Anúncio

Cinnamon Rolls

7

Uma massinha doce com recheio de canela servida quentinha com calda por cima. Conseguiu imaginar? Pois esses são os famosos Cinnamon Rolls, bastante encontrados na América do Norte e norte da Europa. Monalisa Cavallaro nos traz esta receita adaptada por ela para vocês testarem em casa.

Monalisa nos conta como a paixão pelos Cinnamon Rolls começou: ” Eu só fui conhecer esse bolinho quando eu estava morando em Montreal. Eu morava muito longe e tinha que pegar um trem para ir para casa. Só que o trem tinha um intervalo de horários muito grande no período da tarde. Às vezes eu perdia o trem depois de sair da escola e tinha que esperar uma hora ou mais até o próximo trem. Como não havia nada para fazer, eu ia para o shopping. Na porta de acesso da estação de trem para o shopping tinha um quiosque do Cinnabon Roll. Toda vez que eu passava por ele, sentia aquele cheiro de canela insuportavelmente delicioso.

Uma sexta feira resolvi prová-lo (como o Lactaid não é garantia para mim, escolhi uma sexta para ter o final de semana de “recuperação”). Pedi um pequeno com cobertura de caramelo e nozes pecans. Nem preciso falar que amei. A semana passou e mais uma sexta-feira chegou. E lá fui eu de novo comer o tal bolinho. Para resumir a história: durante algumas semanas eu tinha a “Sexta-feira Cinnabon”. Era sagrado. Agora que estou aqui no Brasil, estava doida para fazer a versão sem lactose. Nesta receita, o bolinho fica crocante por fora e macio por dentro. Meu Deus que delícia! Eu comi 3 de uma vez só.”

INGREDIENTES

Massa

  • 1 pacote de fermento para pão (10 gramas)
  • ½ xícara de leite de soja morno
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de chá de sal
  • ¾ xícara de banana amassada
  • ¼ xícara de creme vegetal ou óleo
  • 1 colher de sopa de açúcar refinado

Recheio

  • ½ xícara de açúcar mascavo
  • 2 colheres de chá de canela em pó
  • 3 colheres de sopa de creme vegetal

Cobertura de Baunilha

  • ¾ xícara de açúcar de confeiteiro
  • 1 a 2 colheres de água
  • ¼ colher de chá de essência de baunilha

Cobertura de Caramelo

  • 2 xícaras de açúcar refinado
  • 2 xícaras de água
  • 200 ml de creme de soja

PREPARO
1. Coloque o fermento e o leite de soja morno em uma vasilha grande e deixe repousar por 5 minutos.  Após este período, acrescente a banana amassada, o açúcar e o creme vegetal ou óleo. Em uma vasilha separada, misture a farinha de trigo, canela em pó e o sal. Agregue a mistura da farinha à mistura do fermento aos poucos, mexendo até formar uma massa homogênea.

2. Sove levemente a massa em uma superfície enfarinhada durante 10 minutos. Se a massa estiver grudando nas mãos, acrescente mais farinha – 1 colher de sopa por vez – até que a massa não grude. Coloque-a em um recipiente untado com óleo e deixe crescer por 45 minutos ou até dobrar de tamanho, em local abafado e quente.

3. Coloque a massa novamente na superfície enfarinhada e deixe descansar por 5 minutos. Enquanto isso, prepare o recheio: misture o açúcar mascavo, a canela em pó e o creme vegetal até formar uma pasta grossa.

4. Abra a massa e forme um retângulo de aproximadamente 30 cm de comprimento por 20 cm de largura. Espalhe o recheio por toda a massa e enrole como um rocambole rolando a partir do comprimento (o recheio vazará um pouco pelos lados). Corte em 10 ou 12 partes iguais. Para um melhor acabamento, corte as pontinhas para que todos os pãezinhos fiquem iguais.

5. Coloque-os em uma assadeira retangular pequena, deixando um pequeno espaço entre eles. Deixe crescer por mais 30 min. Asse-os em forno pré-aquecido (180 graus) por aprox. 20 a 25 min.

Para a cobertura de baunilha: misture o açúcar de confeiteiro, a água e a essência de baunilha até formar uma pasta cremosa. Se necessário, acrescente mais água. Despeje em cima dos pãezinhos.

Para a cobertura de caramelo: em uma panela, misture o açúcar e a água até que o açúcar dissolva. Leve ao fogo médio por aproximadamente 10 min sem mexer. A água vai secar e o açúcar mudará de cor. Quando estiver dourado, retire do fogo e espere parar de borbulhar. Coloque o creme de leite devagar e aos poucos, mexendo constantemente (cuidado! vai espirrar um pouco). Volte ao fogo baixo e deixe cozinhar por mais 3 minutos. Sirva quente.

 

Fonte: Adaptado do site Alisa Cooks, de Alisa Fleming
Colaboração: Monalisa Cavallaro
Imagem: Monalisa Cavallaro

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Quer participar do Espaço do Leitor? Aqui você compartilha suas experiências sobre como lidar com a intolerância à lactose ou alergia ao leite e mostra suas habilidades culinárias publicando suas receitas. Ficou animado? Para saber mais detalhes sobre como participar, envie um email para leitor@semlactose.com e enviaremos mais informações. Participe!

7 Comentários

  1. Olá,
    Meu filho não pode soja, proteina de leite e margarinas. Posso substituir no recheio o creme vegetal por oleo? Li na torta de bacalhau que pode substituir a soja por leite de coco. Nessa receita também vale isso ou vai mudar muito o sabor do cinamon?E qual seria a proporção na hora da troca?
    Obrigada

    • Celia,
      O que dá para testar (eu ainda não fiz desta forma, mas vc pode tentar fazer) é colocar a mesma quantidade de óleo vegetal (não use azeite de oliva pois o gosto é muito marcante) em uma xícara e levar ao refrigerador. Ele deve ficar com uma consistência similar a do creme vegetal. Aí vc pode misturar os ingredientes do recheio para formar uma pasta. Em relação a substituição do leite de coco, sim, vc pode substituí-lo. Veja nossa matéria sobre substituições para entender melhor sobre as proporções. http://semlactose.com/index.php/2011/10/20/su

  2. Adorei a receita!! Fácil de fazer e muito gostosa! Meu marido é louco pelos cinnamon e ele amou! Só quero comentar que, no meu caso, como minha intolência não é grave, subsitui o creme vegetal por mateiga, o que deu um sabor maravilhoso! No restante segui a receita direitinho. Além disso, para quem vai fazer a receita é bom saber que a cobertura de caramelo rende muito, no meu caso até joguei um bom tanto fora, então sugiro fazer metade da receita que vai ficar perfeito!!

  3. O doce é bastante simples, mas é maravilhoso e é bastante fácil fazer. O melhor de tudo é poder fazer essa versão sem lactose, que permite que todo mundo possa comer e não perceber a diferença para o doce com lactose, não é mesmo? E acredito que dá até para vender a ideia, porque os Cinnamon Rolls não são tão comuns aqui no Brasil.

  4. carmen schveitzer on

    Logo que vi o artigo fiquei interessada por dois motivos ; minha filha morou em Montreal e também por que adoro fazer pães e doces.
    Acabei de fazer o Cinnamon . A receita e muito fácil, o sabor é demais e ainda minha filha vai ter outra opção de alimentos sem lactose.
    Fico demais agradecida qdo as pessoas postam receitas ajudando os outros.
    Um bom fim de semana.

Deixe um comentário