1 dia de cama de tanta cólica obrigado.

Deixe um comentário