Anúncio

Iogurte contém Lactose?

45

yogurt.jpgEssa é uma das dúvidas mais frequentes entre pessoas que buscam informações sobre alimentos sem lactose.

Respondendo à pergunta feita acima: sim, os iogurtes elaborados com leite de vaca, ovelha ou de outros animais, contêm lactose. No entanto, diversos estudos mostram  que os lactobacilos vivos, presentes em alguns iogurtes, reduzem o teor de lactose do alimento, tornando-o uma opção para pessoas com dificuldade de digerir a lactose.

Porém, um estudo realizado no Paraná em 2006* analisou amostras de leite de vaca e de iogurtes elaborados com lactobacilos vivos. A redução do teor de lactose apresentou-se bem menor do que o esperado. O leite bovino pasteurizado apresentava 4,11% de lactose e o iogurte elaborado a partir da fermentação desse leite apresentou 3,69%. Ou seja, uma redução de apenas 10,22% em relação à matéria-prima. Para fazermos um comparativo, os leites baixa lactose (com redução de 90% da lactose), contêm, em média, somente 0,40% de lactose. Segundo a autora do estudo, os iogurtes e leites fermentados podem chegar a uma redução de até 30% do teor original de lactose do leite. Já iogurtes elaborados com leite de ovelha podem conter até 50% de redução do teor de lactose.**

O ideal para consumo por pessoas com Intolerância à lactose é que a redução chegasse próximo aos 90%. Mesmo assim, se sua intolerância à lactose não é severa, vale a pena tentar incluir o iogurte e leites fermentados em sua dieta devido aos grandes benefícios que ele possui.

Um artigo publicado pela Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas em 2006 fala sobre iogurtes com probióticos e seus benefícios para a saúde. Veja abaixo um pequeno trecho deste estudo. O artigo completo está disponibilizado no link Probióticos e prebióticos: o estado da arte.

Os benefícios à saúde do hospedeiro atribuídos à ingestão de culturas probióticas que mais se destacam são: controle da microbiota intestinal; estabilização da microbiota intestinal após o uso de antibióticos; promoção da resistência gastrintestinal à colonização por patógenos; diminuição da população de patógenos através da produção de ácidos acético e lático, de bacteriocinas e de outros compostos antimicrobianos; promoção da digestão da lactose em indivíduos intolerantes à lactose; estimulação do sistema imune; alívio da constipação; aumento da absorção de minerais e produção de vitaminas. Embora ainda não comprovados, outros efeitos atribuídos a essas culturas são a diminuição do risco de câncer de cólon e de doença cardiovascular. São sugeridos, também, a diminuição das concentrações plasmáticas de colesterol, efeitos anti-hipertensivos, redução da atividade ulcerativa de Helicobacter pylori, controle da colite induzida por rotavirus e por Clostridium difficile, prevenção de infecções urogenitais, além de efeitos inibitórios sobre a mutagenicidade (Shah, Lankaputhra, 1997; Charteris et al., 1998; Jelen, Lutz, 1998; Klaenhammer, 2001; Kaur, Chopra, Saini, 2002; Tuohy et al., 2003).

Fonte: Probióticos e prebióticos: o estado da arte. Suzana Marta Isay Saad. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, vol.42 n.1, Jan-mar 2006.

*LONGO, Giovana. Influência da adição de lactase na produção de iogurtes. Curitiba, 2006.

**Casa da Ovelha – Bento Gonçalves, RS.

Leia também:

Pães contém lactose? Como saber? 

Anúncio
Compartilhe.

Sobre o autor

Portoalegrense, graduada em Letras, MBA em Marketing de Serviços pela ESPM-RS e MBA Executivo pela FDC. Na área de culinária, Luciane fez cursos no IESB, Escola de Gastronomia de Brasília, além de diversos workshops no Brasil e no exterior. Após descobrir sua intolerância à lactose em 2006, Luciane passou a pesquisar o tema e deu início à criação e adaptação de receitas, substituindo ingredientes e experimentando novos sabores. Em 2007 nasce o Semlactose.com e, desde então, Luciane atua como editora e administradora do site, sempre em busca de novidades na área.

45 Comentários

  1. Olá.

    Sou intolerante a lactose e comprei um iogurte escrito como 0% lactose da marca nestlé… Nossa estou passando hiper mal.. fui reclamar e soube que pela legislação atual muitos produtos que se dizem 0% lactose na verdade tem um teor de diminuição de 70% para cima, mas não chegam a ser 0% lactose. Agora entendi porque nunca consegui beber leite ninho sem lactose sem passar mal.. Muita sacanagem porque de outras marcas a pirancanjuba ou itambé nunca passei mal, mas estou indignada com a nestlé, colocando a saude das pessoas em risco para depois culpar a legislação. Falta de ética

    • Oi Bianca,
      Essa situação felizmente irá mudar com a nova legislação que já entrou em vigor e agora é uma questão de tempo para a indústria se adaptar. É verdade que pela lei atual as empresas podem considerar zero um alimento que contenha 0,9g ou menos de lactose, mas acredito que as empresas empenhadas em oferecer produtos seguros para o consumo de pessoas com IL devam produzir alimentos com teor mínimo de lactose e adequado as nossas necessidades.

  2. Após consumir yogurt sem lactose Danubio meu filho passou muito mal, vi que contém enzima lactase, acredito que não é 100% sem lactose, a informação sem lactose deveria aparecer da seguinte forma "redução de lactose"

    • juliana_nutri on

      Olá Elaine,

      Não existe nenhuma regulamentação a esse respeito, infelizmente.
      Assim, sempre orientamos nossos leitores a entrarem em contato com os fabricantes em caso de dúvida sobre a composição dos produtos, pois não podemos nos responsabilizar pelas informações que nos são passadas pelos mesmos.

      Gde abraço,

      Juliana

    • Cleide, a IL varia de pessoa para pessoa. Algumas pessoas tem uma IL mais branda e podem consumir pequenas porções de alimentos com lactose e não terem sintomas,já outras não conseguem consumir nada com lactose. Quem pode lhe orientar a respeito disso é o seu médico ou nutricionista. Em principio, alimentos com lactobacilos vivos apresentam um teor mais baixo de lactose e algumas pessoas podem consumí-los sem sentirem sintomas de IL.

  3. renata sampaio on

    olá meu nome é renata sampaio tem uma filha de 1 ano e 2 mêses ela tem alergia a lactose a pediatra mandou experimenta o leite de soja + ela não gostou mais ela come de tudo estou preocupada pq ela ainda não tem dentinho será q é por causa da alergia e ela ta sem cálcio

  4. Esqueci de contar que meu neto de 5 anos que tb é intolerante a glicose, esta tomando o leite de gergelin, que é riquissimo em calcio e ferro, ele adora, e olha que ele é enjoado.

  5. Ola, li alguns comentários tem dicas legais, mas gostaria de fazer uma colocação, se falou muito de leite de soja como se fosse a melhor coisa do mundo. A verdade é que não é, a soja tem muito hormonio fitoestrogénos, e tb tem fitato que depleta alguns minerais do nosso corpo, o consumo de leite de soja pode interferir no desenvolvimento sexual dos meninos e de outra forma nas meninas, ha artigos muito sérios na net sobre Porque não soja? Por outro lado o leite de vaca não é um bom fornecedor de calcio , o calcio que ele contem não é biodisponivel, e o elite fermenta gerando acidos e acaba roubando o calcio que temos. Alem disso cerca de 90 % das pessoas tem certa intolerancia a ele, quanto ao yougurt, ele precisa curtir pelo menos 24 horas para que os probioticos transformem a lactose, coisa que não acontece nos industrializados. eu uso atualmente leite de gergelim que é riquissimo e delicioso, , duas colheres de sopa de gergelin com casca, coloco de molho a noite, cedo coo e enxaguo bem e bato muito no liquidificador com uma caneca de agua fervida e quente, ai coloco o que gosto, ovomaltine chocolate, etc, antes eu coo novamente aproveito bem o sumo, uso uma peneira e não um coador.As fibras guardo e depois faço pão ou ponho em alguma outra massa.
    braços a todos Eliza

  6. oiee lu tudo bem?/

    minha filha tem 1 ano 3 meses, com 11 meses gez o texte da alergia e deu alergia bem alta, da soja e do leite tbm, passei a dar o pregomim pepit p ela, tudo se resolveu ela ta otima mais o preco é bem carinho rsrsrrs 100,00 cada lata de dura 5 dias, qual alimento posso dar p ela que conten calcio????? e o leite de cabra posso dar pelo menos uma mamadeira por dia????? ou qual posso dar com preco menor?????obrigadaaa
    denise.hungaro@hotmail.com

    • juliana_nutri on

      Olá Denise,

      Melhor não arriscar o leite de cabra já que muitas crianças com alergia ao leite de vaca podem ter uma reação cruzada com o leite de cabra. Antes de tentar dar este leite a ela, é melhor ver com o médico e fazer o teste de alergia também.
      Na idade dela, é mais aconselhável ainda continuar com o Pregomin (outras opções seriam o Alergomed ou o Alfaré, que por sinal, custa mais que o Pregomin) e oferecer a maior variedade possível de alimentos "naturais" (frutas, legumes, verduras, carnes magras, etc), evitando alimentos muito processados e sempre observando atentamente se ela não vai apresentar reação alérgica a nenhum alimento.
      Se vc não tem condições de comprar o Pregomin, veja com o médico dela, se ele faz um laudo relatando o problema da sua filha e a necessidade de continuar usando esse produto, para que vc dê entrada no pedido junto à secretaria de saúde da sua cidade ou estado.

      Gde agraço,

      Juliana

  7. Obrigada pela informação Dra. Juliana, no caso do meu filho que tem alergia a proteina do leite de vaca e da soja, e que foi diagnosticado muito tardiamente ele tem que tomar um leite chamado neocate que é de alto custo e ainda não consegui pelo governo aqui na cidade de Marília SP, estou tentando, consegui por doação duas latas que já está no final, o que a sr. acha do leite de cabra?

    • Olá Rosana,

      O leite de cabra NÃO deve ser oferecido a crianças com ALPV pois pode causar reação cruzada, já que algumas de suas proteínas são muito semelhantes às proteínas do leite de vaca. Aliás, nos casos de alergia alimentar, principalmente quando mais de um alimento está implicado, SEMPRE é necessário muito cuidado ao se tentar introduzir novos alimentos, já que qq um pode desencadear as reações alérgicas, com consequencias imprevisíveis! Por isso não recomenda tentar nenhum alimento novo sem a devida orientação (e sempre que possível, supervisão) profissional.
      Continue tentando conseguir o Neocate, e se for o caso, busque ajuda na Defensoria Pública.

      Gde abraço,

      Juliana

  8. Olá Rosana,

    Infelizmente até o momento não há no mercacdo nenhum iogurte ou leite fermentado (como o Yakult) indicado para pessoas alérgicas às proteínas do leite, já que processo de fabricação desses produtos não elimina as proteínas! E as poucas opções disponíveis, são feitas com soja, alimento ao qual seu filho também é alérgico.

    Gde abraço,

    Juliana

  9. ♥OLÁ QUERIDOS AMIGOS!!!GOSTARIA DE GANHAR UM POUCO DE LACTOBACILOS VIVOS PARA FAZER IOGURTE PRA MINHA FAMILIA, E PRO MEU NETO QUE TEM APENAS 5 MESES, SEI QUE É MUITO BOM PARA A SAUDE,POIS JA CRIEI ELES, BJKASSS E OBRIGADA A QUEM PUDER ME AJUDAR♥

    • Olá Solange,
      Você pode comprar lactobacilos para fazer seu iogurte em lojas de produtos naturais / alimentos especiais. Uma das marcas que você deve encontrar é o da Bio Rich. abçs,

  10. Olá Cristiane,

    Os sintomas da sua filha não parecem estar relacionado à lactose, até porque, é muito importante vc saber que NAÕ EXISTE ALERGIA A LACTOSE!!! A lactose é o açúcar do leite e quando o organismo não é capaz de digerir este açúcar, é sinal de a enzima necessária a sua digestão não está sendo produzida, o que caracteriza uma condição de INTOLERÂNCIA, e todo o açúcar não digerido será eliminado através das fezes, não sendo capaz de interagir com o organismo, causando apenas desconfortos gastrointestinais. Ou seja, açúcares não causam alergia, nunca!!! Desconfie sempre, se algum profissional falar em alergia a lactose!

    As alergias alimentares surgem quando o sistema imunológico, responsável pela nossa defesa, "entende" que uma determinada proteína, a princípio inofensiva, é um agressor, e passa a atacá-la. Isso pode ocorrer com qq alimento (sempre por causa das proteínas, NUNCA por causa dos açúcares ou gorduras presentes no alimento), ou com aditivos alimentares.

    Pelos sintomas que vc descreve, é muito provável que sua filha seja ALÉRGICA ÀS PROTEÍNAS DO LEITE (e não intolerante a lactose, pois a lactose não causa sintomas na pele), mas não podemos descartar a presença de alergia à soja e aos aditivos alimentares. Infelizmente, ainda hoje a alergia ao leite de vaca, é confundida (inclusive por alguns médicos!!!) com a intolerancia a lactose, apesar de serem condições distintas, que necessitam de tratamento diferente, já que a alergia ao leite é sempre mais grave que a IL!!!

    Assim, é importante que vc a leve a um alergologista, para que este especialista faça uma pesquisa detalhada sobre todos os alimentos e ditivos que podem causar alergia nela e para que assim, vc possa tratá-la adequadamente. Até porque, nos casos de alergia ao leite de vaca, não basta procurar alimentos sem lactose, já que muitos alimentos são isentos de lactose, mas contém grande quantidade de proteína do leite!!!

    Os únicos iogurtes que ela poderá ingerir (caso fique comprovado que ela também não é alérgica a soja), são os iogurtes a base de soja, já que todos os outros, apesar de conterem pequena quantidade de lactose, contém grande quantidade de proteínas do leite e podem provocar sérios sintomas alérgicos!!!

    O ideal é que antes de vc testar qq produoto industrializado na sua filha, é levá-la ao alergista para esclarecer o porque das reações que ele apresentou, já que reações alérgicas são imprevisíveis e podem ser muito graves, ao contrário das reações causadas pela intolerancia a lactose.

    Gde abraço,

    Juliana

  11. Cristiane Silva on

    Tenho uma filha de 1 ano e 3 meses e tem alergia a lactose.

    Aos 5 ou 6 meses dei um chambinho e ela se empipocou toda: a testa, as costas e a regiao da barriga e chorava muito de dor. Será que foi da alergia ao leite ou pode ser intolerancia ao corante somente?, pois ja dei ADES de soja sabor maça e laranja e ela teve os mesmos sintomas.

    Sinto uma dificuldade enorme em encontrar produtos sem lactose aqui em são paulo.

    Existe danone, iogurte, bolo, bolacha, achocolatado…..sem lactose?

    Se possível me envie lista de produtos e onde posso encontrar em s.p., por favor.

  12. Olá, gostaria de saber quais sao as marcas dos iogurtes industrializados a base de leite de soja?

    E tamben se existe no mercado iogurte sem lactose e sem açucar ao mesmo tempo para pacientes com IL e diabéticos?

    obrigado

    • Olá Renato,
      Os iogurtes de soja disponíveis hoje no Brasil são os da linha Batavo Naturis e da Ecobrás. Ambos são encontrados em redes de supermercados. Todos eles contêm açúcar. Uma opção para produzir iogurte de soja ou com leite baixa lactose sem adição de açúcar é utilizar um sachê de lactobacilos para a produção de iogurte caseiro. Assim vc poderá fazer o iogurte sem adicionar açúcar.

      abçs,

  13. Karin Guth Lobo on

    Oi, eu tenho IL mas sou louca por iogurte e odeio o gosto dos produtos à base de soja. Sempre que como iogurte normal sinto uma leve indisposiçao. Minha pergunta é: Será que se eu fizer o iogurte caseiro usando o leite com baixo teor de lactose daria certo? Será que ele fermenta como os outros?

  14. Olá Guilherme,

    Antes de mais nada, é importante frisar que iogurtes contêm lactose, só que em um teor um pouco menor do que o leite comum. De forma geral, eles apresentam até 20% de redução do teor de lactose. Se você fizer um iogurte caseiro, com culturas lácteas, deverá obter teor de redução da lactose semelhante ao processo industrial, mas a lactose não será eliminada. A melhor chance de você obter um iogurte 0% de lactose (é somente uma suposição, pois não dispomos de análises para podermos afirmar) é utilizar um leite com baixo teor de lactose e usar as culturas lácteas para produzir seu iogurte.

    Abçs,

  15. guilherme Zimmermann on

    Considerando que iogurte não contem lactose, gostaria de saber se ao fazermos iogurte em casa a lactose é eliminada?

  16. Juliana Crucinsky on

    Olá Moira!

    Na verdade, as bactérias (fermento lácteo) usadas na fabricação do iogurte fermentam a lactose, por esse motivo, o teor de lactose deste alimento é menor que o do leite. Pelo mesmo motivo é que também muitos intolerantes são capazes de digerir bem o iogurte sem apresentar os sintomas desagradáveis da intolerância.

    Se o grau de IL não for muito alto, esta pessoa pode experimentar consumir o iogurte (ou produzi-lo em casa), ou mesmo, utilizar leites com baixos teores de lactose. E como é alérgica a soja (e alergia sempre é muito mais grave que intolerância), realmente o iogurte seria uma boa alternativa, já que nada contendo soja poderá ser ingerido.

    Gde abraço,

    Juliana

  17. Cara Juliana,

    Recentemente puseram uma questão no meu blog à qual eu não sei responder, por isso peço a sua ajuda. Uma pessoa que é intolerante à lactose, mas também é alérgica à soja, queria fazer iogurtes em casa. Há alguma forma de o fazer? Do pouco que sei sobre o assunto, para fazer iogurte caseiro tem que ter sempre um iogurte industrializado para poder fermentar. Será que a flor de iogurte tem lactose?

    Um abraço

  18. Juliana Crucinsky on

    Olá Josiane!

    Como ele é alérgico, ele só poderá consumir estes produtos se eles forem totalmente isentos de leite, derivados ou mesmo "traços de leite". Os achocolatados, em geral, contém leite, então v precisa se habituar a ler atentamente os rótulos de tudo o q for comprar. O achocolatado pode ser substituído por cacau em pó.

    Mas para qq produto industrializado que for comprar, leia com atenção os rótulos!!!

    Gde abraço,

    Juliana

  19. Josiane Lucena on

    O meu flho de 1 ano e 4 meses tem alergia a proteína do leite de vaca, ele pode tomar achocolatado e igorte de soja?

    obrigada.

  20. Juliana Crucinsky on

    Grazieli, vc encontra os produtos à base de soja nos principais supermercados (ex: Mundial, Prezunic, Carrefour, Zona Sul, Pão de Açúcar, etc) e em lojas como a Mundo Verde ou especializadas em produtos naturais. Tem a linha Naturis, da Batavo, tem os produtos da Olvebra, tem a linha Sollys, da Nestlé, a linha Soyos Ativos da Gold Nutrition.

    Gde abraço,

    Juliana

  21. Oi Alessandra,

    O iogurte feito em iogurteiras caseiras precisa ser feito a partir de 1 iogurte industrializado. Ou seja, você precisa comprar 1 iogurte no supermercado e a partir deste iogurte você poderá iniciar a sua produção caseira. Não há problema algum em utilizar leite com baixo teor de lactose para fazer seus iogurtes. Uma outra opção seria comprar 1 iogurte à base de soja e fazer os seus iogurtes com leite de soja. Teste e depois comente aqui no blog como ficaram os seus iogurtes, ok?

    Abçs

    Luciane

    • OI Alessandra,
      complementando a informação acima: o fermento comprado para produzir iogurtes caaseiros é para fementação de glucose, portanto penso que seria interessante testar em casa a iogurteira com o fmoso "Bio Rich" com leite de soja e açucar tipo sacarose (de cana) ou xarope de glucose. Ambos podem ser utilizadoas como fonte de fermentação. Acho que vale a pena tentar. Boa sorrte,
      Rosana.

  22. Alessandra Rocha on

    Tem como fazer iogurte naquelas iogurteiras que são vendidas na tv com leite sem lactose? E quais marcas de iogurte sem lactose ou com baixo teor de lactose são vendidas no Brasil?

  23. Meu filho tem 4 anos e é intolerante a lactose. Apesar de saber que existem produtos a base de soja (leite condensado, iogurt, chocolate, biscoito, etc) já fiz incansáveis buscas e não consegui referência de onde encontrar este podutos no Rio de Janeiro.

    Gostaria de receber uma dica quanto aos fabricantes ou locais de compra.

    Desde já agradeço qualquer informação

  24. Juliana Crucinsky on

    Olá, Rosana!

    Os "iogurtes" de soja, são elaborados com leite de soja e ão contém nem lactose, nem proteínas do leite de vaca, sendo indicados tanto paa quem tem IL, quanto para quem tem alergia ao leite de vaca.

    Gde abraço,

    Juliana

  25. Um tempo atrás descobri um "iogurte", feito à base de soja, e que segundo a informação fornecida no balcão não teria lactose. É da casa "Edith Travi", ali na Rua Dr. Timóteo, logo que entra pela 24 de outubro, em Porto Alegre.

    Como será a formulação de um iogurte à base de leite de soja?

    E pra quem tem alergia ao leite, será que tem problema?

  26. Juliana Crucinsky on

    Olá Gleice!

    É importante vc saber o grau de intolerância dele. Existem os leites com 90% menos de lactose (Zymil, Zylow, Sensy, etc), os “leites” de soja (verificar sempre se são suplementados com cálcio) e os isentos de lactose, próprios para crianças na idade dele (ou até menores) como o Nan sem lactose, Nan Soy.
    Nessa idade, não acho muito aconselhável oferecer iogurte por causa dos corantes, que podem provocar algum tipo de alergia, mas a medida que ele for crescendo, o iogurte pode ser uma boa opção, pois contém apenas pequenas quantidades de lactose e costuma ser bem tolerado por portadores de IL.

Deixe um comentário