Anúncio

Alergia ou Intolerância???

84

intolerância à lactoseEsses dois termos estão causando tanta confusão, que é inevitável abordar esta questão aqui no Semlactose. Há algumas semamas atrás, foi ao ar uma reportagem intitulada Alérgicos à lactose reclamam da falta de informações no programa Bom Dia Brasil, na Rede Globo. Ao longo da reportagem, é mencionada, algumas vezes, a alergia ao leite de vaca, e logo após volta-se a falar em alergia à lactose (que não existe). Não estou tentanto entrar nos preciosismos da língua portuguesa, mas falar de algo muito mais sério: intolerância à lactose é diferente de alergia às proteínas do leite, e a expressão alergia à lactose é, infelizmente, fruto da confusão entre ambas as patologias.

Essa pequena diferença nominal é, na verdade, enorme quando se entende que são patologias distintas, não fosse pelo fato de serem causadas pelo mesmo alimento (o leite de vaca). O leite possui, em sua composição, proteínas e lactose. As proteínas podem causar alergia, enquanto a lactose pode causar apenas intolerância.

Mas por que, afinal esta diferença é tão importante? Porque o tratamento para uma pessoa com alergia ao leite é muito diferente daquele para pessoas com intolerância à lactose. Muitos dos problemas mencionados por leitores estão, na verdade, associados à alergia às proteínas do leite. Se for severa, apenas uma pequena gota de leite pode desencadear um processo alérgico tão forte que causa sérios riscos ao paciente.

Acreditamos que informação de qualidade é o melhor ponto de partida para pessoas que buscam saber mais sobre o que as afeta. Portanto, procure a ajuda de um especialista. Informe-se, converse com o seu médico e nutricionista para entender o que realmente afeta a sua saúde.

Leia também:

Alergia ao Leite de Vaca x Intolerância à Lactose 

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

84 Comentários

  1. Boa noite, Luciane.

    Estou fazendo dieta alimentar, principalmente de leite e derivados, para amamentar meu filho de 2 meses. Gostaria de saber se o chocolate em pó dois frades da Nestlé possui leite ou derivados (caseína) em sua composição para saber se posso usá-lo em receitas. Você poderia me ajudar?

    • Luciane Baldo on

      Flávia, O chocolate em pó Dois Frades, da Nestlé não possui leite ou proteína do leite em sua composição. Mas fique sempre atenta e nesses casos o ideal é sempre consultar o SAC do fabricante. Os fabricantes podem mudar sua formulação sem aviso prévio, por isso eles devem ter as informações mais atualizadas. Um outro produto que gosto bastante para usar em receitas é o cacau em pó puro. O chocolate em pó Dois Frades possui adição de açúcar. abs

  2. Boa tarde, Luciane.

    Estou fazendo dieta com restrição de leite e derivados para amamentar meu filho de 2 meses por causa da caseína. Gostaria de saber se o chocolate em pó Nestlé Dois Frades possui leite ou traços de leite em sua composição. Você poderia me ajudar?

  3. Boa tarde,

    Tenho duas filhas gemeas, elas sempre tomaram aptamil 1 e 2, agora com 1 aninho foram pra creche e estão tomando nestogeno, mas tomam pouco leite na creche, acontece que desde que começaram a ir estão com diarreia, será que elas tem alergia do leite nestogeno?

    • Luciane Baldo on

      Raija, As causas podem ser diversas. Pode ser a mudança alimentar, mas também podem ser outros fatores. Procure o pediatra das suas meninas e explique o ocorrido para que ele possa examiná-las e fazer um diagnóstico adequado.

  4. Bom dia! Meu filho tem 1 e 3 meses, fez o exame de IgE total e deu 190 Ku/L e fez alguns específicos destes o mais elevado foi o de leite que deu 0,19 Ku/l, o alergista falou que ele e alérgico, mais não conseguimos descobri a que.
    E que não precisaria tirar o leite da dieta dele, coisa que eu já havia feito pro conta própria dando o aptanil pepti a ele. Ai no mesmo dia misturei os dois leites e dei a ele, ai ele teve uma noite péssima gemeu a noite toda. Suspendi o leite novamente agora não sei o que fazer.

    • Luciane Baldo on

      Erica, Sugiro que vc procure um outro especialista para ouvir uma segunda opinião. É importante definir se a suspensão do leite é realmente necessária, e se for, é importante definir uma dieta equilibrada para seu filho.

  5. Bom dia, meu filho tem 1 ano e 5 meses, e apresenta um quadro de diarreia a um mês e meio, já levei na emergência e fizeram exame de sangue, e disseram que era vírus, no entanto tomou apenas soro para não se desidratar, pois começou a provocar também, isso foi a 20 dias atrás, ele permanece com diarreia (vômito não) e levei a pediatra, ela não passou nenhum exame e disse para eu remédio para verme e vitamina para falta de apetite, quando cogitei a possibilidade de IL, ela falou então mude o leite, mudei à 3 dias, a diarreia já não esta tão líquida, mas ele não dorme direito, e tem extensão abdominal, e tosse a noite também, não dei remédio para verme, pois fiquei com pé atras, pois ele não fez nenhum tipo de exame. O que faço, dou o remédio assim mesmo, com quantos dias notarei a diferença se for realmente a IL. Por favor me ajude.

  6. Boa tarde!! Meu filho de 1 ano e 6 meses, tem intolerancia a lactose, ele pode comer produtos que contem tracos de leite? Agradeco pelas explicacoes e esclarecimentos, muito bom, e desculpe os erros ortograficos kkkk, meu computador esta desconfigurado …..Obrigado, bjs..

  7. meu filho tem 3 anos des de os 7 meses dou so leite de soja ,iorgute de soja tambem pois se eu der leite de vaca ele vomita e nao consegue respirar direito , se der um iorgute normal de leite ele fica com o rosto inchado e com umas bolinhas em volta da boca nao sei se ele tem intolerancia a lactose, ou alergia a proteina do leite

  8. Meu filho tem intolerância a lactose, e a pediatra dele receitou desalex, esse remédio tem lactose, gostaria de saber se faz mal.
    Obrigada.

    • Olá Eduarda,

      Convém vc entrar em contato com o pediatra o quanto antes, pra saber mais a respeito. Se ele pode usar a medicação, se há algum substituto, etc.

      Gde abraço,

      Juliana

  9. Minha filha tem um ano e tres meses ela ja fez exame de sangue o ige deu 61.8IU/mL e ige para leite de vaca deu 7.49 KU/L o medico receitou o isomil de soja mas minha filha nao aceitou ,depois a nutricionista passou o aptamil 2 ela tambem nao tomou e por ultimo o pediatra passou aptamil sem lactose e ela nao tomou,nao sei o que fazer.a nutricionista so me falou para nao dar ovo e nada que tenha leite e pra mim tambem.minha filha nao se alimenta muito bem e se eu ponho beterraba na sopa ela tem nauzeas a tarde inteira direto.por favor me ajude.eu ainda estou perdida nessa situacao e preocupada.

    • juliana_nutri on

      Olá Layla

      É importante vc relatar tudo isso à Nuricionista, para que ela possa te ajudar com a alimentação da sua filha e te dar mais opções.

      Gde abraço,

      Juliana

  10. Ola Juliana,
    tenho um filho de um ano e um mes que tem APLV. A minha duvida é: existe risco de contaminar a comida dele se eu fizer uso das mesmas panelas e talheres usados para fazer a nossa comida, uma vez que alguns pratos quepreparamos para nos levam leite ou derivados?
    Abraço,

    Patricia

    • Olá Patrícia,

      O risco existe sim. Se a alergia dele é muito grave, seria aconselhável vc usar utensílios separados, além de panos de prato e esponjas para lavar a louça separados também.

      Gde abraço,

      Juliana

  11. olá
    fiz o exame para intolerância a lactose e ele deu negativo, mas logo após sair do laboratório tive problemas intestinais. tenho problemas sempre que tomo leite normal, mas quando tomo o de baixa lactose não acontece nada! como isso é possível? tenho simplesmente uma alergia a leite normal? não deveria ter problemas tomando o leite especial também?
    grata!

    • Olá Renata,

      Qual exame vc fez? Foi o teste oral de intolerancia a lactose?Se foi, pode ter havido algum engano na interpretação do resultado.
      Converse com seu médico a respeito.

      Gde abraço,

      Juliana

  12. Boa tarde, como faço para saber se tenho alergia ou intolerancia? Já que as duas possuem quase os mesmos sintomas. Me falaram sobre a enzima de lactase e pedi na farmacia para manipular, iniciei tomando 1 de 200mg (e nada), passei a 2 (e nada), 3 (e nada), 4 (estou com leves diarreias, em comparação o que era antes). Será que se eu amentar mais a dose, pode ter algum efeito colateral?
    Obrigado pela atenção e aguardo uma resposta.

    • Olá Juliana,

      Procure um gastroenterologista para uma avaliação clínica e para que este profissional solicite os exames necessários ao diagnóstico de ambas as condições. Não se suto-suplemente, pois pode ser perigoso a sua saúde.

      Gde abraço,

      Juliana

  13. Gabriel Manica on

    Olha, minha irma tem dois anos e meio, ela tem intolerancia a lactose, minha mae comprou um leite ades sem lactose, mas a alergia esta voltando. Oque posso fazer?

    • juliana_nutri on

      Olá Gabriel,

      Sua irmã tem intolerância a lactose ou tem alergia ás proteínas do leite de vaca? Quais os sintomas q ela apresenta?
      Pessoas com alergia às proteínas do leite, podem fazer reação à proteína da soja também.

      É importante conversar com o médico que acompanha sua irmã, para uma avaliação mais detalhada, e para que ele possa indicar o que fazer.

      Gde abraço,

      Juliana

  14. Juliana Lopes Trapp on

    Olá Juliana,

    Tenho um sobrinho-neto de um mês e 15 dias, e a mãe dele não quizdar o peito, então começaram a dar o NAN, porém alguns dias depois ele começou a vomitar e a pediatra mandou dar leite de soja. Só que eles estão dando extrato de soja. Eu não moro na mesma cidade dele, e ontem falei com a vó dele, que não pode ser esse tipo de leite, pois é muito forte e não tem os nutrientes que o bebe precisa, mas a família por parte a mãe são bem leigos e teimosos. Perguntei se tinham feito algum teste para ver se era mesmo alergia ao leite da vaca ou intolerância a lactose e ela disse que vão fazer um exame de sangue essa semana. Só que como os médicos são pelo SUS geralmente eles nem se preocupam se é isso que a criança tem. Tanto que ela disse que foi o pediatra que indicou o leite que ele tá tomando. Sei que os formulados a basedesoja são muito caros, mas seele realmente tiver alergia, não tem como receber esse leite do governo? Por favor, preciso de algumas orientações para que eu possa ajudar de alguma maneira essa criança.

    Obrigada

    Juliana

    • juliana_nutri on

      Olá Juliana,

      Primeiramente é importante que o médico avalie se realmente o bebê fez alguma reação ao leite (à lactose ou à proteína do leite de vaca, q também está presente nas fórmulas infantis), ou se foi um mal estar passageiro, ou mesmo refluxo.
      o extrato de soja é contra-indicado para bebês porque não contém todos os nutrientes necessários, além da proteína da soja ser de dificil digestão.
      Assim, se for realmente o caso dele precisar de uma fórmula a base de soja ou de alguma fórmula hipoalergênica (como Nan HA, Alfaré, Pregestimil, etc), o próprio médico do SUS deverá fazer um laudo, justificando a necessidade da respectiva fórmula, assim como a quantidade necessária por dia e mês, para que vcs possam dar entrada no pedido junto à secretaria de saúde da sua cidade.
      Uma outra alternativa, caso o bebê não tem IL (mas seja alérgico às proteínas do leite de vaca), é verificar a possibilidade de vcs conseguirem doação de leite materno num bando de leite humano.
      Com relação ao médico ser do SUS, em geral, os médicos que atendem pelo SUS são os mesmos que atendempelos planos de saúde! A diferença é que infelizmente nos hospitais públicos nem sempre os profissionais dispõe de todos os recursos necessários para realizar seu trabalho da melhor forma. Muitas vezes é a demanda de pacientes q é muioto grande para o numero reduzido de profissionais.

      Gde abraço,

      Juliana

    • juliana_nutri on

      Olá Stefani,

      As isoflavonas da soja tem afinidade pelos receptores de estrogênio…tanto q são usadas por muitas mulheres na menopausa, para minimizar os sintomas e substituir a reposição hormonal. A questão é que não se sabe exatamente qual a quantidade de isoflavonas presentes nos produtos alimentícios.

      Gde abraço,

      Juliana

  15. Boa tarde,

    Minha filha de 1 ano e três meses, e ontem pelos exames foi diagnosticado alergia a lactose, gostaria de tirar saber se os sintomas são tosse, coriza, olhos inchados…ela acordou om os olhos grudados com líquido amarelo, ela começou a tomar o ninho faz dois meses.

    • juliana_nutri on

      Olá Stefani,

      É importantíssimo não confundir intolerância a lactose com alergia ás proteínas do leite, já que não existe alergia a lactose!
      Pelos sintomas da sua filha é muito mais provável que seja alergia às proteinas do leite, já q na IL os sintomas afetam somente o aparelho digestivo.

      Gde abraço,

      Juliana

      • Boa tarde!

        Juliana, quando se trata da alergia as proteínas do leite, ela não pode comer nada que seja derivado do leite???

        • juliana_nutri on

          Olá Stefani.

          Na ALV (alergia às proteínas do leite), absolutamente NADA de leite, qq tipo de derivado, alimentos que os contenham ou mesmo contaminados podem ser ingeridos!!! A ALV é sempre muito mais grave que a IL, mas infezlimente não recebe a mesma atenção que a IL, pois as pessoas se preocupam muito mais com a presença de lactose (que em pequenas quantidades não faz mal a quem tem IL) do que com alimentos contendo as proteínas (mesmo q em minusculas frações). a ALV, dependendo do grau em q se manifesta, pode causar edema de glote e morte por asfixia, se a pessoa não for medicada a tempo, por isso é tão perigosa e os cuidados sempre devem ser muito maiores que na IL.

          Gde abraço,

          Juliana

        • Juliana, muitíssimo obrigada pela atenção! Esse site está de parabéns!

          Vou levá-la ao nutricionista só dia 03/07, estou confusa a respeito dos leite em pó está marcado leite de soja em cima e depois em baixo destaca sem lactose???? Estou comprando os iogurtes de soja, tá difícil estou maluquinha… Abraço!

        • juliana_nutri on

          Olá Stefani,

          A soja é naturalmente isenta de lactose, porém alguns fabricantes podem adicionar leite nos produtos a base de soja, para melhorar o sabor. Por isso é tão importante ler os rótulos. Aproveite a ida ao nutricionista para esclarecer todas as dúvidas…se for o caso, vá anotando tudo, para não esquecer nada.

          Gde abraço,

          Juliana

        • Juliana, mais uma vez muitíssimo obrigada pela atenção! Graças a Deus ela tem tomado o leite de soja, após 3 dias do uso do leite em pó de soja o olhinho dela melhorou, não está mais inchado e nem lacrimejando, vou ficar atenta aos rótulos. Abraço.

    • juliana_nutri on

      Olá Thai,

      É importante ter certeza do diagnóstico, se ele tem IL ou se ele é alérgico às proteínas do leite, e ainda, se tem alguma outra alergia alimentar que possa estar dificultando a melhora dos sintomas!

      Converse com o médico dele a respeito, e para que o médico solicite exames mais específicos, para ajudar a fechar o diagnostico.

      Gde abraço,

      Juliana

  16. meu sobrinho tomou leite de caixinha e inchou ficou sem ar e roxeou todo a medica acha que e alergia a lactose sera? como ter certeza

    • juliana_nutri on

      Olá Jara,

      a lactose é um açúcar e não reage com o sistema imune…por isso não causa alergia! Os sintomas que vc relata, de inchaço, falta de ar e cianose (coloração arroxeada na pele, pela falta de oxigenação) são muito graves e podem ser causados pela alergia às proteínas do leite de vaca! É importantíssimo não confundir alergia às proteínas do leite com intolerância a lactose, pois a alergia sempre é muito mais grave e pode levar à morte, caso o socorro demore para chegar!
      É necessário que seu sobrinho faça os exames para diagnóstico de alergia ao leite de vaca, que podem ser feitos na pele ou através do sangue, e faça a dieta de exclusão (retirada total de leite, derivados e alimentos que os possam conter), para confirmação do diagnóstico.

      Gde abraço,

      Juliana

  17. Obrigado Juh,por te me esclarecidos algumas dúvidas importantes.Eu moro em Nova Iguaçu-RJ,Quais sãos os procedimentos que devo tomar para conseguir uma consulta na Santa Casa Do Rio De Janeiro?

    Agradeço desde já a sua atenção.

  18. Olá,eu tenho uma filha de 4 anos e 10 meses,desde que ela tinha uns 25 dias ela chorava muito,e os meses passaram e ela chorava,e muito mais,eu com desseseis anos chorava tbm e corria pra emergencia,chegando lá o médico falava que era colica passa dimeticona o que muito não resolvia,a pediatra do postinho que cuidava dela falou que ela tinha refluxo,devido os constante golfadas que era em pequenas quantidades porem constante,depois de seis meses ela começo a ganha pouco peso,não aceitava bem os alimentos e passou mais de três meses com o mesmo peso,só que depois de um ano não conseguie vaga para pediatra que acompanhava ela,aí relaxei só procurando pediatra em casos que fosse nessesário,com dois anos e quatro meses eu dei um salgado com refrigerante,ela passou mal,e foi internada com muito vomitos e diarréia,desidratação que o medico falou que foi infecção intestinal,só que desde de um ano ela comia muito danones,biscoitos recheados, doces e refrigerantes etc… quase tudo que eu comia até porque ela mamava peito direto,depois desse episódio ela quase sempre,pelo menos umas três vezes por ano era internada com desindratação,vomitos as vezes diarréias,nos hemogramas sempre normal,e as vezes se internava numa dessas por bronquite asmática,e desde dos três anos ela vem reclamando constante de dor na barriga,na região do umbigo e estomago,e depois de horas ou até uns dias depois dessas reclamação os vomitos aparecem sem para e lá vai se interna de novo,eu louca com essa situação sem saber se qual é realmente o problema dela,fora que eu não consigo estuda, nem trabalhar e nem ela consegue vive uma vida normal por quase sempre estar assim.só que esse ano foi anormal ela já ficou internada por mais de seis vezes,com esses sintomas o medico numa dessas disse ser giardia se tratou com menos de um mes,internou de novo.

    Os sintomas dela é tosse constante,pigarro,dor na barriga,sempre vomitos,as vezes diarreias,suor noturno,cansaço,boca palida,não tem anemia.ganha pouco peso.tres meses atras conversei com uma conhecida e conseguie no postinho uma consulta com outra pediatra porem boa,fui pra falar da queixa das professoras dela ser hiperativa,e me queixei dela viver assim,ela mandou fazer exame de sangue,urinar,fezes e uma ultrassom abdominal total,na ansiedade como pelo sus demora muito para ficar pronto eu fiz numa clinica particular.e resolvie levar numa pediatra particular que minha tia levou o filho dela e descobriu que ele tinha refluxo e alergia a proteina do leite,fui levei o exames ela avaliou e disse que na ultrassom ,não tinha nada e que além do refluxo,que ela tem IL,e mandou corta o leite e seus derivados,eu não cortei totalmente de primeira .ela passou mal de madrugada de novo vomitando depois de uma semana de ter ido nessa pediatra com os sintomas depois de ter comido muito tomate,cebola e alho a salada preferida dela.O medico que atendeu ela na emergencia avaliou o caso e disse que ela tem alergia alimentar,mais que não poderia dizer exatamente se era IL por ela não ter passado por um exame especifico,falou que ia ver ser conseguia uma vaga para ela com um alergista na santa casa porque ela precisava,depois dela internada não tive contato com esse médico,porque eram outros que viam avaliar ela e o medico que deu a alta eu tive que falar a situação ele me deu encaminhamento para o alergista e mandou eu procura em qual hospitais tem essa especialidades.

    Fez um mês que ela ficou internada,mais continua tossindo,já fui uma duas vezes na emergencia porque ela gripou,ficou com febre tres dias,sentiu essa dor na barriga,ficou cansada e com chiado muito forte a medica da emergencia deu encaminhamento pro alergista e pneumologista.terça feira levei na pediatra que pediu a ultra ela viu os exames e disse que estava normal a ultra,falei qual tem sido o meu dilema,ela falou que é para suspender o leite e seus derivados e mais o corante e falou e me deu outro encaminhamento para o alergista…EU ESTOU CANSADA,PREOCUPADA,E PEÇO A SUA AJUDA PARA SABER O QUE DÁ PARA MINHA PEQUENINA COMER JÁ QUE ELA NÃO PODE NADA DO QUE ELA SEMPRE COMEU,O QUE ESTAR SENDO DIFICIL .PORFAVOR ME AJUDE

    • Olá Adriane,

      Realmente o acompanhamento com um alergista e com um nutricionista é FUNDAMENTAL! E somente em serviços especializados (e não na emergência) é que vc conseguirá o atendimento.
      Pelo seu relato, é muito mais provável que seja alergia ás proteínas do leite do que intolerancia a lactose. A lactose é o açúcar do leite e quando o organismo não consegue digeri-la corretamente, os sintomas que surgem, são todos digestivos (cólicas, dor abdominal, diarréia, etc). Ja na alergia ao leite de vaca, os sintomas podem ser semelhantes aos da IL, mas tb podem ser respiratórios, como os da sua filha. Se o leite é o principal suspeito, é importante excluí-lo da alimentação dela, e oferecer uma alimentação saudável, com frutas, legumes, verduras, arroz, feijão, carnes sem gordura, etc, e evitar alimentos industrializados e salgados, pq além de poderem estar contaminados, não vão contribuir para nutri-la adequadamente. Cuidado também com alimentos sobre os quais vc não conhece a procedencia, pois podem ter sido preperados sem as condições de higiene adequadas e causarão infecções intestinais na sua filha, agravando ainda mais a situação.

      Vc mora em que cidade? Na Santa Casa do Rio de Janeiro, há um serviço especializado em alergia alimentar e (se vc morar no RJ) seria interessante levar sua filha lá para uma avaliação e acompanhamento. A nutricionista da equipe é a Teresa Pavan e os contatos são: (021)8117-0163 – e-mail: nutricionistateresapavan@yahoo.com.br

      Gde abraço,

      Juliana

  19. ola minha bebe desde do nascimento teve refluxo e nariz congestionado eju sempre amammentei normal qnd começei a introduzir La nela começou diarreia fui trocandod e leite ate chegar no ninho… aonde ela fazia em media 2 a 3 cocos por dia mole, mas fiz o exame de alergia de sangue e deu negativo… qnd ela completou 1 ano a medica mandou introuduzir leite de saquinho… bastou um saquinho começou febre vomito em jatos nariz congestionado e muita diarreia.. depois de 15 dias passando mal troquei de pediatra ela falou de intolerancia a lactose e me emandou dar leite de soja, mas eu percebi q qnd diminuia a soja a diiarreia diminuia, entao cortei o leite de soja a diarreia passou, ontem comprei aptamil pepti que é para alergiaa proteina do leite e da soja… mas depois pensei q ele tem lactose e ai como saber o que ela tem????

    • juliana_nutri on

      Olá Keia,

      O que é mais provável é que sua filha tenha se sensibilizado ás proteínas do leite durante o perído de amamentação, se vc consumiu leite e derivados neste período, já que muitas substãncias podem passar pelo leite materno. A IL, se manifesta com diarréia em bebês e não com sintomas respiratórios! Infelizmente em crianças pequenas, nem sempre os testes de alergia apresentam resultados confiáveis e acabam precisando ser repetidos em outra ocasião para confirmar ou descartar o diagnóstico. Ela também pode ter desenvolvido alergia a soja, já que a soja é tão alergênica quanto o leite de vaca! Experimente esta fórmula hipoalergênica e observe os sintomas…qq problema, comunique ao médico, e veja com ele quando será possível repetir os testes alérgicos, ok?

      Gde abraço,

      Juliana

  20. marypaes@gmail.com on

    Olá! Estou com uma dúvida. A minha filha de 1 ano e 4 meses há uns 2 meses está com as fezes pastosas, mas ela está evacuando quase todos os dias, somente uma vez (tem dias que ela não evacua). Suspendemos o noripurum, de início e a pediatra passou Annita, para tratar vermes e nos 3 dias do remédio, as fezes voltaram ao normal e continuaram assim por 1 semana, voltando a ficar pastosa. Ela fez exame de fezes posterior ao remédio e não apresentou nenhuma anormalidade. As fezes continuam pastosas e agora ela suspendeu o leite ninho e passou uma série de exames de fezes para saber se ela tem alergia à lactose. Ela passou o Aptamil Soy e minha filha odiou!!!! Faz ânsia de vômito com esse leite! Ela tb cortou o danoninho e biscoito maizena e falou que existe danoninho de soja e que o biscoito maizena do pacote amarelo era sem leite, mas não achei esse danoninho e esse maizena amarelo é vitaminado! O QUE EU FAÇO??? A minha filha ama biscoito de maizena!!!! Tem algum parecido que eu possa dar pra ela?
    Esse quadro de fezes pastosas pode ser sintoma de alergia ou intolerância? Estou perdidinha!!!!!
    Desde já agradeço sua ajuda!

  21. Adorei a sua idéia de se escrever nos rótulos : Contém Lactose, ou Não contém lactose.
    Isto ajudaria muito.
    Como será que podemos sugerir isto a órgãos responsáveis?
    Se quiseres te mexer para isso, conte comigo.

    • Obrigada Milene,
      Nós estamos acompanhando alguns projetos de lei que tem esse objetivo. Vamos ver se conseguimos fazer uma ação em conjunto para que os projetos sejam aprovados. abs

  22. Pessoal, tenho um filho com IL constatada aos 4 meses por exame de fezes com sangue oculto detectado. Apenas com esse diagnóstico banimos o leite e derivados de sua dieta. Aos 10 meses fizemos o teste do leite e na primeira ingestão de 30ml do leite Ninho, misturado ao leite dele, o Pregomim, apareceu uma mancha a vermelhada do tamanho de um pêssego no seu pescoço em baixo do queixo. Suspendemos imediatamente o teste e medicamos com desalex e predsim e no mesmo dia a mancha sumiu. Rebatemos no dia seguinte à medicação todos os exames de sangue que fizemos anteriormente aos 4 meses e todos os valores dos exames Ige deram abaixo de 0,35, portanto indicando que sua alergia é de nível indetectável. Minha dúvida é: se ele tem IL deveriamos insistir em adicionar leite de vaca em sua dieta aos poucos ou manter a suspensão total tratando o caso dele como uma alergia, mesmo tendo esses parâmetros do exame de sangue que não indicam alergia alguma???? Aguardo o contato, muito obrigado.

  23. Ola, achei o site pesquisando sobre alergia ao leite de vaca. Meu bebe tem 5 meses e teve uma alergia ao leite, no grau 2 moderado. Será que pode passar esta alergia com o passar do tempo? O pediatra mandou eu tambem entrar na dieta zero de leite e derivados, mas ta tão dificil!!!!
    Grande abraço
    Celina.

  24. gostei muito do site!
    agora sei que o que eu tenho deve ser ALV e não IL já que o que ocorre quando uso leite comum é uma forte crise de rinite, antes eu pensava que as crises de rinite se deviam ao fato de toda a minha familia ter tb, mas eles não tem nenhuma reação estranha ao leite e as crises muito esporadicas ao passo de que eu tenho crises todo mês.
    minha mãe resolveu comprar pra mim Zymil da parmalat, eu queria saber se ele ajuda no caso da ALV, se não, o que eu devo fazer?

    • Olá Bella,

      Apesar da ALV provocar alguns sintomas respiratórios em algumas pessoas, não dá pra afirmar que no seu caso a rinite está relacionada a ele! Para isso é necessário que vc procure um alergologista para fazer os testes para diagnóstico de alergia, pois caso a rinite tenha outras causas, o problema continuará mesmo vc evitando o leite.

      De quqalquer forma, se a ALV for confirmada, vc precisará evitar leite (e isso inclui o Zymil e similares, já que estes leites tem apenas o teor de lactose reduzido, mas as proteínas do leite, as responsáveis pela ALV estão presentes neste produto, em grande quantidade), todos os seus derivados (incluindo manteiga e creme de leite) e qq alimento que leve leite em sua composição, como bolos, por exemplo.

      Gde abraço,

      Juliana

  25. Ola, minha filha tem 1 ano e 3 meses, mamou no peito apenas 20 dias e passou a mamar nestogeno mamou ate os 9 meses quando troquei de leite (com indicação do pediatra) nessa mesma época começou a passar mal, teve febre, teve vômitos um quadro de 3 semanas assim fizemos vários exames para encontrar infecção e não apareceu nada, como sou intolerante a lactose falei com o pediatra que acredita que seja intolerância tocamos para leite de soja. Fui em uma gastropediatra que disse que não existe casos de bebes com intolerância a lactose e sim com alergia ao leite. Nesse mês quando ela completou 1 ano e 2 meses comecei a dar leite em pó eu uma das mamadas e introduzir alimentos com leite. Esta semana tomou sorvete e apresentou diarréia, mas como das outras vezes coincidiu com a chegada de um dente … Enfim minhas perguntas são: Existe intolerância a lactose em bebes? Qual exame se faz para detectar ? Existe alimentos com leite que são mais “fortes” e dão reação maior? Eu, por exemplo, com doces que contenham leite fico pior.

    • Olá Zilma,

      Enquanto sua filha era amamentada por vc ela apresentou alguma reação?
      A reação foi exatamente na mesma ocasião em que vc iniciou o Nestogeno?

      Se ela não teve nenhum problema com o seu leite, ela não nasceu com IL (existem sim, bebês que nascem com IL)! Mas isso não significa que a IL não possa surgir em outro momento.

      As reações da sua filha podem estar relacionadas a um quadro de alergia às proteínas do leite de vaca (causadas pela introdução do Nestogeno), mas também podem ter sido causadas por alguma gastroenterite, como a causada pelo Rotavírus, que demora a melhorar. E infecções como estas podem provocar intolerância a lactose, que pode ser apenas temporária ou pode durar a vida toda…cada caso é um caso e cada um precisa ser avaliado pelo médico.

      O que existe são alimentos com maior e outros com menor quantidade de lactose e dependendo do grau de IL, as reações do organismo podem ser "mais fortes" ou não.

      Algumas pessoas, além de terem IL, acabam desenvolvento uma certa intolerancia ao aççúcar, já que as enzimas que digerem o açúcar ficam muito próximas à lactase, na mucosa intestinal e quando esta mucosa está fragilizada, a produção das duas enzimas fica prejucada, e talvez por esse motivo, você fique pior ao ingerir doces contendo lactose.

      O exame para diagnóstico da IL é um teste no qual é necessário ingerir uma solução contendo lactose e posteriormente o sangue é coletado para ser analisado e para o diagnóstico de ALV (alergia as proteínas do leite), pode-se dosar a IgE no sangue, para estas proteínas ou pode ser feito o exame na pele (Rast).

      Sugiro que vc leve sua filha em outro especialista para ouvir a opinião dele.

      Gde abraço,

      Juliana

  26. Obrigada pela resposta Juliana!
    Hoje sairam os outros resultados dos exames de fezes e deu positivo para pesquisa de Leucócitos e a reação ph das fezes deu 8,0. Alguma alteração muito significativa na sua opinião? A diarréia dele permanece (entre 6 e 10 vezes ao dia) mesmo estando a 3 dias sem lactose na dieta. Além disso a quantidade de fezes é muito grande, ele acorda de madrugada literalmente "coberto" de diarréia. Muito obrigada pela sua atenção!!

    • Olá Ananda,

      O médico realmente é a melhor pessoa para interpretar os resultados de exames, fechar os diagnósticos e orientar o tratamento, mas o que podemos te adiantar, é que a presença de leucócitos nas fezes, é um indício de infecção.

      Este pH (8,0) é alto se comparado ao pH das fezes de quem tem IL (que tende a ser mais baixo – mais ácido). Acredito que se houver IL, seria uma consequencia da infecção e não a responsável pela diarréia, e nesses casos a IL tente a melhorar assim que o problema inicial for resolvido.
      Mas como não podemos dar nenhum diagnóstico, realmente é importante que o médico esclareça o caso, e o quanto antes, já que diarréias assim provocam desidratação! E o q podemos te adiantar é sobre não descuidar, em momento algum da hidratação do seu filho (água, água de coco, soro caseiro, sucos de frutas de preferencia não adoçados).

      Gde abraço,

      Juliana

  27. Olá Ananda,

    A diarréia em crianças pode ter inúmeras causas, e uma das mais comuns é a infecção por rotavírus, que causa uma diarréia prolongada, que por sua vez, pode levar a um quadro de intolerância a lactose temporário (enquanto durar a diarréia e enquanto o intestino não estiver bem recuperado). Infecções gastrointestinais causadas por bactérias (as gastroenterites e enterocolites) também podem levar a um quadro semelhante. De qq forma, nestes casos a IL tente a melhorar. Então, durante e logo após qq quadro de diarréia, a retirada da lactose ajuda a melhorar, mas isso não significa que a o problema inicial seja de fato IL.

    De qq forma, é importante que o médico esclareça logo as causas dessa diarréia para que inicie o tratamento, seja ele através de medicamentos, seja através da alimentação, ok?

    Gde abraço,

    Juliana

  28. Olá! Meu filho tem 2 anos e 3 meses, está com diarréia crônica há 1 mês e meio. Fez exames de fezes e deu negativo para parasitas, giardia e ameba. Mas o exame de sangue não foi possível fazer até agora pq ele se mexe muito e ninguém consegue pegar a veia dele pra fazer a coleta. Logo nas primeiras semanas de diarréia, suspendi o leite Ninho que ele era acostumado a tomar e passei a dar Ades Original, tirei os derivados de leite da dieta (como queijo e igurte), porém não suspendi as bolachas com traços de leite e de leite integral. Enfim, durante esses quase 2 meses de diarréia, ele fazia algumas "pausas" de de 3 a 5 dias no máximo com as fezes bem endurecidas e depois os sintomas retornavam (primeiro episódios de vômitos e depois a diarréia contínua). Não sei mais o que fazer… no momento ele continua com Ades Original e há dois dias substitui as bolachas com leite por bolachas sem lactose. Gostaria muito de saber a sua opinião sobre esse caso! Aguardo anciosamente, obrigada!!!

  29. DESCOBRI AGORA QUE A MINHA FILHA TEM ALGUMAS ALERGIAS,A GASTRO TIROU TODOS OS ALIMENTOS COM LEITE DE VACA,AINDA ESTOU MEIO PERDIDA PORQUE MUDOU TODA A ALIMENTAÇÃO DELA.MINHA FILHA TEM 1 ANO E 2 MESES E DESDE BEBEZINHA TINHA ESSAS ALERGIAS QUE NÃO SABEMOS O CERTO O QUE É,ESTAMOS FAZENDO ALGUNS EXAMES P/ DESCOBRIR REALMENTE DO QUE ELA TEM ALERGIA,ELA AINDA MAMA E EU ESTOU LUTANDO NÃO SEI SE TIRO ELA DO PEITO OU ENTRO NA DIETA.OBG.

    • Olá Nalva,

      Nessa idade (e até os 2 anos de idade) o leite materno apenas complementa a alimentação da criança, que no geral, já deve estar mais parecida com a alimentação da família toda. Mas como as alergias estão sendo pesquisadas, enquanto ela ainda estiver recebendo seu leite, é aconselhável que vc também retire leite e derivados da sua alimentação, devido aos riscos de uma reação alérgica. Seria aconselhável vc procurar ajuda de um nutricionista, de forma a adequar a sua alimentação e a dela, face as restrições necessárias nesse momento, para prevenir possíveis deficiências nutricionais.

      Gde abraço,

      Juliana

  30. Olá Juliana,

    O melhor profissional médico para cuidar de alergia ao leite não deveria ser o alergologista? Vejo que sempre encaminha para o gastropediatra. O meu filho teve alergia ao leite de vaca e graças ao alergista que fez os testes e acompanhamento nutricional tudo ficou curado em 6 meses.

    Abraço,

    • Olá Roberto,

      Tanto o pediatra, quanto o gastropediatra ou o alergologista podem tratar da ALV, desde que tenham experiência no assunto. Em alguns casos, eu oriento a procurar um gastropediatra, em função do que é relatado, já que pode tratar-se de intolerância a lactose ou mesmo de outro tipo de intolerância alimentar (e não alergia) ou mesmo algum outro problema do trato digestivo. E nesses casos, são necessários outros exames (mais específicos do aparelho digestório), que não os testes alérgicos. Mas de qq forma, o importante é poder contar com um profissional competente e no qual se tenha confiança.

      Já com referencia ao acompanhamento nutricional, este deve ser feito por um Nutricionista, já que o médico (seja ele pediatra, gastro ou alergologista) em geral dá apenas as orientações básicas, que não substituem o trabalho do nutricionista, devendo inclusive, encaminhar o paciente a um nutricionista (seja do setor público ou não).

      Aliás, é importante alertar, que a prescrição nutricional, conforme a RESOLUÇÃO CFN N° 304/2003 (disponível em: http://www.cfn.org.br/novosite/pdf/res/2000_2004/… é uma prática privativa dos Nutricionistas, não devendo ser realizada por outros profissionais de saúde.

      Gde abraço,

      Juliana

      Juliana

  31. juliana_nutri on

    Olá Sarah!

    O Ninho realmente não é indicado para crianças menores de 1 ano. Mas somente o médico que o acompanha é quem poderá orientar esta mudança. Nós do semlactose, por motivos éticos e legais não podemos orientar este tipo de mudança.

    Gde abraço,

    Juliana

  32. Minha bebê tem nove meses , toma o Aptamil 2, mas por motivos financeiros queria mudar pro Ninho. Só estou preocupada pois fizemos testes de alergia nela quando tinha 6 meses e deu intolerância a lactose (moderada) a alergista falou que era insignificante. Estou sem saber o que fazer. O pediatra disse que o Ninho só com 1 ano, mas realmente não estamos em condições de manter o Aptamil… por favor preciso de uma instrução…

    • Olá Sarah…tem o sustagem né…acho q é mais completo q o ninho e pelo menos aqui no sul sai quase o mesmo preço…

      Abço e boa sorte,

      Sil

      • Olá Sil,

        Sustagen é um complemento alimentar, à BASE DE LEITE (contém tanto as proteínas do leite, quanto a lactose), mas NÃO deve ser utilizado em substituição ao leite, principalmente em crianças menores de um ano, já que ele contém corantes que podem causar alergia!

        Além disso, o uso de complementos alimentares (que contém muito mais calorias que o leite em si) sem a devida orientação de um profissional de saúde, pode provocar OBESIDADE, o que é muito prejudicial à saúde das crianças.

        Gde abraço,

        Juliana

    • Ola!

      Minha filha tem 2 anos e eu descobri a intolerancia assim que ela parou de mamar no peito logo depois que completou um ano. O primeiro leite que ela tomou foi NAN de soja, mas era muito caro, uma lata custava 35,00 e nao durava uma semana. Entao fui aos mercados pesquisar e achei o SOYMILK, liguei logo para o medico e ele disse que podia ser este custa15,30 e ela se adaptou bem. so nao sei te diser se pode ser ingerido por crianca menor de 1 ano. quem sabe pergunta para o teu pediatra

    • olha minha filha também tomou aptamil, eu também ñ tenho condições e por isso dei entrada na secretaria de saude da minha cidade, e agora eu recebo todo mês o leite NAN SOY.
      tente fazer isso, eles vão te exigir os documentos dela e o relatório médico.

  33. Olá Juliana,
    Já tentei dar-lhe todos os leites da marca Nestlé e outros como Encefalac ect…
    A pediatra só disse-nos uma vez para tentar um leite anti-refluxo e foi o que fixemos mas sempre sem resultados. Estou desesperada por que ele vomita tanto o leite como a papa que tento lhe dar.
    Vou tentar seguir o seu conselho, consultar o gastropediatra.
    Muito obrigada pela sua resposta!
    Grande Abraço,
    Ana

  34. Olá Ana,

    Talvez seu filho tenha refluxo, e por isso, o leite que ele mama, volta. O refluxo pode ter inúmeras causas, que devem ser pesquisadas.
    Seria aconselhável ouvir a opinião de outro pediatra e se for o caso, de um gastropediatra, para esclarecer melhor o caso.

    Gde abraço,

    Juliana

  35. Olá a todos,
    O meu filho tem 4 meses, desde o 1º mês de vida que ele está a tomar leite em pó jà que não tinha leite materno que chegasse para ele. Após cada refeição, ele costuma vomitar a maior parte do leite que acabou de comer. Já falei desse problema com a pediatra, mas ela não se preocupa muito por que segundo ela, ele não está a perder peso, e por isso não há motivos de preocupação ! Mas ele deita mesmo muito leito. Estou a uma semana a tentar dar-lhe leite sem lactose. Os primeiros dias ele deixou de vomitar, mas ele está a ficar outra vez igual. Já não sei o que posso fazer. Experimentei várias marcas de leite, mas mesmo assim, não consigo arranjar uma solução. Por favor, se alguém poder me ajudar, agradecia !

  36. Meu filho tem 4 anos e desde aos 7 meses a médica disse que era alérgico ao leite.
    Aos tres anos, já com outro medico, ele começou a ingerir pequenas doses de leite misturada ao leite de soja que ele toma, aumentando gradativamente. Ano passado ele chegou a comer pão de queijo, brigadeiro, pastilhas de mm's, bombom garoto (às vezes tossia, ficava com pigarro e dava coriza e às vezes rouquidão). Chegou o inverno e ele começou a ficar muito gripado e sempre com coriza. Resolvi suspender a transição do leite que fazia e parei de dar qq alimento derivado. Após 4 meses de abstinência, quando ele foi comer uma pastilha de mm's deu náusea de vômito, e qualquer outro derivado mais forte da rouquidão, às vezes inchaço nos olhos. A alergia pode ir e voltar ou será que sempre foi um caso de intolerância, apesar dele nunca ter apresentado episódios de gases ou diarréia ( reações intestinais )?

  37. Parabéns! O site é uma iniciativa linda e tem muito a acrescentar aos pacientes com IL, familiares e dar uma mãozinha aos profissionais da saúde que lidam com isso no dia-a-dia a auxiliar seus pacientes na sugestão de alguns pratos.

  38. Olá Fabrine,

    Agradecemos suas palavras! Ficamos felizes em saber que estamos conseguindo ajudar nossos leitores.

    Só fiquei preocupada com seu relato, pois fala em "alergia a lactose", mas não existe alergia a lactose, existe a intolerancia a lactose, que é uma incapacidade do organismo em digerir o açúcar presente no leite e existe alergia as proteínas do leite, que é uma reação exagerada do sistema imune as proteínas presentes no leite. Sintomas respiratórios, como bronquite, por exemplo, estão relacionadas aos casos de ALERGIA as proteínas do leite, NUNCA a intolerancia a lactose, já que a IL so causa sintomas gastrointestinais. Assim, realmente é importante que vc exclua completamente leite e derivados da sua alimentação, para evitar o desencadeamento de sintomas respiratórios.

    Gde abraço,

    Juliana

  39. Olá pessoal, as informações passadas por vcs aqui são muito boas, agradeço… tenho uma forte alergia à lactose desde que nasci, a unica solução encontrada por mim foi tirar leite e derivados do cardápio e tentar conviver com esse mal rs.. me identifiquei com o caso da Ana Maria pois sofri muito com a ligação da alergia á lactose e a bronquite asmática acho que no meu caso os 2 tem ligações sim.. bom pessoal desde ja agradeço a atenção e parabenizo o(s) criadore(s) do site que ajudam muito a todos nós.. obrigada.

  40. Vilma,

    A alergia ao leite e a soja certamente restringe bem mais a dieta de qualquer pessoa já que o substituto mais simples do leite é a soja. Neste caso acho importante que você prepare mais alimentos em casa para poder controlar melhor os ingredientes que sua filha irá consumir. Você pode pegar receitas comuns, de doces e salgados, e fazer a substituição do leite de vaca pelo leite de arroz, aveia, ou outro cereal. Outro ótimo substituto, mas precisa ser adaptado em algumas receitas, é o leite de coco ou mesmo o suco de frutas para a elaboração de biscoitos ou bolos. O principal é que você aprenda a fazer as substituições necessárias para que ela possa comer de forma saudável. Outra dica importante é um acompanhamento por uma nutricionista, para que sua alimentação seja nutritiva e bem balanceada.

    Abçs,

  41. Minha filha tem 3 anos e é alérgica ao leite e a soja. Às vezes não sei nem o que dar para ela comer. Só a comida às vezes enjoa, uma vez que quase tudo vai leite.

  42. Olá Ana Maria!

    Realmente a lactose não tem nada a ver com os sintomas respiratórios. Os sintomas da IL ficam restritos ao trato digestivo. Entretanto, alguns casos de ALERGIA as proteínas do leite podem apresentar sintomas respiratórios, e dentre eles, a asma. Seria conveniente vc conversar com o médico sobre a possibilidade de fazer um teste alérgico, para avaliar se a criança é alérgica ou não. Também é importante avaliar outras causas, como alergia a poeira, aos ácaros, etc.

    Gde abraço.

  43. Gostaria de saber se tem alguma ligação o fato de a criança apresentar algum sintoma de bronquite asmática por causa da lactose, pois tenho uma criança que sofre muito desse mal e os médicos acham que nao tem nada a ver. Obrigada. Ana Maria

  44. Beatriz Azevedo on

    Meninas, vocês são muito boas. Obrigada pelas informações compartilhadas. Meu filho tem IL desde que nasceu e eu não tinha leite. Nós sofremos muito até descobrir a IL quando ele estava com 1 mês e só perdendo peso. Depois veio toda a fase de entender/acertar na substituição. Desde então ele tem 1 ano e 5 meses e toma soja (deu certo com o Suprasoy sem lactose) e vamos nos adaptando.

  45. Juliana Crucinsky on

    Olá Adriana!

    Não vejo nenhuma relação entre os alimentos q vc mencionou (exceto leite e derivados) com a IL. Nesse caso, o próprio médico que fez esta orientação é a pessoa mais indicada p/ te esclarecer a respeito.

    Gde abraço,

    Juliana

  46. Minha filha de 2 anos esta fazendo um tratamento contra Intolerância a Lactose, mas o médico cortou outros alimentos como, feijão, soja, tomate, peixe, amendoim, vagem, lentilha , leite e todos os derivados. Não entendo porque eliminou tantos alimentos de sua dieta. Se tiver alguma opinião me mande um email.

    Obrigada

    • juliana_nutri on

      Olá.

      Pesquisa de sangue oculto nas fezes NÃO serve para diagnóstico de IL, da mesma forma uqe a dosagem de IgE. O teste para diagnóstico de IL é o teste oral de tolerância a lactose, no qual é necessário ingerir uma solução contendo lactose e dosar o sangue em determinados momentos.
      A presença de sangue oculto nas fezes pode ter inúmeras causas e uma possível causa seria a alergia às proteínas do leite, que é uma condição diferente da IL. Manchas vermelhas na pele (semelhantes a urticária) também podem ser causadas por alergia alimentar, como a alergia às proteínas do leite, mas nunca pela IL!
      Existem casos de alergia alimentar em que a reação alérgica não é imediata e nesses casos, é necessário dosar a IgG específica para o alimento e não a IgE.

      Assim, sugerimos que vc leve seu filho num alergologista, para que ele faça todos os exames necessários para confirmar se ele tem alergia ao leite de vaca e para que o médico oriente adequadamente o tratamento.

      Gde abraço,

      Juliana

Deixe um comentário