Anúncio

Casquinha de camarão

0

Estive em São Luis (MA), visitando minha irmã, e logo no primeiro dia fomos à praia. Algumas horas mais tarde, bateu a fome. Resolvemos experimentar alguns petiscos e pedi à garçonete uma “Casquinha de Camarão”. No meu imaginário, pensava que a Casquinha de Camarão seria servida em uma concha, recheada de camarões. Passado alguns minutos, chega uma bandeja com umas tigelinhas de vidro cobertas de farinha de mandioca e uma azeitona de enfeite. Ah!!! “Mas eu havia pedido uma Casquinha de Camarão, moça!” e ela respondeu: “Isto é Casquinha de Camarão!”. Aquela decepção… Reguei a tal tigela com azeite de oliva, molho de pimenta e na primeira colherada… me apaixonei pela tal “Casquinha de Camarão”.

INGREDIENTES

  • 400 g de camarão miúdo
  • 1 cebola média picada
  • 3 colheres azeite de oliva
  • 2 tomates sem pele picados
  • 1 dente de alho picado
  • 50 ml de leite de coco
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 limão

Farofa

  • 1 xícara de farinha de mandioca peneirada
  • 1 colher de café açafrão da terra
  • 2 colheres de sopa de óleo de canola
  • Sal a gosto

PREPARO

Limpe bem o camarão, tempere com suco de limão e sal e reserve. Em uma panela, aqueça o azeite de oliva e coloque o alho e a cebola para dourar. Em seguida acrescente os tomates em cubinhos. Mexa por mais alguns minutos e coloque o camarão. Mantenha o cozimento em fogo baixo para que o camarão não passe do ponto. Acrescente sal, pimenta e o leite de coco.

Prepare a Farofa

Em uma frigideira ou panela antiaderente, coloque a farinha de mandioca, o açafrão, uma pitada de sal e por último o óleo de canola. Misture bem. A farofa ficará com uma cor amarelo claro.

Montagem da Tigela

Escolha, preferencialmente, tigelas pequenas e transparentes, pois o visual ficará mais atraente. Coloque o camarão com um pouco do seu molho em 2/3 da tigela e cubra com a farofa fazendo uma camada lisa. Sirva quente. Funciona como uma ótima opção de entrada.

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

Deixe um comentário