Anúncio

Lactagen – Tratamento para Intolerância à Lactose

95

LactagenLançado em 2005 nos Estados Unidos, o Lactagen posiciona-se no mercado como o único produto que realmente traz uma solução definitiva para pessoas com intolerância à lactose. De acordo com informações do fabricante, este suplemento alimentar foi clinicamente testado e observou-se que o programa de tratamento apresenta uma grande redução dos sintomas da intolerância à lactose.

De acordo com o Dr. Chris Landon, diretor executivo de testes clínicos do Lactagen, a análise dos resultados clínicos mostrou que o Lactagen não somente aliviou os sintomas, mas também permitiu uma melhor adaptação e digestão de produtos lácteos por um longo período após o término do tratamento realizado por pessoas com IL.

Saiba como funciona:

  • Através de um tratamento de 38 dias, o Lactagen recondiciona seu sistema digestivo para ingerir lactose de forma independente (sem auxílio de suplementos alimentares como cápsulas de lactase)
  • Ele é clinicamente testado e aprovado por médicos como seguro e eficaz
  • De acordo com estudos clínicos realizados pela empresa, o Lactagen reduz os sintomas da IL drasticamente no longo prazo.

De acordo com as informações do fabricante, o programa de tratamento com Lactagen funciona da seguinte forma:

Primeiros 18 dias: Lactagen acalma e alivia a inflamação e irritação do trato intestinal.

Próximos 16 dias: Lactagen gradualmente recondiciona e retreina o intestino, reforçando a microflora (bactérias saudáveis) e auxiliando o sistema digestivo a lidar com a quebra da lactose não digerida.

Últimos 4 dias: Por fim, o programa Lactagen reintroduz os laticínios à sua dieta de forma confortável e sem sintomas, uma vez que a microflora intestinal possui agora a habilidade de digerir a lactose de forma independente.

Atualização em 23/03/2011

Fomos informados que o produto mencionado nesta matéria não está mais à venda. A fabricante, Ritter Pharmaceuticals, planeja lançar um novo suplemento até 2014.

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

95 Comments

  1. carlos eduardo on

    olá sofro com reação a lactose ja existe algum tratamento com remedios ou remedios naturais que possa acabr com isso, gostaria de voltar a comer e tomar leite natural. obriagado

    att,
    carlos eduardo

    • Olá Carlos,
      A enzima lactase é um suplemento alimentar que funciona muito em para pessoas com intolerância à lactose. A IL é causada por uma deficiência na produção dessa enzima. Ao tomá-la no momento em que você for consumir algum alimento lácteo ela terá a função de auxiliar na quebra da lactose durante o processo digestivo, evitando assim os sintomas comuns da IL. O ideal é que vc consulte o seu médico para que ele lhe recomende a dosagem mais adequada ao seu caso. Além disso, você pode optar por alimentos com baixo teor de lactose ou 0% lactose. Hoje temos no mercado iogurtes, queijos e leites baixa lactose que são consumidos por pessoas com IL. Veja nossa lista de Produtos sem Lactose e consulte o <a href="http://www.guiavivabem.com.br” target=”_blank”>www.guiavivabem.com.br para encontrar locais onde comprar esses produtos. abçs,

  2. carlos eduardo on

    olá sofro com reação a lactose mais essa enzima lactase eu posso comer e deposi engerir ou eu devo engeri e depois comer alguma coisa com lactose eu posso viver normal com esse suplemento comendo tudo ou tenho que manter uma dieta evitando os produtos derivados de lactose obrigado

    att,
    carlos eduardo

  3. Olá eu sofro de intolerância à lactose e tenho apenas 11 anos e gostaria de saber qual é o preço do produto e tanbem como se adquire a ele?

    • Olá Sara,

      O Lactagen é importado.
      Mas antes de vc pebsar em comprá-lo, converse com seu médico a respeito, ok?

      Gde abraço,

      Juliana

  4. Olá Silvia,

    Em nosso site vc encontrará muitas receitas, algumas das quais podem ser adaptadas para que sejam feitas sem a soja também.
    Sobre o lactaid, são comprimidos, contendo a enzima lactase, vendidos no exterior.

    Gde abraço,

    Juliana

    • Olá Kelly,

      Não existe cura e nem medicação específica a não ser a dieta, e em alguns casos (que devem ser avaliados pelo médico) o uso da enzima lactase. Porém, alguns casos de IL são transitórios e podem vir a melhorar espontaneamente.

      Gde abraço,

      Juliana

  5. José Araújo on

    Tenho uma pessoa amiga, alérgica á lactose, gostaria de saber se há algo no Porto – Portugal, algum tratamento ou medicação para o mesmo.

    • José,
      Sei muito pouco sobre o funcionamento da área de saúde em Portugal. Mas lembre que a intolerância à lactose não é uma doença. Ela é uma incapacidade de o organismo absorver a lactose e o tratamento é baseado em uma mudança de hábitos alimentares, em que a pessoa com IL deve passar a consumir apenas alimentos sem lactose ou com baixo teor de lactose. abs

  6. Tenho intolerancia severa a lactose sou medica e lendo estes comentarios sobre o produto lactagem me sinto na obigaçao de alertar aos meus amigos intolerantes :QUAL O NUMERO DE PACIENTES AVALIADOS?FOI UMA AMOSTRA CONSIDERADA SIGNIFICATIVA?QUE CRITERIOS FORAM USADOS NA AVALIAÇAO DOS RESULTADOS:LABOATORIAIS OU APENAS MELHORAS CLINICAS SEM COMPROVAÇAO LABORATORIAL?Alerto aqui para produtos que chegam ao mercado sem criterios cientificos fundamentados e que prometem milagres

    • juliana_nutri on

      Olá Fabiola,

      O lactagen era um produto fabricado e comercializado nos EUA. As informações que publicamos, na época em que escrevemos esta matéria, foi com base nas informações obtidas pelo fabricante, e mencionamos isso na matéria! Recentemente fomos informadas de que o produto foi descontinuado.
      De toda forma, a literatura científica demonstra que o uso frequente de probióticos pode ajudar a amenizar alguns sintomas da IL, já que algumas cepas são capazes de utilizar a lactose como alimento. Não é milagre, mas é um recurso que pode ser válido e beneficiar pelo menos uma parte das pessoas com IL, desde que bem orientado por um profissional capacitado.
      Aliás, sempre alertamos aos nossos leitores contra a auto-medicação e contra a auto-suplementação, já que na maioria das vezes os riscos acabam sendo bem maiores que os benefícios, e quando publicamos a respeito de alguns produtos, o fazemos no intuito de informar nossos leitores das novidades, não de incitar ao uso, ou de substituir a orientação de médicos e de nutricionistas.
      De toda forma, agradecemos sua preocupação e colaboração.

      Gde abraço,

      Juliana

  7. Gostaria de saber por quanto tempo a enzima lactase ingerida faz efeito no organismo,ou seja, a médica me recomendou tomar 1 hora antes da ingestão de produtos lacteos, mas por quanto tempo essa enzima ingerida vai fazer efeito no organismo, nem a médica sabe me responder…

    • Denise, em geral não é esta a recomendação feita. A maioria dos fabricantes sugere que a enzima seja preferencialmente ingerida apenas alguns minutos antes da ingestão de lácteos. Mas de qualquer forma, verifique as informações no rótulo do fabricante. Sobre o tempo de efeito, não há uma resposta única para todos. Em geral os médicos recomendam que em uma refeição, por exemplo, onde vc começa a comer lácteos no prato principal, e vai comer a sobremesa com leite ou derivados aproximadamente 1 hora depois, sugere-se que vc tome uma nova cápsula. abs

  8. Paulo Sérgio on

    Oi sou estudante de farmácia e também tenho IL, minhas experiências tomando o Lactaid e os conhecimentos que adquiri no decorrer de 1 ano da utilização desse suplemento, pude perceber que o comprimido é eficaz até uma certa quantidade de lactose, pois para a degradação desse dissacarídeo é necessário uma certa quantidade da enzima lactase, como em cada cápsula possui 600mg de lactase, ela degeri uma sorvete duplo, ou 4 fatias de pizza, ou copo de 600ml de vitamina com leite, etc. Foram experiências que já fiz e posso relatar claramente. Tenho projetos futuros de estudos sobre as células do intestino delgado responsáveis pela produção da referida enzima.

  9. gente , tenho o mesmo problema , e infelizmente o unico amigo que tinha o estado unidos veio embora definitivamente e nao tenho a quem recorrer para me trazer o remedio de la…. quando alguem souber de uma soluçao , pelo amor de deus ,, me avizemmmm grato e que Deus nos ajude!!!!!!!!!!!!!

    • juliana_nutri on

      Olá João,

      A lactase vc pode mandar manipular em farmácias de manipulação ou pode comprar em sites internacionais.

      Gde abraço,

      Juliana

  10. Olá, por acaso já voltaram a fabricar esse suplemento?
    Eu li no final da matéria que haviam parado a fabricação e entrariam com um novo produto até 2014.
    Descobri à pouco tempo que meu problema intestinal é exatamente a "maledita" IL.
    Hoje só consumo pizzas, lasanhas, leite e derivados com a ajuda das pílulas de lactase, mas isso é um saco (com o perdão da palavra), se houver alguma coisa que cure completamente, eu preciso.

    • Olá Henrique,

      Não há cura para a IL e o Lactagen era um "tratamento" paliativo…era a base de lactobacilos, q apenas diminuem os sintomas pq ajudam na digestão da lactose. Até o momento não temos nenhuma informação a respeito do novo produto.

      Gde abraço,

      Juliana

  11. Descobri ha 1 ano que meu filho tem IL e desde então, começei a dar o leite com 90% menos lactose, de imediato ele parou com as crises que tinha (fezes amolecidas), porém, tem umas 3 semanas que estava com um quadro de dores abdominais e a pediatra disse (sem fazer exames) que ele estava com vermes e receitou remédio para cortar, mais o remédio fez com que ele voltasse ao quadro do ano passado e até agora não voltou ao nornal, ele tem 5 anos e todos os dias as cuecas ficam com fezes, estou preocupada não sei se foi o remédio que atacou, mais me parece ser relacionado a IL.
    Enfim, gostaria de saber se alguém já passou por isso ?

    • Olá Elaine,

      Converse com o médico dele a respeito. para que ele possa avaliar o que está acontecendo com seu filho.

      Gde abraço,

      Juliana

    • Olá Patrícia,

      O Lactagen não está mais sendo fabricado.
      De toda forma, não aconselhamos dar nada para crianças, sem consultar previamente um médico ou nutricionista.

      Gde abraço,

      Juliana

  12. TENHO 66 ANOS E SO AGORA TIVE O DIAGNOSTICO DE INTOLERANCIA A LACTOSE. ESTAVA APRESENTANDO SINTOMAS HA MAIS OU MENOS TRES ANOS. DIARREIAS QUASE QUE INCONTROLAVEIS. FUI A MEDICA GATRO INESTINAL E NO RESULTADO DO EXAME DEU POSITIVO. ESTOU DE DIETA NAO INGERINDO NADA QUE TENHA LACTOSE. MELHOREI MUITO. POREM, COMI CHOCOLATE COM ZERO LACTOSE TIVE DIARREIA SERA QUE FOI O CHOCOLATE OU A INGESTAO DE BOLACHAS TIPO CREME CRAQUER? ISTO É UM SOFRIMENTO.

    • Olá Gilvanete,

      Se vc excluiu a lactose, tem consumido com frequencia biscoitos tipo cream crackes e continua com diarréia, seria aconselhável fazer uma pesquisa para doença celíaca. A doença celíaca, q é uma intolerancia poermanente ao glúten, pode ser a causa da IL em muitas pessoas. Converse com seu médico a respeito.

      Gde abraço,

      Juliana

  13. Depois de 10 anos convivendo com a IL e sem comer nada com leite ou derivados, eu me curei da Intolerância a Lactose depois de consumir o Digelac e o Lactaid por 60 dias, fui percebendo que meu organismo estava ficando mais tolerante ao leite e fui introduzindo os alimentos aos poucos, depois de 60 dias estava comendo de tudo. Hoje eu tomo sorvete, como chocolate, estou muito bem, sem nenhum sintoma. Mas não sei o que aconteceu comigo, não sei se foram os suplementos com lactase ou alguma coisa que aconteceu com meu organismo, mas enfim não tenho mais isso.

Deixe um comentário