Anúncio

Lactase: o que você ainda não sabe sobre essa enzima

514

Para quem foi diagnosticado com intolerância à lactose recentemente, saiba que a enzima lactase poderá ser uma importante aliada para lhe ajudar nos momentos em que as opções de alimentos são restritas ou também para aquelas ocasiões em que você não resiste a um sorvete ou a um bolo recheado com brigadeiro.

O que é a enzima lactase?

Existem diversas enzimas no nosso organismo com a função de quebrar moléculas e auxiliar no processo digestivo. A lactase é a enzima responsável pela hidrólise da lactose (quebra da lactose em galactose e glucose). É justamente a deficiência na produção desta enzima pelo nosso organismo a causa principal da intolerância à lactose.

Há alguns anos atrás a enzima lactase era difícil de ser comprada no Brasil. Felizmente hoje temos diversas opções produzidas por laboratórios nacionais, disponíveis em pó, para serem misturadas aos alimentos, ou em comprimidos.

Esta mesma enzima também é fabricada em escala industrial e muito utilizada pela indústria de laticínios para a produção de alimentos deslactosados. O processo de hidrólise da lactose ocorre durante o processo de fabricação do alimento com o objetivo de oferecer produtos que possam ser consumidos por quem tem intolerância à lactose.

A enzima lactase pode ser usada por qualquer pessoa com IL?

Não há uma restrição para o uso, pois esta enzima não é considerada um medicamento e sim um suplemento alimentar. Os fabricantes explicam que este tipo de enzima pode ser usada diariamente, sempre que você ingerir produtos lácteos. No entanto, não exagere. Idealmente, a enzima deve ser consumida de forma mais esporádica, quando você não tem outras opções de alimentos ou não tem certeza se o alimento contém ingredientes lácteos.

É importante também conversar com seu médico antes de consumir estes suplementos, para certificar-se que seu problema é realmente a intolerância à lactose e não algum outro problema mais grave como a doença celíaca ou outras doenças gastrintestinais. Mulheres grávidas ou em fase de amamentação também devem seguir orientação médica antes de iniciar o uso desses suplementos.

Quantas cápsulas devo usar?

Os melhores suplementos de enzima lactase disponíveis no mercado possuem entre 9.000 e 10.000 FCC, quantidade considerada suficiente para a digestão de uma refeição que contenha lácteos e poderá lhe ajudar a digerir tanto uma fatia de pizza com queijo (que contém uma pequena quantidade de lactose) quanto um pote médio de sorvete (com uma quantidade de lactose bem maior).

É importante ressaltar, entretanto, que se há uma demora entre a ingestão de um alimento lácteo e outro, é importante prevenir-se fazendo uso da enzima novamente. Isso pode acontecer em festas, por exemplo, onde há um grande intervalo entre a entrada e a sobremesa.

Em que momento devo tomar a enzima lactase?

A recomendação dos fabricantes é que você faça uso da enzima no momento em que você irá começar a consumir um alimento com lactose.

E se a enzima não fizer efeito?

Algumas pessoas relatam sentir desconfortos gastrintestinais, mesmo fazendo uso da enzima lactase. Neste caso lembre que raramente consumimos algum alimento lácteo puro, sem adição de outros ingredientes. A nossa capacidade digestiva muda de acordo com a quantidade de alimentos que ingerimos e também é afetada pelo tipo de alimento (mais ou menos gordurosos, por exemplo) e ainda pelo horário da refeição. Por isso, nem sempre o desconforto gastrintestinal que você sente pode ser um sinal que a enzima lactase não está fazendo efeito. Pode haver outros fatores influenciado o seu processo digestivo.

Onde posso comprar os suplementos de lactase?

Hoje você encontra marcas importadas e marcas nacionais disponíveis em farmácias de todo o Brasil e também pela internet. A enzima lactase possui um preço elevado aqui no Brasil. Por isso, desconfie de preços muito baixos, verifique a quantidade de cápsulas ou de sachês na caixa. Também observe se a quantidade de FCC ALU é adequada.

Existem diferenças entre as enzimas disponíveis no mercado?

No Brasil você encontra diferentes opções disponíveis em cápsulas, sachês e tabletes dispersíveis. O mais importante na hora da compra é observar a quantidade de lactase por cápsula que deverá ser expressa em FCC ALU (Unidades de Lactase), que irá influenciar diretamente no preço final. Por exemplo, o Lactaid Fast Act oferece 9.000 FCC ALU por cápsula, enquanto o Lacdose Original Strentgh oferece 1.875 FCC ALU. Evite comprar enzima lactase de procedência desconhecida e que contenha indicação em mg. A maior quantidade por dose encontrada no mercado é de 10.000 FCC ALU.

Bebês com intolerância à lactose podem usar esta enzima?

Nenhum fabricante recomenda o uso da enzima lactase para bebês. Alguns fabricantes recomendam o uso para crianças a partir dos 5 anos de idade. Existem leites sem lactose com formulação especial para bebês que, de acordo com a recomendação médica, poderão ser utilizados. Caso seu bebê tenha sido diagnosticado com intolerância à lactose ou alergia ao leite, é fundamental que você faça um acompanhamento com o seu médico e também com um nutricionista, pois a substituição do leite materno só deve ser feita em casos recomendados por um profissional da saúde!

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

514 Comentários

  1. Olá! Há anos uso o Lactaid Fast Act de 9.000 FCC mas como é um produto importado, estou tendo dificuldades para continuar.. Você sabe por qual outro remédio brasileiro eu posso estar trocando? Me disseram em uma farmácia de manipulação que as normas brasileiras impossibilitam de remédios aqui terem a mesma quantidade de FCC de remédios importados, que se eu quisesse um igual ao lactaid teriam que usar cerca de 1600 mg por comprimido (já que por exames médicos me indicaram tomar 2 a 3 comprimidos de lactaid por vez dependendo do alimento).

    • Luciane Baldo on

      Elisa,
      Hoje temos no mercado brasileiro produtos de teor igual e até maior do que o Lactaid, com igual eficácia. A única questão é que os preços dos produtos nacionais são mais altos quando comparados quando compramos a enzima no exterior. Você pode encontrar Lactosil, Digelac, Enzylacto (esses três em pó), Lactanon e mais recentemente foi lançado o Paralac (este último em forma de comprimido). Se não me engano, todos esses possuem entre 9.000 FCC e 10.000 FCC.

  2. José Mauricio T Ferraz on

    Minha filha usa esta enzima e ficamos sem, saber qual a quantidade diária que pode ser utilizada sem problemas para o usuário.

    • Luciane Baldo on

      José, não há estudos que comprovem algum tipo de limite de uso da enzima. O que médicos alegam é que o consumo de lácteos com lactose mais de uma vez ao dia pode, eventualmente, levar aos sintomas de intolerância à lactose, mesmo com o uso da enzima lactase. Isso porque pode haver momentos, quando o paciente consome doses maiores de lactose, a enzima pode não conseguir hidrolisar a lactose em 100% e uma pequena porção de lactose pode se acumular no intestino, que em uma segunda ou terceira refeição com lactose, novamente com o uso da enzima, mesmo que ela faça a hidrólise da lactose contida nesta última refeição, a lactose acumulada, poderá causar os desconfortos da intolerância à lactose. A recomendação é que use a enzima em situações mais ocasionais.

      • Luciane Baldo on

        Oi Dani, por uma questão regulamentar da ANVISA (que não permitia que a enzima lactase fosse comercializada em formato de comprimidos) muitos fabricantes acabaram precisando se adaptar e criar fórmulas que fossem em pó ou ainda em comprimidos dispersíveis, que acabam sendo incorporados no alimento. Mas na verdade nada impede que você tome o pó com água ou qualquer outro líquido, assim como vc tomaria qualquer comprimido de lactase. Eles possuem a mesma função e quantidade de lactase necessárias para auxiliar na digestão da lactose. Essa restrição da ANVISA já não existe mais, mas acredito que os fabricantes ainda devam demorar um pouco para conseguirem readaptar seus produtos para começar a vender comprimidos. abs

  3. Boa tarde, aqui no Rio de Janeiro não encontro produtos que possam ser tomados antes dá refeição, só misturados nos alimentos que se vai consumir. Você pode me indicar algum?
    Desde já, obrigada.

    • Luciane Baldo on

      Renata, procure pelo Lactanon ou pelo Paralac. Acredito que com uma busca na internet vc deve encontrar onde comprar próximo de vc. abs

      • Bom dia! Pesquisei na internet e só encontrei Lactanon para misturar com água. Ele também tem em comprimidos para tomar antes das refeições?

      • Luciane Baldo on

        Dani,
        Acho que lactanon não é oferecido em cápsulas. Mas vc pode colocar o Lactanon em um copo de água e tomá-lo antes de ingerir os alimentos com lactose. abs

  4. Camila da Rosa Santos on

    Sou intolerante a lactose, hoje tenho 24 anos e descobri aos 16.
    De alguns tempos pra cá ando tendo diarreia sempre quando acordo,
    será que pode ser síndrome do intestino irritável?

    • Luciane Baldo on

      Camila, a diarreia pode ter diferentes causas. Se vc é IL e faz uma dieta de restrição à lactose, seria importante avaliar o que estaria causando esses sintomas. Consultar um especialista será o melhor caminho. Bjs

    • Luciane Baldo on

      Luciana, as informações deste texto são mais antigas e referem-se a algumas enzimas que eram manipuladas. A nomenclatura FCC é o que vale hoje para determinar a quantidade de enzima por cápsula. 9000FCC é o padrão utilizado pelas diversas empresas que produzem a enzima lactase. abs

    • Katleny, o Lacday é um tablete dispersível. Você pode adicioná-lo em um copo de água para tomá-lo antes de ingerir um alimento com lactose ou você também pode colocar o tablete para ser diluído no próprio alimento (como um copo de leite, por exemplo). Veja as instruções do fabricante para mais detalhes. abs

  5. Uso Lactanon e funciona muito bem. Algumas vezes preciso de 2 a 3 cápsulas numa refeição, mas ainda não tolero cream cheese pois, mesmo com a enzima, provoca desconforto gastrintestinal. As cápsulas podem ser compradas na Ultrafarma, online, com grande desconto.

    • Sorai, o ideal é conversar com seu médico, mas como a lactase é considerada um suplemento alimentar, não deve apresentar riscos à saúde durante a gravidez.

  6. Boa tarde, sou intolerante a lactose, mas mesmo produtos zero lactose como leite ou iogurte me dão reação, fico muito inchada. Quero comprar a lactose manipulada, mas a farmacêutica pediu a dosagem em miligramas. Nunca tomei lactosil ou qualquer outra enzima como faço?

    • Priscilla, seria bom vc avaliar também que outros alimentos vc está ingerindo junto com os alimentos zero lactose. Açúcar, feijão, brócolis e outros alimentos também causam inchaço. O lactosil ou outras enzimas prontas vêm em sachê. Vc pode diluí-las em água antes de consumir algum alimento lácteo ou simplesmente colocar o pó por cima do alimento. Elas já vem na dosagem adequada para pessoas com IL.

      • Kaliandra Becher on

        Olá, já faz uns 9 anos que descobri a intolerância e já passei por muitas fases de continuar teimando em comer, depois um período sem comer nada e de alguns anos pra cá tenho ingerido a lactase em sachê e alimentos zero lactose, mas com a lactase na composição. Mas tenho me sentido muito mal com dores se cabeça e não mais na barriga após a ingestão de lactose e lactase desta forma. É possível ter mesmo relação com isso? Os alimentos zero lactose com a lactase precisam ser um pouco evitados, sendo assim?!

      • Luciane Baldo on

        Kaliandra, as dores de cabeça são, em muitos casos, uma decorrência dos sintomas de má digestão provocados pela IL. Talvez os sintomas estejam amenizados pelo uso da enzima, mas é possível que ainda assim haja problemas de má digestão, que podem ou não, estar relacionados à intolerância à lactose. É sempre bom lembrar que alimentos com alto teor de gordura (como é o caso de alguns lácteos tradicionais ou zero lactose) podem provocar sintomas de digestão lenta. Consulte um especialista em gastroenterologia para lhe ajudar a identificar o que está ocorrendo. Abs

    • Olá Priscilla, aconselho vocÊ a conversar com a sua média para pedir ela em miligramas. Eu tomo 750mg quando necessário.
      A minha dúvida, acho que já foi esclarecida durante a leitura do texto, será que não vicia a digestão
      se tomar a enzima frequentemente?

Deixe um comentário