Anúncio

Omelete de legumes

7

Quer fazer um prato rápido, super versátil ou ainda um acompanhamento para uma carne? A omelete pode ser uma ótima pedida.

INGREDIENTES

  • 4 cogumelos cortados em fatias
  • 1/2 abobrinha em fatias
  • 4 ovos
  • Sal e pimenta do reino moída a gosto
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado (opcional)
  • 3 colheres (sopa) de azeite de oliva

PREPARO

  1. Em uma tigela funda, coloque ovos inteiros, adicione o sal e a pimenta, e bata por alguns segundos.
  2. Aqueça o azeite de oliva em uma frigideira antiaderente de tamanho médio.
  3. Refogue os legumes (cogumelos, abobrinha e pimentão) no azeite por uns 3 minutos.
  4. Adicione os ovos e diminua o fogo para o nível mais baixo.
  5. Cozinhe a omelete por mais 5 minutos e comece a soltá-la do fundo da frigideira com a ajuda de uma espátula. Vire a omelete com a ajuda de espátula grande e cozinhe por mais 2 minutos até dourar levemente. Adicione o queijo ralado (opcional) e dobre a omelete. Sirva imediantamente.
Dicas
  • O queijo parmesão contém baixo teor de lactose e pode ser consumido por muitas pessoas com IL. Dê preferência pelo parmesão inteiro e rale o queijo na hora, pois além de preservar melhor o sabor, você saberá que está consumindo apenas queijo. Infelizmente, a maioria dos queijos ralados à venda em supermercados não contém 100% de queijo parmesão, sendo muitas vezes misturados a outros tipos de queijos, farinhas e aditivos em sua composição.
  • Você pode variar a omelete colocando outros tipos de ingredientes como espinafre, batatas, cenoura, tomates e o que mais você tiver em casa.
Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

7 Comentários

  1. Oi, acho que para o meu caso não tm solução, né?!

    Sou alérgica a proteína de soja e a do leite também…

    O site é maravilhoso!

    Atenciosamente,

    Débora

  2. Juliana Crucinsky on

    Olá Pamela!

    Os sintomas podem variar…nem todos que tem IL apresentam os mesmos sintomas. É provável que o refluxo esteja relacionado à IL, mas também pode estar relacionado com outras causas. Converse com seu médico a respeito.

    Gde abraço,

    Juliana

  3. Bom dia!

    Estou com mais uma dúvida… Pra variar!! Já fico com vergonha de escrever, mas não consigo contato com o meu médico.

    Bom, a dúvida é sobre o refluxo, estou sentindo enjôos sempre ao acordar, e estou com a minha alimentação controlada, com exceção ao queijo parmesão que comi ontem, mas no restante estou controladíssima.

    A IL pode desencadear o refluxo?

    Agradeço com antecipação

    Abç

    Pamela

  4. Oi Pamela!

    Obrigada pelos elogios ao site e pelas indicações! No início acho que todos sentem-se um pouco perdidos, mas aos poucos vamos fazendo adaptações a nossa alimentação e tudo começa a voltar ao normal.

    Você já experimentou o creme de soja? É um excelente substituto do creme de leite e pode ser usado em molhos para massas, carnes e também para sobremesas.

    Abçs

  5. Olá Luciane!

    Estou muito feliz por ter encontrado este site, inclusive estou divulgando. Ontem mesmo estava no supermercado tomando conhecimento dos produtos com baixo teor de lactose e encontrei duas pessoas com a mesma limitação, uma delas estava grávida, o que para mim foi muito bom, pois lembrei que a vida continua. Esta menina me deu algumas dicas e eu para agradecer indiquei o site "semlactose".

    Bom, aproveito para agradecer sobre a rápida atenção à minha resposta.

    As dúvidas são muitas, mas aos poucos acho que vou me adaptando a esta nova vida.

    Apesar de não estar sendo fácil, por adorar refeições com molhos brancos e a quatro queijos, mas estou tentando superar esta limitação.

    Obrigada mais uma vez e desculpa o desabafo.

    Parabéns pelo trabalho!

    Abraços,

    Pamela

  6. Pamela,

    Sabe-se que os queijos maturados, como o queijo parmesão, por exemplo, são queijos com baixo teor de lactose devido ao seu processo natural de fabricação. Para saber mais informações sobre este processo, bem como sobre outros queijos com baixo teor de lactose, acesse http://semlactose.com/index.php/2008/03/13/to
    Cada indivíduo possui um determinado grau de intolerância à lactose. Em outras palavras, cada indivíduo produz uma certa quantidade de enzima lactase, sendo que às vezes esta quantidade pode chegar a quase 0. Uma grande maioria dos intolerantes consegue consumir leites e outros alimentos com baixo teor de lactose sem sentir os sintomas da IL. Para saber mais, leia nossas matérias sobre produtos com baixo teor de lactose / sem lactose.

    Abçs

  7. Esta receita "Omelete de Legumes" está com a dica do queijo parmesão que contém baixo teor de lactose, este é o único queijo que uma pessoa com IL poder comer??

    O fato de ser com baixo teor de lactose e não zero de lactose, ja é o suficiente para as pessoas com IL?

    Obrigada.

    Pamela

Deixe um comentário